OMS diz que vacina é relevante, mas “por si, não fará o trabalho todo”. É necessário continuar esforços

unisgeneva / Flickr

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS)

As vacinas são uma ferramenta relevante na luta contra a covid-19 e permitem vislumbrar o fim da pandemia, mas todos os outros esforços continuam a ser necessários, defendeu hoje a Organização Mundial de Saúde.

Especialistas da OMS pediram que os países não baixem a guarda com o otimismo gerado pela expectativa de chegada das vacinas e um deles, Mike Ryan, pediu “às pessoas que continuem a fazer esforços”.

“A vacinação será uma ferramenta importante e poderosa no ‘kit’ de ferramentas que temos à disposição. Mas, por si só, não fará o trabalho”, alertou.

Com a chegada das vacinas, “começamos a ver o fim da pandemia”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, na sexta-feira, enquanto alertava que o vírus continua a exercer enorme pressão sobre os hospitais.

O apelo dos especialistas a que não seja baixada a guarda no combate à pandemia de covid-19 acontece quando a situação se agrava em alguns países, principalmente nos Estados Unidos, e apesar do otimismo gerado pelas vacinas.

Os EUA enfrentam um novo surto de covid-19, com 225.000 novos casos e 2.500 mortes registadas em 24 horas na sexta-feira, dias depois de muitos americanos terem viajado no final de novembro para o feriado de Ação de Graças.

Diante do perigo, o presidente eleito Joe Biden espera que a cerimónia da tomada de posse, em janeiro, seja em grande parte virtual, para seguir as “recomendações dos especialistas”. “Portanto, é altamente improvável que tenhamos um milhão de pessoas no Mall”, a grande avenida do centro de Washington, advertiu o democrata de 77 anos.

No Reino Unido, as autoridades de saúde consideram “provável” haver uma regressão significativa da pandemia, “na primavera”, devido à vacinação. Mas, estão a preparar-se para um possível agravamento depois do Natal.

O Reino Unido, que tem o maior número de óbitos na Europa desde o início da pandemia (mais de 60.000), tornou-se esta semana o primeiro país ocidental a autorizar uma vacina contra a covid-19, dando luz verde à da Pfizer e da BioNTech. As primeiras doses devem ser administradas na próxima semana.

A pandemia avança principalmente em Itália, sendo que a América Latina e o Caribe registaram um aumento de 18% de casos numa semana.

No total, há 51 vacinas candidatas que estão a ser testadas em humanos, sendo que 13 estão na fase final de testes, de acordo com a OMS.

Bélgica, França e Espanha planeiam campanhas de vacinação em janeiro, com foco nos mais vulneráveis.

Várias personalidades prometeram ser vacinadas em público para dar o exemplo, como Joe Biden e os ex-presidentes dos Estados Unidos Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton.

Enquanto se aguarda a chegada dessas vacinas, as confraternizações no Natal e no Ano Novo devem acelerar a propagação da pandemia.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Uma vez que os governos do mundo são compostos por personagens (já é escrever muito) incompetentes, não sei se a vacina ou as medidas serão eficazes contra o vírus.
    As pessoas (e até aquelas que estão na linha da frente – atenção, podia ser do meio, mas é da frente ) é que são tolas e só querem mostrar que têm poder de compra, porque o governo assim manda, daí a necessidade de o mesmo ter os seus amados cofres sempre cheios, e as ruas full of people.

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …