Nova bateria transforma Tesla Model S no carro mais rápido do mundo

(dr) Tesla

Tesla Model S P100D – o terceiro carro de produção mais rápido do mundo

A icónica montadora de carros eléctricos Tesla anunciou esta terça-feira aquele que é o terceiro carro de produção mais rápido do mundo, o Model S P100D com o modo Ludicrous – ou o mais rápido, se contarmos apenas os que não estão esgotados.

A velocidade do Tesla Model S P100D é atribuída à nova bateria de iões de lítio de 100 quilowatts, que lhe permite alcançar 100 km/h em 2,5 segundos e uma autonomia de 613 quilómetros.

Segundo o visionário fundador da Tesla, Elon Musk, é a primeira vez que a autonomia de uma viatura eléctrica ultrapassa as 300 milhas (cerca de 482 quilómetros), segundo as normas de autonomia definidas pela agência norte-americano do ambiente EPA, e os 600 quilómetros previstos pelas normas em vigor na Europa.

A nova bateria pode ser instalada nos Tesla Model S ou Tesla Model X já em circulação, por 20 mil dólares, ou como upgrade em viaturas novas já encomendadas, por mais 10 mil dólares.

Segundo a Tesla, o P100D é o terceiro carro mais veloz do mundo, apenas atrás do Ferrari LaFerrari e do Porsche 918 Spyder, modelos desportivos de dois lugares que estão noutra gama de preços e segmento.

Quer o Laferrari quer o 918 Spyder, modelos de edição limitada e com encomendas fechadas, estão esgotados há muito tempo, o que faz do Tesla Model S P100D o carro mais rápido no mercado.

Segundo a CNN,  as entregas dos primeiros Tesla Model S com a nova bateria P100D estão previstas para o próximo mês de setembro, a um preço de 134 mil dólares (cerca de 120 mil euros), o que o torna também bastante mais “acessível” do que os seus competidores mais rápidos.

Em nota no seu blog, a Tesla reconheceu que os preços para um veículo topo de gama como o P100D são altos, mas realçou que cada venda do P100D contribui para a produção dos modelos mais acessíveis – em especial o Model 3, que está em desenvolvimento.

ZAP / Canaltech

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Caros Senhores, Estamos a falar apenas de carro elétricos/híbridos, certo??
    Se não, onde estão os Bugatti, os Koenigsegg, os Hennesseye ou os SSC, todos com velocidades superiores a 400 km/h, enquanto que o Ferrari “apenas” atinge os 350 km/h e o Porsche 340 km/h.
    Relativamente ao atingir os 100 km/h temos o Hennesseye e o Bugatti com 2,2s, e o SSC com 2,5, enquanto o Ferrari chega em 2,9s e o Porsche em 2,6s.
    Isto para não falar no Bugatti Chiron….

    Obrigado

  2. Bom dia estamos a falar de arranque de o a 100km/h em 2.5s, não de velocidade de ponta a qual é bloqueada no Tesla a 250km/h…. e falamos de 100% eléctrico, não híbrido….

  3. Fenomenal! Mais 10 anos e ja não existem no mercado carros movidos a combustão interna (gasoleo, gasolina e gas). Os motores electricos são tecnologicamente muito mais avançados, possuem muito menos componentes (p.e. não é necessario caixa de mudanças pq a potencia esta praticamente toda disponivel em toda a gama de rotaçoes, sendo a aceleraçao controlada electronicamente) e são amigos do ambiente (tanto em termos de emissoes como em termos de ruído).
    O único problema tem sido o desenvolvimento das baterias, que agora está numa fase mais do que apta para atacar o mercado. Esperem para ver.. 🙂

  4. Só é pena as vozes que se erguem, como um importantão da Fiat a lembrar (?) que a electricidade tem de ser produzida de alguma maneira e que isso envolve carbono, chegando a sugerir que fica ela-por-ela (?) com a produção directa pelos carros? Carregar baterias vai ser a nova vaca leiteira das produtoras? Se não houver energia, o carro não anda? Tem-se de guardar religiosamente um gerador em casa, para as “ocasiões”? Tipo apagão, que até já houve? E os bairros sem garagens? Atira-se um fio pela janela? Sem que o vizinho o roube? Enfim, espero que isso esteja minimamente pensado. Embora duvide.

RESPONDER

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …

A nova primeira-ministra da Finlândia é a pessoa mais nova de sempre a ocupar o cargo

A ministra dos Transportes da Finlândia, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do país, o que fará dela a pessoa mais nova de sempre — e terceira mulher — a ocupar …