MP investiga divulgação de vídeos dos interrogatórios a Sócrates

Fernando Veludo / Lusa

O Ministério Público instaurou um inquérito para investigar a exibição dos vídeos dos interrogatórios efectuados no âmbito do processo Operação Marquês, numa reportagem da SIC, considerando que a “divulgação destes registos está proibida”.

“Embora o processo em causa já não se encontre em Segredo de Justiça, a divulgação destes registos está proibida, nos termos do art.º 88º n.º 2 do Código de Processo Penal, incorrendo, quem assim proceder, num crime de desobediência (artigo 348.º do Código Penal)”, refere o Ministério Público, numa resposta enviada à agência Lusa.

O MP acrescenta que instaurou um inquérito para “investigar os referidos factos”.

A SIC divulgou, nos últimos dois dias, gravações dos interrogatórios a José Sócrates, nos quais é possível confirmar que o ex-primeiro-ministro se mostrou desafiante perante os investigadores, sempre ao ataque e com momentos de fúria.

Os vídeos exibidos pela SIC mostram também os interrogatórios feitos a outros arguidos da Operação Marquês, nomeadamente Ricardo Salgado, bem como uma longa reportagem sobre os meandros do escândalo político e económico que abalou o país e que aguarda julgamento.

O MP está agora a investigar as circunstâncias em que a SIC teve acesso aos vídeos, mas é provável que o caso acabe arquivado, como tem sido habitual neste tipo de situações, escreve o Diário de Notícias.

A defesa do ex-governante considera que a divulgação dos vídeos é “mais uma tentativa de enxovalhar o engenheiro José Sócrates”, refere o advogado Pedro Delille, citado pelo DN.

Mas “o resultado não foi o que esperavam – o tiro saiu pela culatra“, acrescenta Delille em nota enviada à Lusa. Para o advogado, os interrogatórios “vêm demonstrar” que “a acusação não tem qualquer fundamento em factos e muito menos em provas”.

Já o constitucionalista Pedro Bacelar Vasconcelos, presidente da Comissão parlamentar dos Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, classifica a divulgação dos vídeos como “nojo”, cita o mesmo jornal.

Também o professor de Direito Constitucional Jorge Bacelar Gouveia refere que “este género de práticas ofendem os direitos dos arguidos e não acrescentam nada à informação dada ao público”.

Mais incisivo é o professor universitário e colunista do DN João Taborda da Gama que fala de “um acto de pornografia judiciária exibida em horário nobre”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Temos pena… Não gostam que seja tornado publico? Os Portugueses têm o direito democrático de saber a PALHAÇADA deste e de outros processos que como arrastar da situação vamos ver se vai dar em alguma coisa…

  2. “O MP está agora a investigar as circunstâncias em que a SIC teve acesso aos vídeos, mas é provável que o caso acabe arquivado, como tem sido habitual neste tipo de situações, escreve o Diário de Notícias.” Pois claro… O crime compensa… só para alguns… Os mesmos!

    • Claro estou plenamente de acordo, mesmo depois desta reportagem ninguém acredita que o Sócrates vai ser condenado e preso novamente…o crime compensa!

  3. Sabemos quem foram os corruptores!! O que falta para incriminar os corrompidos, que só pode ser gente ligada ao processo, a começar pelo Sr. Procurador e assistentes? As contrapartidas serão “generosas” certamente, pois por um lado aumentam as audiências televisivas e a venda de pasquins. Quem vende também não deve ser burro e valerá a pena “correr o risco”. A Srª. Procuradora “abre um inquérito”!!!! É mais um, minha senhora. Os Portugueses já se habituaram a estas “cenas”, que nunca chegam ao fim O melhor, mesmo, é acabar com a “palhaçada” dos inquéritos. Ninguém acredita neles. Nem a Srª. Procuradora!!!!

  4. Se isto é justiça, vou ali e já venho!! Por amor de Deus, ou apresentam provas concretas e anda-se com isto ou então terminem este processo! É simples…Agora eu pergunto: quem ganha com a divulgação das gravações?! Será que foram divulgadas para pretenderem não esquecer este processo?! Num pais alegadamente democrático isto acontece porque? Divulgar imagens de um processo a decorrer na justiça?!?? Crime, isto é crime! Não gostei da governação deste senhor mas a justiça tem duas opções: ou arquivam ou isto anda para a frente!! Agora estar assim como está, em termos de estado de espírito mata uma pessoa…lentamente..não existe sossego…..isto já cheira a novela de mais de 1000 episódios…ou mais..isto é vergonhoso..

    • Se o Sr. Pedro fosse o procurador, (mesmo conhecendo apenas o que veio a público através dos órgãos de comunicação social) qual seria a sua decisão?
      Acusava ou arquivava?

  5. Subscrevo a a intenção de investigar, a reportagem da SIC até pareceu Logro / Mistificação para recuperar audiências em perda
    Cito: Já o constitucionalista Pedro Bacelar Vasconcelos, presidente da Comissão parlamentar dos Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, classifica a divulgação dos vídeos como “nojo”, cita o mesmo jornal.
    Também o professor de Direito Constitucional Jorge Bacelar Gouveia refere que “este género de práticas ofendem os direitos dos arguidos e não acrescentam nada à informação dada ao público”.
    Mais incisivo é o professor universitário e colunista do DN João Taborda da Gama que fala de “um acto de pornografia judiciária exibida em horário nobre”.

    • Muito bem De facto o que a SIC está a fazer e o que já fez o CM não é de um País Democrático A SRª Procuradora abre um inquérito com que finalidade? Para dizer que faz alguma coisa? Já estamos habituados aos seus inquéritos.

  6. De facto esta exibição da SIC foi escandalosa e CRIMINOSA no serão de ontem, em horário “nobre” (para todos, sobretudo para os telespectadores que deveriam merecer respeito… ).
    Não satisfeitos, voltarem a exibir hoje ao princípio da tarde e não será surpresa se voltarem a exibir hoje à noite hora à do Sporting – Porto.
    A peça exibida é de 2014 (!!!), toda a gente sabia ou adivinha o que pretende “informar”.
    É DESINFORMAÇÃO, é LOGRO e é CRIME, não só pela intenção mas também pela forma ILEGAL com que foi obtida.
    Não acredito em qualquer acção consequente por parte do Ministério Público, mas é importante que venha saber-se QUEM ENCOMENDOU e com qual FINALIDADE.
    Numa hipótese “SOFT”, a finalidade terá sido ESPALHAR POEIRA, o que é visível no conteúdo da peça escolhida, da qual fica para a opinião pública a “dúvida”; os CRIMINOSOS são os que ROUBARAM, ou são os OUTROS que têm por missão provar isso e CONDENÁ-LOS ???

    APANHEM-NOS !!!!

  7. È tudo ilegalidades
    Então quem divulgou o video , deve ter recebido uma pipa de massa, e fica solteira a culpa?
    Concorrdo que é preciso mjustrar provas… o que o Sócrates diz “irritado” é: Mostrem lá as provas e não as suposições… Que o homem está irritado , está… mas quem não estaria, já dizia o Soares “todos temos direito à indignação”
    E já agora como está o SILÊNCIO DOS DEUSES, NÃO CALO ESSE SILENCIO… BLÁ…BLÁ… BLÁ… Já o Ministério publico veio dizer que não há tráfico de mwenores, adoções ilegais e ainda não se viu a TVI e Correio da manhã etc a serem condenados…
    Realmente só no meu triste Portugal… que pena ..,. Tem gente com tanto valor.

  8. isto é um país de bananas. A COMUNICAÇÃO SOCIAL FAZ O QUER. ESTAS ATITUDES VEM A VERIFICAR-SE COM ALGUMA FREQUENCIA. QUEM NÃO RESPEITA O POVO, NÃO DEVE SERVI-LO. sÁ HÁ UMA FORMA DE DEITARMOS MÃO A ESTAS SITUAÇÕES….O RECURSO A PENALIZAÇÃO, NÃO PECUNIÁRIA….MAS ENVERRANDO ESSAS ESTAÇÕES DE TELEVISÃO.

  9. Lol. Grande Sic. Assim ficamos a saber como ele comprava os Armani. O amigo tinha 36 milhões para lhe emprestar a fundo perdido. Só não percebo como com a quantidade de secretários, assessores, adjuntos, administrativos, etc em torno de um primeiro ministro e não há uma alma que abra a boca.

RESPONDER

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …