“Leis são como as meninas virgens”. Magistrada considera que foi só uma metáfora

A magistrada do Ministério Público que arquivou a queixa contra as declarações de um taxista na manifestação, de outubro passado, contra a Uber e o Cabify, considerou que foram apenas uma “metáfora”.

Em outubro do ano passado, o Ministério Público tinha aberto um inquérito na sequência de uma queixa da Comissão para a Igualdade do Género (CIG) por causa das declarações de Jorge Máximo, o taxista que, durante uma manifestação contra a Uber e o Cabify, disse que as “as leis são como as meninas virgens, são para ser violadas”. No entanto, em janeiro deste ano, o MP decidiu arquivar o processo.

Esta quarta-feira, a TSF, que teve acesso ao processo no DIAP de Lisboa, revelou as razões que motivaram o arquivamento do caso.

A magistrada responsável argumenta que as declarações, na altura registadas pela CMTV, foram proferidas “num determinado contexto no qual o taxista tentou explicar porque se sente ‘injustiçado’, querendo transmitir que, na sua opinião, vivemos num estado em que as leis ‘são para cumprir apenas por alguns'”.

A procuradora considera que “percebe-se facilmente que se trata de uma ‘metáfora’ e que o mesmo quis dizer que algumas pessoas (não ele) acham que as leis não são para se cumprirem, da mesma maneira que algumas pessoas (que não ele) olham para as meninas virgens como meninas prontas para serem violadas”, cita a TSF.

Segundo a raído, a magistrada admite que a expressão utilizada pode ter sido “politicamente incorreta” mas defende que “não pode ser analisada fora do contexto”, sendo claro que “o denunciado não pretendeu incitar à prática de violação de meninas virgens”.

Aliás, a magistrada afirma que avançar com um processo contra o taxista iria colocar em causa a liberdade de expressão garantida pela Constituição, que tem “uma amplitude vastíssima”.

“Se assim não fosse não seria permitido um tipo de humor, passado na comunicação social, que envolve antissemitismo, homofobia, estupro, racismo, machismo e outras formas de degradação da dignidade humana”, escreveu.

Em resposta à rádio, a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género diz que “manifesta estranheza com os fundamentos do despacho”, portanto vai transmitir as suas preocupações ao Governo.

O taxista veio mais tarde a pedir desculpa, explicando que, na verdade, queria afirmar exatamente o contrário: as “leis são como as meninas virgens, não devem ser violadas”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E andamos a gastar dinheiro com parvoíces como esta… O nosso dinheiro! Pois é claro que era uma metáfora!

RESPONDER

Trump criticado após dizer que queda no desemprego é um "ótimo dia" para George Floyd

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse esta sexta-feira que a queda inesperada do desemprego marca “um ótimo dia” para George Floyd, o afro-americano cuja morte às mãos da polícia desencadeou protestos em …

Depois de Trump, Bolsonaro ameaça retirar Brasil da OMS

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, ameaçou na sexta-feira retirar o país da Organização Mundial da Saúde (OMS), após acusar a entidade de atuar de forma "política", "partidária" e "ideológica" num momento de pandemia de covid-19. “Eu …

Cientistas podem ter finalmente descoberto como funciona a anestesia geral

Cientistas podem ter descoberto, finalmente, como é que os anestésicos fazem as pessoas perder a consciência. A anestesia geral foi usada, pela primeira vez, em 1848, no Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos, num paciente …

Com semáforos e muitas regras, arranca oficialmente a época balnear

A época balnear arranca hoje em todas as praias do Algarve, Almada, Cascais e na praia da Nazaré, com regras de distanciamento social e lotação máxima definida, devido à pandemia da covid-19, e com apelos …

Reabertura dos estádios em cima da mesa. Tudo depende dos adeptos

A reabertura dos estádios de futebol em Portugal vai depender do comportamento dos adeptos, indicou esta sexta-feira a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas. Na habitual conferência de imprensa de atualização da informação relativa à evolução da …

Mais de 50% dos portugueses querem que Centeno continue no Governo

Mais de 50% dos portugueses querem que Mário Centeno continue como ministro de Estado e das Finanças, segundo um estudo em que 69% dos inquiridos acham que António Costa "fez bem" em apoiar a recandidatura …

Estudo mostra como é que algumas plantas se tornaram carnívoras

Há cerca de 70 milhões de anos, quando os dinossauros ainda andavam pela Terra, uma anomalia genética iniciou o processo que fez com que algumas plantas se tornassem carnívoras. Para investigar como é que as plantas …

Marte pode já ter tido um anel à sua volta (e voltar a tê-lo)

Uma nova investigação revela que Marte pode ter tido um anel à sua volta. A nova pista está em Deimos, a mais pequena das duas luas marcianas. A sua estranha órbita está inclinada em relação …

Todo o Universo primitivo pode ter estado a girar em múltiplas direções

Novas evidências sugerem que todo o Universo primitivo esteve a girar como um planeta ou uma galáxia, deixando um rasto que ainda é visível nos céus. De acordo com o New Scientist, a nova teoria baseia-se …

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …