Novas medidas: eventos só para 100 pessoas, esplanadas limitadas e proibido álcool na via pública

Mário Cruz / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Este domingo, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, falou à comunicação social para anunciar novas medidas. 

Na tarde deste domingo, Eduardo Cabrita falou ao país para deixar um conjunto de recomendações e anunciar o reforço de algumas medidas que já estavam em cima da mesa.

O ministro da Administração Interna começou por adiantar que houve “uma reunião de avaliação da forma como estão a ser aplicadas as medidas abrangidas no âmbito da situação de alerta”, assegurando que o Governo faz “uma avaliação permanente”, em parceria com as forças de segurança, o SEF e a Proteção Civil.

Cabrita aproveitou para deixar algumas recomendações à população, apelando aos portugueses que “se coíbam de fazer todas as deslocações que não sejam necessárias”, para trabalhar, adquirir bens alimentares ou prestar cuidados a quem precise, como familiares ou amigos idosos.

Anunciou ainda que a limitação em 1/3 da capacidade dos restaurantes passa também a aplicar-se nas esplanadas. “Iremos ser exigentes no cumprimento dessas regras, garantindo o distanciamento social”.

O ministro anunciou que o Governo decidiu reduzir a dimensão admitida em eventos para o máximo de 100 pessoas, agradecendo a forma como a Igreja, o setor do desporto e da cultura aceitaram as limitações: “Façam as reuniões e os encontros estritamente necessários”, apelou.

Foi também proibido o consumo de bebidas alcoólicas na via pública, com exceção de esplanadas, e a partir de segunda-feira não haverá aulas de condução presenciais (teóricas e práticas) nem exames de condução.

Depois de ter sido confrontado pelos jornalistas com o facto de muitos cidadãos estrangeiros continuarem a passear em espaços públicos, Eduardo Cabrita referiu que o combate ao novo coronavírus é “uma batalha de todos os cidadãos” e que é por isso mesmo que estas medidas de contenção do número de pessoas autorizadas nos espaços são impostas, já que este é “um desafio global” e não apenas dos portugueses.

Em relação aos transportes públicos, o ministro sublinhou que o objetivo do Executivo não é impedir as pessoas de irem trabalhar. “Nós não queremos parar o país”, disse. Ainda assim, afirmou que já é visível “uma significativa redução da utilização de transportes públicos e tal irá provavelmente acentuar-se ainda mais amanhã com a interrupção letiva”.

A possibilidade do encerramento das fronteiras foi outras das perguntas com que Cabrita se viu confrontado. O ministro da Administração Interna adiantou que já falou com o ministro do Interior espanhol e clarificou que as medidas do Governo espanhol não fecham fronteiras, mas “impedem, sem justificação, quaisquer deslocações turísticas a Portugal”.

“A questão de articulação e coordenação de medidas de fronteira será ainda hoje objeto de discussão numa vídeoconferência entre o primeiro-ministro português e o presidente do governo de Espanha”, acrescentou Eduardo Cabrita.

Na segunda-feira haverá uma nova reunião entre ministros e comissários europeus. “Não vou aqui antecipar o diálogo entre os dois chefes de governo nem o que amanhã se irá discutir. Adotaremos as medidas adequadas.”

Este domingo, o boletim da Direção-Geral de Saúde (DGS) dá conta de 245 casos positivos de infeção por coronavírus em Portugal. São mais 76 casos do que os confirmados este sábado. Segundo as informações avançadas, há 281 casos a aguardar confirmação de resultados laboratoriais e 4.592 casos a serem vigiados pelas autoridades.

Há agora 14 cadeias de transmissão ativas, mais três do que no sábado. Desta vez, a região de Lisboa e Vale do Tejo concentra a maioria dos casos (116), mais 13 do que a região Norte. A região Centro e Algarve registam 10 casos e os Açores têm agora o primeiro doente infetado.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. turistas e estrangeiros continuam entrando e saindo do pais como se nada estivesse acontecendo vai enganar outro a mim nao enganas

Responder a Eu! Cancelar resposta

Mistério continua por resolver: um mês após o início do surto de legionella, ainda não há respostas

Há cerca de um mês que o mistério da origem da legionela continua por resolver. A doença continua a fazer mortos na região norte, mas de acordo com o Jornal de Notícias, não tem sido …

Relações "complicadas". Rússia admite abandonar projetos de cooperação com a UE

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, que se encontrará mais tarde com o Presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, comentou que as relações atuais entre Moscovo e Bruxelas são "complicadas". O Governo russo está a ponderar …

Benfica tem novo central. Luís Filipe Vieira fecha contratação de Lucas Veríssimo

O Benfica deverá pagar 1,3 milhões de euros em mão e outros 5,2 milhões em quatro prestações. Lucas Veríssimo chega do Santos para a posição de defesa central. À semelhança daquilo que fez com Jorge Jesus, …

Apoio à retoma pode prolongar-se pelo menos até setembro de 2021

O mecanismo de apoio à retoma progressiva nas empresas em crise poderá prolongar-se até, pelo menos, setembro do próximo ano, avisou o ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira. O mecanismo sucedâneo do layoff …

Vinícius bisou e assistiu para o Tottenham. Para Mourinho, só há uma coisa a melhorar

O Tottenham de José Mourinho venceu esta quinta-feira o Ludogorets no jogo da 4.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa. O ex-Benfica Carlos Vinícius, que não tem sido opção para o campeonato inglês, …

Portugal já terá atingido o pico. Foi na terceira semana de novembro, segundo os peritos do Governo

Portugal já terá atingido o pico de novos casos da segunda vaga de covid-19, de acordo com os cálculos dos peritos consultados pelo Governo. Em declarações ao jornal Observador, engenheiro Carlos Antunes, da Faculdade de …

Benfica colheu um ponto na Escócia. O Rangers "não é uma equipazinha", diz Jesus

O Benfica empatou a dois golos em casa do Rangers, na quarta jornada do Grupo D da Liga Europa, e ficou a uma vitória de seguir para os 16 avos de final. Arfield (7 minutos) e …

Reformas antecipadas sofrem corte de 15,5% em 2021

O valor das pensões antecipadas pedidas no próximo ano terá um corte superior ao que está a ser aplicado em 2020: 15,5%. Os trabalhadores que se reformem antecipadamente em 2021 terão uma penalização de 15,5% na …

Templo de Esna foi restaurado ao fim de 2000 anos (e surpreendeu com misteriosos segredos egípcios)

Descoberto há cerca de 200 anos, o antigo templo egípcio de Esna guardava segredos há mais de 2000 anos. Agora esses segredos foram revelados graças a um projeto de restauração iniciado em 2018, onde foram …

Trabalhadores essenciais vão ter folgas e mais 50% de salário se trabalharem nas vésperas de feriado

Os trabalhadores essenciais da Função Pública que tiverem de trabalhar nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro vão ter direito a uma ou duas folgas e vão receber um aumento de 50% do …