MP investiga festa de Lagos. Clube de Odiáxere pede desculpas pela “dimensão trágica” do evento

Mahmoud Khaled / EPA

O Ministério Público (MP) vai apurar as circunstâncias em que decorreu a festa de aniversário nas instalações do Clube Desportivo de Odiáxere, em Lagos, no Algarve, na origem de um surto de covid-19, para já, com mais de 90 infetados.

De acordo com o semanário Expresso, o inquérito foi instaurado na sexta-feira na secção de Lagos do Departamento de Investigação e Ação Penal de Faro.

A festa em causa ocorreu na noite de 7 para 8 deste mês e terá reunido dezenas de pessoas. “Estará na origem de um surto infeções por covid-19”, refere o DIAP de Faro, segundo o Expresso. “No âmbito do inquérito será avaliado o eventual enquadramento desta factualidade em prática de crime, designadamente de propagação de doença”.

A abertura de investigação acontece depois de a ministra da Justiça solicitar à Procuradoria-Geral da República a intervenção do MP para, em representação do Estado, “instaurar ações indemnizatórias contra os promotores do evento de Odiáxere, em Lagos, do qual resultou a infeção de mais de sete dezenas de pessoas, incluindo crianças”.

Entretanto, o Clube Desportivo de Odiáxere, em Lagos, onde foi realizada a festa ilegal que originou um foco de covid-19, pediu desculpas pela “dimensão trágica” que o acontecimento atingiu, mas assinala que foi a direção que chamou as autoridades.

Num longo esclarecimento publicado no sábado na sua página do Facebook, o clube desportivo relata como foi solicitada a realização da festa de aniversário, que ocorreu no salão de festas do clube.

A direção do clube afirma que o esclarecimento visa “expor a verdade dos factos, na primeira pessoa, sem subterfúgios ou inverdades, assumindo como sempre”, todas as suas responsabilidades, desejando “por fim, que tão breve quanto possível, este episódio seja terminado e sem mais consequências”.

“Sentimo-nos extremamente lesados e enganados por tudo o que ocorreu”, afirma, adiantando que, “desde a primeira hora”, prestaram todas as declarações, “com transparência, embora, e muito naturalmente, bastante tristes e abalados com o desenrolar de todos os acontecimentos”.

O clube conta que foi um particular solicitou a utilização do salão do clube para “a realização de uma festa de aniversário de cariz familiar e particular, para um máximo de 20 pessoas”. “Solicitação à qual o clube atendeu positivamente, agindo com base na boa-fé, após muita ponderação e tendo em consideração a grande dimensão do salão, o número máximo de pessoas previamente acordado, os cuidados de proteção, higiene e o distanciamento a que todos estamos sujeitos nos nossos relacionamentos segundo as diretivas gerais em vigor”, sublinha.

Contudo, conta, cerca das 18h30, “o número de pessoas já ultrapassava o acordado”, tendo a direção do clube “de imediato” denunciado a situação à GNR, que cancelou a festa e identificou o organizador.

De imediato, foi realizada uma desinfeção a todo o edifício e toda a sua envolvência e foram feitos testes à covid-19 aos funcionários do clube e alguns membros da direção, tendo um funcionário dado positivo, “mas que não foi transmitido no dia 7 de junho”.

“Atendendo às reais repercussões deste muito triste e infeliz acontecimento, nas suas dimensões humanas e económicas, com transtornos enormes para o concelho, região e país, queremos deixar o nosso mais sincero e humilde pedido de desculpas pela dimensão trágica em que se tornou a nossa resposta positiva à solicitação da realização de uma festa de aniversário de caráter familiar e particular no salão de festas do nosso clube”, sublinha no comunicado.

Na festa participaram pessoas de diferentes concelhos e de várias nacionalidades, havendo infetados entre pessoas da mesma família, incluindo crianças e, também, entre colegas de trabalho.

O surto originado por aquela festa já provocou a suspensão de visitas aos utentes em 24 equipamentos sociais do barlavento (oeste) algarvio, num total de 13 estruturas – entre lares de idosos, unidades de cuidados continuados, lares de jovens e de saúde mental -, situadas em oito concelhos.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Um quarto da população portuguesa tem imunidade à covid-19

O Painel Serológico Longitudinal Covid-19 estima em 27% a taxa de imunidade à covid-19 para a população em Portugal. Até março, 13% da população teria sido infetada Um estudo hoje divulgado estima que 13% da população …

Pfizer admite que deverá ser necessária uma terceira dose (e ser vacinado anualmente)

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse que as pessoas vão precisar “provavelmente” de uma dose de reforço da vacina contra a covid-19 12 meses após serem totalmente vacinadas. “Um cenário provável é que haja necessidade …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

Clubes alemães atentos a Tiago Dantas depois da sua estreia como titular

A titularidade do jovem português na equipa do Bayern, no último sábado, despertou a atenção dos clubes alemães para o médio cedido pelo Benfica. Tiago Dantas, de 20 anos, fez a sua estreia como titular do …

Chega aposta em Hugo Ernano, o militar que atingiu mortalmente rapaz de 13 anos

O cabeça-de-lista do Chega para a Câmara Municipal de Odivelas vai ser o líder do núcleo local, Nuno Beirão, e o militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) Hugo Ernano candidata-se à Assembleia Municipal. Hugo Hernano, candidato …

Taarabt reencontrou a sua boa forma, mas o Benfica quer vendê-lo

O Benfica está disposto a ouvir propostas que cheguem por Adel Taarabt, o marroquino que tem dado cartas no meio-campo das 'águias'. A caminho dos 32 anos de idade, Taarabt não vai para novo, mas tem …

Vacina russa Sputnik V pode vir a ser produzida em Sintra

O Presidente da câmara de Cascais fez de intermediário para que viesse para Portugal uma licença de produção da Sputnik V. António Costa não se opõe, mas lembra que a vacina ainda não foi aprovada …

FC Porto admite batalha legal com o Sporting devido ao caso Palhinha

Os azuis e brancos contestam a utilização de João Palhinha no jogo frente ao Benfica, a contar para a 16.ª jornada da Liga, e admitem uma batalha legal. A polémica está relacionada com a utilização …

Supremo recusa levantar arresto de bens a Rui Rangel e Fátima Galante

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, esta quinta-feira, recursos dos ex-juízes, arguidos no processo "Operação Lex", que contestavam o arresto dos seus bens. No acórdão proferido, a que a agência Lusa teve acesso, o Supremo …

Portugueses a partir dos 60 anos vão ter segunda dose AstraZeneca

Após os casos de coágulos, a DGS só vai mudar o esquema vacinal aos mais jovens, sendo que a população com mais de 60 anos que tomou a vacina da Astrazeneca irá receber a segunda …