Nova bateria transforma Tesla Model S no carro mais rápido do mundo

(dr) Tesla

Tesla Model S P100D – o terceiro carro de produção mais rápido do mundo

A icónica montadora de carros eléctricos Tesla anunciou esta terça-feira aquele que é o terceiro carro de produção mais rápido do mundo, o Model S P100D com o modo Ludicrous – ou o mais rápido, se contarmos apenas os que não estão esgotados.

A velocidade do Tesla Model S P100D é atribuída à nova bateria de iões de lítio de 100 quilowatts, que lhe permite alcançar 100 km/h em 2,5 segundos e uma autonomia de 613 quilómetros.

Segundo o visionário fundador da Tesla, Elon Musk, é a primeira vez que a autonomia de uma viatura eléctrica ultrapassa as 300 milhas (cerca de 482 quilómetros), segundo as normas de autonomia definidas pela agência norte-americano do ambiente EPA, e os 600 quilómetros previstos pelas normas em vigor na Europa.

A nova bateria pode ser instalada nos Tesla Model S ou Tesla Model X já em circulação, por 20 mil dólares, ou como upgrade em viaturas novas já encomendadas, por mais 10 mil dólares.

Segundo a Tesla, o P100D é o terceiro carro mais veloz do mundo, apenas atrás do Ferrari LaFerrari e do Porsche 918 Spyder, modelos desportivos de dois lugares que estão noutra gama de preços e segmento.

Quer o Laferrari quer o 918 Spyder, modelos de edição limitada e com encomendas fechadas, estão esgotados há muito tempo, o que faz do Tesla Model S P100D o carro mais rápido no mercado.

Segundo a CNN,  as entregas dos primeiros Tesla Model S com a nova bateria P100D estão previstas para o próximo mês de setembro, a um preço de 134 mil dólares (cerca de 120 mil euros), o que o torna também bastante mais “acessível” do que os seus competidores mais rápidos.

Em nota no seu blog, a Tesla reconheceu que os preços para um veículo topo de gama como o P100D são altos, mas realçou que cada venda do P100D contribui para a produção dos modelos mais acessíveis – em especial o Model 3, que está em desenvolvimento.

ZAP / Canaltech

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Caros Senhores, Estamos a falar apenas de carro elétricos/híbridos, certo??
    Se não, onde estão os Bugatti, os Koenigsegg, os Hennesseye ou os SSC, todos com velocidades superiores a 400 km/h, enquanto que o Ferrari “apenas” atinge os 350 km/h e o Porsche 340 km/h.
    Relativamente ao atingir os 100 km/h temos o Hennesseye e o Bugatti com 2,2s, e o SSC com 2,5, enquanto o Ferrari chega em 2,9s e o Porsche em 2,6s.
    Isto para não falar no Bugatti Chiron….

    Obrigado

  2. Bom dia estamos a falar de arranque de o a 100km/h em 2.5s, não de velocidade de ponta a qual é bloqueada no Tesla a 250km/h…. e falamos de 100% eléctrico, não híbrido….

  3. Fenomenal! Mais 10 anos e ja não existem no mercado carros movidos a combustão interna (gasoleo, gasolina e gas). Os motores electricos são tecnologicamente muito mais avançados, possuem muito menos componentes (p.e. não é necessario caixa de mudanças pq a potencia esta praticamente toda disponivel em toda a gama de rotaçoes, sendo a aceleraçao controlada electronicamente) e são amigos do ambiente (tanto em termos de emissoes como em termos de ruído).
    O único problema tem sido o desenvolvimento das baterias, que agora está numa fase mais do que apta para atacar o mercado. Esperem para ver.. 🙂

  4. Só é pena as vozes que se erguem, como um importantão da Fiat a lembrar (?) que a electricidade tem de ser produzida de alguma maneira e que isso envolve carbono, chegando a sugerir que fica ela-por-ela (?) com a produção directa pelos carros? Carregar baterias vai ser a nova vaca leiteira das produtoras? Se não houver energia, o carro não anda? Tem-se de guardar religiosamente um gerador em casa, para as “ocasiões”? Tipo apagão, que até já houve? E os bairros sem garagens? Atira-se um fio pela janela? Sem que o vizinho o roube? Enfim, espero que isso esteja minimamente pensado. Embora duvide.

Responder a Jaja Cancelar resposta

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …