Orçamento da “geringonça” aprovado com votos contra da “caranguejola”

O primeiro Orçamento de Estado do governo de António Costa foi aprovado esta quarta-feira pela maioria parlamentar de Esquerda, com os votos contra do PSD e do CDS e a abstenção do PAN. A “geringonça” bate a “caranguejola”, nas palavras de Carlos César.

PS, Bloco de Esquerda e PCP ergueram-se a uma só voz para aprovar o Orçamento de Estado (OE) para 2016, depois de três dias de discussões na especialidade que o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, resumiu a “pão e circo”, conforme disse no debate no Parlamento.

O governante fala do “pão” como as medidas apresentadas pela Esquerda, referindo-se em oposição ao “circo” da direita.

De resto, este debate parlamentar em torno da proposta final de OE foi rico em tiradas inspiradas, nomeadamente de Carlos César, o líder parlamentar do PS.

Em resposta à ideia da “geringonça” com que a maioria de Esquerda tem sido apelidada, o deputado socialista considera que “a caranguejola da direita desconjuntou-se e foi o PSD que ficou a pé mas não de pé”.

No quente debate, antes da votação final, o PSD fez questão de, mais uma vez, se afastar totalmente do documento, notando que “é o Orçamento de António Costa, Catarina Martins e Jerónimo de Sousa, que perderam as eleições”, conforme palavras do líder parlamentar social-democrata, Luís Montenegro.

O PSD foi, de resto, o único partido que não apresentou qualquer proposta de alteração ao OE na discussão na especialidade, onde o PS foi o partido mais activo, com 69 propostas.

O Bloco de Esquerda viu aprovadas 24 sugestões de um total de 49, nomeadamente a revisão automática do Rendimento Social de Inserção (RSI), a majoração do abono de família nos segundo e terceiro escalões e na bonificação por deficiência e o aumento do limiar de referência do Complemento Solidário para Idosos (CSI).

O PCP apresentou 27 propostas e viu 12 serem aprovadas, nomeadamente a questão dos manuais escolares gratuitos para todas as crianças do primeiro ano do primeiro ciclo do Ensino Básico, já a partir do próximo ano lectivo.

O CDS teve 4 das 10 propostas apresentadas aprovadas, nomeadamente o aumento do número de beneficiários do Passe Social+ e a possibilidade de os empresários em nome individual, com rendimentos de trabalho independente, poderem reportar prejuízos fiscais nos 12 anos seguintes.

Os Verdes tiveram 7 em 14 propostas aprovadas e até o deputado do PAN, André Silva, conseguiu abrir espaço para incluir no OE algumas medidas, nomeadamente a possibilidade de deduzir despesas veterinárias no IRS.

Como fez questão de frisar Carlos César, o líder parlamentar do PS, no debate no Parlamento, este OE é o culminar de “um equílibrio delicado de interesses contrastantes”.

E depois de ter sido apontado como o grande teste para a aliança da Esquerda, perspectivando-se um desmoronar da maioria parlamentar aquando da sua votação, é a prova provada de que a “geringonça” está mais afinada do que alguns desejariam.

SV, ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. A solução parlamentar á esquerda lá vai andando e parece razoávelmente bem oleada apesar da campanha contra ela movida por muito boa gentinha e por parte de alguma comunicação social.
    Muitas das medidas aprovadas vão realmente benificiar muitos portugueses, sejam eles idosos, desempregados, familias de mais baixos rendimentos, estudantes, etc. Por exemplo a descida da taxa máxima do IMI (proposta do PCP) vai permitir algum desafogo em muitas familias portuguesas.
    Quer se goste ou não há uma nova forma de governar e uma nova sensibilidade para os problemas sociais, muito diferente do anterior governo.

  2. Vai bem para função pública e para as esquerdas .A estes nada faltará e não precisam de provar nada.Coitadinho do povo sem saúde justiça educação etc .O que interessa a estes senhores ,as remunerações e livres para servirem como querem e não interessa se bem ou mal estão garantidos

Refugiados em greve de fome por falta de condições em campo bósnio

Centenas de refugiados de um campo improvisado em Vucjak, na Bósnia, estão em greve de fome pelo segundo dia consecutivo para protestar contra a situação degradante em que se encontram. Os refugiados no campo improvisado …

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …