Nostradamus profetizou para 2016 uma grande guerra e a morte dos ricos

Tenha sido um profeta, vidente, adivinho ou charlatão, há quem diga que ao fim de quase 500 anos as profecias do médico e astrólogo francês de origem judia Michel de Nostredame são válidas – e que muitas delas até já se cumpriram.

Mais conhecido como Nostradamus, o boticário nascido em 1505 em Provence deixou ao mundo em 1555 uma série de profecias envoltas em metáforas, cifradas de forma difusa e geralmente pouco específicas.

Certo é que ao longo dos anos, muitas das profecias do vidente foram sendo interpretadas como válidas e apresentadas como tendo antecedido em séculos os eventos que alegadamente descreviam – seja o ataque ao World Trade Center em 2001 ou a ascensão de Napoleão e Hitler.

Mais certo ainda é que sempre que um fim de ano se aproxima, logo meio mundo corre a tentar entrever nas palavras de Nostradamus as profecias para o novo ano que se aproxima.

Tal é o caso do diário mexicano Excelsior, que recolheu das palavras do profeta as previsões para o ano de 2016. E venham elas a revelar-se verdadeiras, muita razão temos todos para nos alarmar.

Segundo o jornal, Nostradamus previu para 2016 uma guerra mundial em grande escala, com uso de armas nucleares, que duraria 27 anos.

Como se não bastasse, no auge desse conflito terá lugar um evento astronómico de grandes proporções – mais concretamente, a aproximação à Terra de um gigantesco planeta – que dará origem a grandes catástrofes naturais.

Segundo o profeta, o Vesúvio acordará finalmente do seu sono profundo e entrará em erupção – uma das mais desastrosas da história, seguida de uma série de terramotos, que causarão milhares de mortos.

Também os Estados Unidos serão atingidos pelo maior terramoto da sua história, tão potente que afectará toda a região.

O boticário francês profetizou ainda para 2016 que “os ricos vão morrer muitas vezes” – ou, como acreditam os seguidores do profeta, que a economia mundial terá um colapso global.

O adivinho previu também o aquecimento global e o buraco do ozono, num sinal de que não acreditava na eficácia do acordo alcançado na Cimeira do Clima de Paris. “Os Reis roubam os bosques, o céu abrir-se-á e os campos serão queimados pelo calor“, disse Nostradamus.

Mas nem tudo será mau. A medicina registará enormes avanços em 2016, que permitirão à Humanidade aumentar a esperança de vida – se descontarmos a tal guerra nuclear dos 27 anos, claro.

Globalmente, o futuro do planeta em 2016 apresenta-se sombrio. Mas nem todas As Profecias de Nostradamus (ou as suas interpretações) vieram de facto a concretizar-se. Por exemplo, o profeta garantiu que em 2015 os impostos iriam acabar.

E, como muito bem sabemos, tal não aconteceu.

AJB, ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

    • Se tivesse visto um filme que foi feito sobre Nostradamus e as suas profecias apresentado por Orson Wells, no mínimo ficaria com muitas dúvidas se Nostradamus não saberia muito bem aquilo que estava a escrever… É impressionante a quantidade de previsões que se realizaram, e mais impressionante ainda aquilo que ele previu para o n/ futuro. E o pior é que faz sentido. Veja bem que a guerra que ele previu teria inicio com um príncipe árabe que lançaria um ataque contra o “Novo Mundo”. Isso não lhe diz nada? Nessa altura ainda não havia Estados Unidos (Novo Mundo) nem conflitos entre muçulmanos e cristãos … E que a guerra se estenderia a todo o mundo, e não ficaria pedra sobre pedra…

  1. Maioria dos videntes falam por metáforas, na língua materna. Traduções sobre traduções é nisto que dá: mensagens deturpadas e a descrença. Quem sabe ao certo o que este senhor previu e o que quis dizer?

  2. Até os jornalistas ficam confusos com Nostradamus. No sumario é médico, mas no inicio da noticia já é boticário (farmacêutico)…..Confuso tal como Nostradamus 🙂

  3. Previu coisa nenhuma. O livro dele é uma confusão de estrofes sem sentido que não querem dizer nada, apenas que o autor era louco. Como tal, teve seguidores ao longo destes séculos…

  4. Existe um filme (suponho dos anos 80) com o titulo de Nostradamus em que retrata as previsões de Nostradamus. O filme tem um “antes” e um “depois” da data em que foi feito. O “depois” são as previsões à data. Lembro-me perfeitamente que no filme está retratado o atentado 11 de setembro – o realizador refere-se como um atentado com 4 misseis aos USA em que um é destruido e os outros 3 atingem os alvos (no caso real 2 aviões atingem as torres gemeas, outro atinge o pentagono e outro despenha-se). Fala também no aparecimento de um anti-cristo árabe (bin laden) e de uma guerra na europa (associo à guerra na Servia). Lembro-me de o ter visto numa das salas do então Cinema Lumiere no Porto.

  5. Eu acredito em tudo. Só não acredito numa guerra nuclear de 27 anos.
    Basta apenas 1 dia e desaparecemos todos da face da terra. 🙂

RESPONDER

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …