Piloto do avião desaparecido da Malaysia Airlines terá cortado o oxigénio

(cv)

Já lá vão mais de cinco anos desde o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines, que continua um mistério até hoje. Agora, acredita-se que o piloto terá cortado o oxigénio no avião.

A noite de 8 de março de 2014, o voo MH370 da Malaysia Airlines desapareceu com 239 pessoas a bordo. Mais de cinco anos depois, uma investigação publicada na revista The Atlantic dá conta que o piloto Zaharie Ahmad Shah terá cortado o oxigénio da cabine do avião, de forma a causar a morte dos passageiros.

A investigação levada a cabo pelo especialista em aviação William Langewiesche explica que o piloto de 53 anos sofria de uma depressão e atravessava uma crise no seu casamento, afastando-se da família e amigos.

O artigo, citado pelo Correio da Manhã, explica ainda que Zaharie terá matado ou deixado inconsciente o copiloto Fariq Abdul Hamid, antes de ter cortado o oxigénio.

Ao atravessar o espaço aéreo do Vietname, o controlador aéreo ainda estabeleceu um breve contacto com o avião da Malaysia Airlines, mas entretanto, o piloto deixaria de responder aos comandos da torre de controlo. O avião desapareceria dos radares 39 minutos depois de levantar voo.

Durante o artigo do The Atlantic destaca-se ainda uma alegada incompetência, já que o Centro de Coordenação de Resgate Aeronáutico de Kuala Lumpur deveria ter sido notificado dentro de uma hora após o desaparecimento da aeronave dos radares. Contudo, o aviso só foi emitido quatro horas depois.

William Langewiesche realça ainda que, “a julgar pelas evidências eletrónicas, a queda do avião não terá sido uma tentativa controlada de uma amaragem. O avião deve ter-se fraturado instantaneamente num milhão de pedaços”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Pequeno esclarecimento: um piloto não pode “cortar” o oxigénio de um avião. O oxigénio usado para os passageiros provém de geradores químicos de oxigénio, que são completamente autónomos (por fila de assentos).

"Entretenimento saudável". Santa Casa desvaloriza estudo sobre raspadinhas

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desvalorizou a investigação da Universidade do Minho que aponta para o vício das raspadinhas. Esta sexta-feira, um artigo científico publicado na The Lancet alertou para …

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …

CM Lisboa vai negociar avenças em parques para moradores da envolvente da Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que a autarquia irá tentar acordar com os operadores dos parques de estacionamento da envolvente da Zona de Emissões Reduzidas da Baixa-Chiado a criação de "avenças …

Caso Marega. PGR tinha brigada anti-racismo no jogo de Guimarães

A equipa do Ministério Público estava de serviço, no jogo entre V. Guimarães e FC Porto, quando o jogador maliano decidiu abandonar o campo na sequência de cânticos racistas. De acordo com o semanário Expresso, a …