Joe Biden está a planear uma tomada de posse em versão reduzida. Trump pode não marcar presença

A pouco mais de um mês de tomar posse como Presidente dos EUA, Joe Biden anunciou que está a planear reduzir a dimensão da cerimónia para garantir a segurança devido à pandemia.

Segundo o Público, Joe Biden referiu esperar tomar posse a 20 de Janeiro nos degraus do Capitólio, na plataforma já em construção, mas quer evitar os habituais ajuntamentos no National Mall e ao longo da Avenida Pensilvânia de Washington D.C., onde costumam concentrar-se milhares de norte-americanos que querem assistir à cerimónia e ao desfile.

A partir de Wilmington, no Delaware, onde mora e está a preparar o seu mandato, o Presidente eleito considerou que o seu palpite “é que provavelmente não irá haver um desfile gigante ao longo da Avenida Pensilvânia. Mas iremos ver muita atividade virtual nos estados em toda a América, juntando mais pessoas do que antes”.

O democrata revelou que a sua equipa está a trabalhar com os mesmos organizadores da Convenção Democrata, em Agosto, que foi sobretudo virtual, para planear uma tomada de posse que não aumente os riscos de acelerar o contágio da covid-19, que tem ressurgido em alta nos EUA.

Apesar isso, Biden lembra que “as pessoas querem ser capazes de dizer que passámos o testemunho. Estamos a seguir em frente. A democracia funcionou.”

Normalmente, a cerimónia começa com o Presidente que está de saída e o Presidente eleito a deslocarem-se juntos da Casa Branca até ao Capitólio. Depois do juramento do novo Presidente, este dirige-se à Casa Branca em cortejo pela Avenida Pensilvânia, enquanto o antigo Presidente vai embora, geralmente de helicóptero.

Donald Trump, que tem recusado assumir a derrota, não disse se pretende estar presente na cerimónia. Em vez disso, de acordo com uma fonte familiar com as discussões internas na Casa Branca, está a considerar lançar uma nova candidatura para concorrer à presidência em 2024.

A tomada de posse de Donald Trump em 2017 ficou marcada pela atitude de Sean Spicer a repreender os meios de comunicação por terem publicado fotografias que mostravam multidões consideravelmente menores do que as que se juntaram para a tomada de posse de Barack Obama, oito anos antes.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • De atento tem muito pouco, que tal primeiro investigar-se as milhares de provas de fraud eleitoral e depois pensar em eleger quem quer que seja?

      O Sr “atento” não é nada mais que um “idiota útil” no assassínio politico e pessoal da imagem de Donald Trump a mando de poderes instalados.

      Procure se informar em vez de participar só no enxovalhar publico, seria mais útil à sociedade

      • Olha-me este! Mais um distraído adepto do Trump. Apresenta lá as provas que tens da suposta fraude eleitoral. É que pelo menos num estado já houve recontagem de votos e o seu amigo perdeu mesmo!

RESPONDER

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …