MP faz levantamento de processos que envolvem suspeito do caso Maddie

findmadeleine.com

Maddie McCann

A Procuradoria da República da Comarca de Faro anunciou que está a proceder a um levantamento dos processos que relacionam o cidadão alemão suspeito no desaparecimento de Madeleine McCann, com outros processos registados na região.

“Com vista ao esclarecimento sobre a matéria, o Ministério Público (MP) tem vindo a proceder a um levantamento” de processos que correram termos na comarca de Faro, e que relacionam o cidadão alemão suspeito de intervenção no desaparecimento de Madeleine McCann, escreve a Procuradoria na sua página na Internet.

O MP esclarece que de acordo “com os elementos disponíveis até ao momento”, foi apurado que o agora suspeito foi condenado por desobediência e por furto num outro processo.

Além destes dois processos, foram igualmente localizados cinco pedidos de cooperação judiciária internacional em que é mencionado o nome daquele cidadão alemão.

Segundo o MP, um dos pedidos de cooperação internacional é relativo a um processo contra desconhecidos e que foi arquivado em fevereiro de 2006, “e quatro respeitam ao processo em que se investiga o desaparecimento de Madeleine McCann”.

O designado processo Maddie foi inicialmente arquivado em 2008, tendo o MP determinado, em 2013, a reabertura do mesmo, por terem surgido novos elementos que justificavam o prosseguimento da investigação, adianta a Procuradoria.

“Após a reabertura do processo não foram constituídos arguidos, prosseguindo as investigações com a realização de diligências que se revistam de utilidade ao apuramento dos factos e à identificação e responsabilização dos respetivos autores”, avança o MP.

O inquérito sobre o desaparecimento de Madeleine McCann em 2007, é dirigido pelo Ministério Público da seção de Portimão do Departamento de Investigação e Ação Penal de Faro com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

De acordo com a Procuradoria da Comarca de Faro, a investigação tem sido desenvolvida em estreita cooperação com as autoridades judiciárias alemãs e inglesas, nos termos definidos na Convenção Europeia de Auxílio Judiciário Mútuo em Matéria Penal e na Diretiva 2014/41/UE do Parlamento e do Conselho Europeu.

As polícias britânica e alemã, lançaram no dia 3 de junho um novo apelo público de informação sobre um homem alemão, suspeito de envolvimento no desaparecimento de Madeleine McCann em Portugal em 2007.

O homem, de 43 anos, atualmente a cumprir pena de prisão na Alemanha, terá vivido no Algarve entre 1995 e 2007, tendo a polícia revelado que registos telefónicos o colocam na área da Praia da Luz no dia em a criança inglesa desapareceu.

Madeleine McCann desapareceu no dia 3 de maio de 2007, poucos dias antes de fazer quatro anos, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz, no Algarve.

Lusa // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Uber usou 50 empresas de fachada holandesas para evitar impostos, revela relatório

A Uber recorreu a cerca de 50 empresas de fachada holandesas para reduzir a sua carga fiscal global, revelou a mais recente investigação do australiano Center for International Corporate Tax Accountability and Research. Segundo avançou o …

Task force traça nova meta e prevê 70% da população vacinada até ao início de agosto

O processo de vacinação em Portugal vai contar, a partir deste segundo trimestre, com uma maior quantidade de vacinas disponíveis, principalmente a partir do final deste mês. Esta quarta-feira, no Parlamento, o vice-almirante Henrique Gouveia e …

Mais quatro mortes e 485 casos em Portugal. R(t) sobe ligeiramente

Esta quarta-feira, Portugal regista mais quatro óbitos e 485 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Coroa de diamantes e safiras da rainha Maria II vai hoje a leilão em Genebra

A leilão vai também, esta quarta-feira, um conjunto de adornos, igualmente em safiras e diamantes, da coleção de Estefânia de Beauharnais, filha adotiva de Napoleão I Várias joias que pertenceram a casas reais europeias, entre as …

40 mortos em manifestações contra Governo na Colômbia. Presidente anuncia investigação a abusos policiais

Mais de 40 pessoas morreram nas manifestações contra o governo da Colômbia que começaram há duas semanas, segundo a organização não-governamental (ONG) Temblores. Em relatório divulgado na terça-feira, a ONG colombiana contabiliza pelo menos 40 mortes …

Netanyahu avisa: Hamas "vai receber ataques que não espera"

A escalada de violência continua em Israel e nos territórios palestinianos ocupados e já há vítimas mortais dos dois lados. O Conselho de Segurança das Nações Unidas volta a reunir-se de emergência esta quarta-feira. As forças …

Pela primeira vez, Governo admite que aplicação Stayway Covid não funcionou

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, um dos primeiros governantes a ver o protótipo da aplicação de rastreio de casos de covid-19, admitiu que a StayAway Covid não funcionou. Segundo Manuel Heitor, …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: Sporting campeão (Boavista é o próximo)

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sporting-1-0-boavista-o-musical Sei que esta música já foi incluída neste espaço radiofónico. A versão foi outra mas a música era a mesma. Abriu a emissão sobre o FC Porto-Benfica, em janeiro deste ano. Porque esses eram os …

Entidade para a Transparência. Governo quer que o processo seja célere, mas leva atraso de 2 anos

O Governo quer celeridade no processo de criação e instalação da Entidade para a Transparência, um organismo que já foi aprovado há dois anos. Numa audição na Comissão da Transparência, sobre a criação e instalação da …

Jogos da última jornada da Liga NOS vão ter adeptos nas bancadas

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta quarta-feira, que os jogos da última jornada da I Liga vão poder ter público nas bancadas. "Os jogos da última jornada da Liga NOS vão ter público nas …