Ministra no Parlamento para explicar mudanças no BES

Rodrigo Gatinho / portugal.gov.pt

A Ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, e a ministro dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes, com os secretários de estado Paulo Núncio e Hélder Rosalino

A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, é ouvida esta quinta-feira na comissão parlamentar do Orçamento e Finanças sobre as nomeações para a administração do Banco Espírito Santo (BES), na sequência de um requerimento apresentado pelo Bloco de Esquerda.

A audição da governante está agendada para as 15h30 e será uma oportunidade para os deputados dos vários grupos parlamentares se inteirarem sobre a situação vivida no banco e no Grupo Espírito Santo (GES), e quais as suas implicações para o restante setor bancário e para a economia portuguesa.

Partidarização do banco

Uma matéria incontornável passa pelas nomeações de Vítor Bento (ex-presidente da SIBS), José Honório (antigo presidente da Portucel) e João Moreira Rato (ex-presidente do IGCP) para os cargos de, respetivamente, presidente executivo, vice-presidente da comissão executiva, e administrador financeiro do banco.

A tomada de posse destes responsáveis, que estava apontada para ocorrer no final do mês, foi antecipada numa tentativa de acalmar os mercados, pelo que já estão em funções e a sua cooptação será objeto de ratificação na Assembleia-Geral extraordinária do BES, convocada para dia 31 de julho.

Já o deputado social-democrata e ex-juiz do Tribunal Constitucional Paulo Mota Pinto está proposto para presidente do Conselho de Administração (chairman) do BES.

Estas nomeações levaram a críticas dos partidos da oposição, que referem uma partidarização do BES.

Além de Maria Luís Albuquerque, os deputados também vão ouvir, devido à situação existente no GES, o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, e o presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), Carlos Tavares.

Todos os grupos parlamentares aprovaram a chamada dos três responsáveis à comissão do Orçamento, Finanças e Administração Pública.

Crise no GES

Nas últimas semanas, foram sendo tornados públicos vários problemas em empresas da área não financeira do GES, que têm levantado receios de contágio ao BES, cuja gestão acabou de mudar de mãos.

O novo presidente executivo do BES, Vítor Bento, que substituiu o líder histórico Ricardo Salgado, disse na segunda-feira, dia em que entrou em funções, que a prioridade no banco é “reconquistar a confiança dos mercados” e pôr fim à especulação.

O Banco de Portugal já veio várias vezes a público garantir a solidez financeira do BES, e o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, também já tranquilizou os depositantes do banco.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …

PS propõe que independentes possam usar símbolos e siglas nas freguesias

A líder parlamentar do PS anunciou, este sábado, que o partido vai apresentar duas alterações à lei eleitoral autárquica através de um projeto de lei que deverá entrar no Parlamento na segunda-feira. Em declarações ao jornal …