Costa e Marcelo desalinham. Mas há um assunto fechado: para já, não se fala em desconfinamento

Manuel de Almeida / Lusa

Na próxima reunião do Infarmed, marcada para a próxima terça-feira, não se falará em desconfinamento. A intenção é mantê-lo durante o mês de março.

Esta quinta-feira, o número de internados graves desceu novamente para 688. Confinar o país trouxe boas notícias em relação aos números da pandemia, mas a pressão sobre as Unidades de Cuidados Intensivos ainda é alta para se começar a pensar em desconfinamento.

Esse foi a mensagem que Mariana Vieira da Silva, ministra de Estado e da Presidência, deu em declarações ao Expresso. No Governo, o assunto parece estar fechado: para já, não se fala em desconfinar.

“A questão das expectativas influencia muito o comportamento das pessoas no dia a dia. Portanto, não vale a pena estarmos a falar em desconfinamento, porque enquanto os números das Unidades de Cuidados Intensivos estiverem como estão não é possível concretizá-lo”, acrescentou a governante.

A posição do Governo, mais discreto, contrasta com a do Presidente da República,que, além de pública, se tornou oficial no decreto do estado de emergência atualmente em vigor.

Além de querer um reforço dos meios de rastreamento e apoios aos setores, Marcelo quer um plano faseado para a reabertura. Mas Costa não quer falar dele já, muito menos em público.

De acordo com o semanário, Marcelo Rebelo de Sousa quer marcar um calendário para o regresso das aulas presenciais, de forma gradual, e fixar marcos de referência com base em critérios científicos para ir planeando o desconfinamento.

Mas as exigências não se ficam por aqui e estendem-se até ao reforço de meios. “Melhorar o rastreio de contaminados, com mais testes e, sobretudo, com mais operacionais”, disse o Presidente da República, numa declaração ao país há uma semana. “Os mecanismos legais existem, mas é preciso acionar meios.”

Marcelo Rebelo de Sousa quer também mais meios para apoiar empresas e famílias no que diz respeito à crise económica e social.

Da mesma forma, a Confederação Empresarial de Portugal defende que o Governo deve levar a cabo um “desconfinamento inteligente“, com o regresso às aulas presenciais em alguns níveis de ensino e o alívio de restrições na restauração. Já a Confederação do Comércio e Serviços entende que o país deve desconfinar “o mais cedo possível”.

Ao Jornal de Notícias, António Saraiva, presidente da CIP, disse que, “neste momento, o que deveríamos fazer era encontrar formas de um desconfinamento inteligente”. A intenção foi transmitida após uma audiência com o Presidente da República, em Belém.

Saraiva insistiu no prolongamento dos apoios às empresas, sobretudo as “mais fragilizadas”, de modo a evitar despedimentos. Sublinhou também a necessidade de utilizar os fundos comunitários em instrumentos produtivos e na recapitalização das empresas.

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), defendeu a abertura do país “o mais cedo possível”, argumentando que o atual confinamento está a causar um “conjunto de problemas graves” às empresas, que disse estarem “exaustas”, “exauridas de meios” e “numa situação muito pior do que há um ano”.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que muitas empresas e famílias estão «exauridas» de meios, é notório e a economia portuguesa poderá ser outra, mas não voltará a ser o que era em 2019. E talvez até seja uma vantagem não voltar a ser o que era – havia e ainda há muita coisa inviável, que só um país sem ordenamento e planificação gera.
    Mas quanto ao desconfinamento era bom que deixassem chegar os números da pandemia a patamares muito baixos, até porque as vacinas, segundo consta, protegem por períodos de tempo inferiores a um ano, a média parece ser de 9 meses, o que significa que os vacinados em Janeiro a partir de Outubro voltam a estar desprotegidos. Se calhar o vírus veio para ficar uns anos. Neste contexto, desconfinar as escolas em meados de Março é o mesmo que desconfinar o país, porque implica que as famílias, os alunos e os professores comecem a interagir com grande proximidade e estes com o resto da comunidade, que prestam serviços que começarão a ser requisitados. A possibilidade de contágio começar novamente a subir é enorme e, se isso acontecer, em Setembro/Outubro teremos uma quarta vaga. Será melhor pensar que cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém e que o ensino a distância está longe de ser aperfeiçoado, de ser uma ferramenta altamente eficaz e produtiva como realmente pode ser, até porque os “métodos” continuam a ser os do ensino presencial, que provavelmente já só se justifica em casos pontuais, como pessoas com deficiência, etc.

RESPONDER

Pela primeira vez, um sensor quântico modelar detetou um sinal cerebral

Uma equipa de cientistas da Universidade de Sussex construiu, pela primeira vez, um sensor cerebral quântico modular e usou-o para registar um sinal cerebral. Este é um marco importante para todos os investigadores que trabalham com …

O asteroide Psyche pode não ser tão metálico como se pensava

Há muito que se pensa que o asteroide metálico 16 Psyche é o núcleo de ferro remanescente de um planeta que não se formou. Mas, agora, um novo estudo sugere que, afinal, pode não ser …

Encontrado cemitério perto do campo de concentração de Auschwitz

Um residente local descobriu cerca de 12 crânios humanos e vários ossos na margem do rio que atravessa a cidade vizinha de Oswiecim, perto de Auschwitz. As autoridades estão a investigar se os restos mortais …

Taiwan vai ter uma enfermaria hospitalar feita de lixo reciclado

O Hospital da Universidade Católica Fu Jen, em Taipei, capital de Taiwan, vai ter a primeira enfermaria hospitalar do mundo construída com materiais reciclados. Quando a pandemia da covid-19 apareceu, o arquiteto e engenheiro taiwanês Arthur Huang …

Turquia 0-3 Itália | Euro arranca com vitória italiana

A Itália, campeã europeia em 1968, venceu hoje a Turquia por 3-0, no encontro inaugural do Euro2020 de futebol, disputado no Estádio Olímpico de Roma, a contar para a primeira jornada do Grupo A. A 16.ª …

"Exército" de cabras ajuda a prevenir incêndios florestais na Califórnia

A Califórnia soltou um "exército" de cabras para mastigar arbustos e ervas demasiado grandes em todo o estado na esperança de reduzir o risco de incêndios florestais neste verão. Este tipo de vegetação inflamável contribui para …

Kim Jong-un perdeu peso (e isso pode ter consequências geopolíticas)

O líder norte-coreano parece ter perdido algum peso, o que já levou alguns analistas políticos a avançar com algumas teorias e possíveis consequências geopolíticas. Depois de não ser visto em público durante quase um mês, o …

Portugal Campeão Europeu em 2016

Campeões em 2016, ausentes do Euro 2020: onde estão esses 12 portugueses?

Mais de metade dos jogadores convocados por Fernando Santos para o histórico Europeu 2016 não vai estar nesta edição do torneio. Rui Patrício, Pepe, Raphaël Guerreiro, José Fonte, Cristiano Ronaldo, João Moutinho, Anthony Lopes, Danilo Pereira, …

Marrocos avisa a Europa que Ceuta “é uma cidade marroquina ocupada”

A Câmara dos Representantes de Marrocos condenou a moção aprovada pelo Parlamento Europeu (PE) a rejeitar a estratégia do Governo de Rabat na recente crise migratória em Ceuta e reforçou o estatuto do enclave espanhol …

Hong Kong vai censurar filmes em busca de “ameaças à segurança nacional”

As autoridades de Hong Kong vão começar a censurar todos os filmes nacionais e estrangeiros em busca de casos que possam ser interpretados como “violações da segurança nacional”, no mais recente exemplo do reforço do …