Verão vai ser diferente, mas ministra abre a porta a emigrantes

Miguel A. Lopes / Lusa

Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva

Mariana Vieira da Silva disse que muitas das atuais regras de convívio social podem vir a manter-se “até termos uma vacina” e assegurou que haverá condições de segurança para ir à praia este verão.

Em entrevista à TVI, esta segunda-feira, a ministra Mariana Vieira da Silva admitiu que “há atividades que não vão existir” este verão, mas que a “utilização da praia será o mais próximo possível” da ideia que temos dela. Os portugueses vão poder gozar o verão em segurança, e entre esses portugueses estarão também os emigrantes que decidam regressar de outros países europeus.

“A razão pela qual dissemos sempre que tomaríamos todas as medidas necessárias, mas nunca além das necessárias, foi por causa das consequências económicas muito significativas”, referiu a governante, sublinhando que o turismo foi “muito importante na anterior crise” e na recuperação que se seguiu.

Com as empresas turísticas a dar o primeiro passo no regresso, Mariana Vieira da Silva garantiu também que os emigrantes vão poder regressar. “As possibilidades de os emigrantes regressarem por via terrestre existem, como sempre existiram.”

O atual fecho das fronteiras significa que “um português não pode ir passar um fim de semana a Madrid nem um espanhol a Lisboa”, mas não significa que um cidadão com nacionalidade portuguesa não possa pisar solo nacional durante o verão.

Durante a entrevista, a ministra admitiu que uma eventual subida do contágio em Portugal pode trazer o “risco de termos de recuar nalgumas medidas, o que não significa voltarmos todos para casa”.

Ainda que as regras de confinamento não possam “estender-se ad eternum”, certas regras, como o distanciamento social ou a forma de encarar uma ida a uma restaurante, podem vir a manter-se, “muito provavelmente até haver vacina”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Claro que continua a aposta em alterar a matriz populacional do país. Qualquer dia não termos portugueses em Portugal, mas estrangeiros que se dizem portugueses! Maldita gente.

Responder a José Cancelar resposta

Julgamento de Rui Pinto arranca dia 4 de setembro

O pirata informático português Rui Pinto vai a julgamento no dia 4 de setembro, escreve a Sábado. O alegado autor do Football Leaks responde por 90 crimes de acesso indevido, violação de correspondência, acesso ilegítimo, …

PCP anuncia voto contra no Orçamento Suplementar

Apesar da abstenção na votação inicial, o PCP anunciou que vai votar contra o Orçamento Suplementar na votação final marcada para esta sexta-feira. "Concluída a votação na especialidade verifica-se que os aspetos negativos da proposta do …

Figura em pedra com mais de dois mil anos descoberta em Miranda do Douro

O acaso colocou a descoberto em Duas Igrejas, no concelho de Miranda do Douro, uma figura zoomórfica que representa um berrão (porco) e que os arqueólogos datam entre os séculos IV e I a.C., foi …

FBI prende Ghislaine Maxwell, ex-namorada de Jeffrey Epstein

A ex-namorada de Jeffrey Epstein, Ghislaine Maxwell, foi esta quinta-feira detida pelo FBI. A mulher de 58 anos é acusada de ajudar a montar uma rede de tráfico de mulheres. O FBI deteve, esta quinta-feira, Ghislaine …

Polícia italiana apreendeu 14 toneladas de anfetaminas. Droga foi produzida pelo Estado Islâmico

As autoridades italianas apreenderam na quarta-feira 14 toneladas de anfetaminas produzidas na Síria por membros do Estado Islâmico, cujos lucros serviriam para reativar as suas operações. "É um facto que o Daesh [Estado Islâmico] utiliza a …

Câmara de Lisboa defende fim do financiamento público às touradas

A Câmara de Lisboa defendeu hoje a criação de legislação que impeça o financiamento público de espetáculos que "causem sofrimento animal", salientando que as touradas incluem "atos de violência". Numa moção “pelo fim de espetáculos com …

Acordo entre Neeleman e Governo já só depende da confirmação da Azul

O acordo entre David Neeleman e o Governo está prestes a concretizar-se, escreve o Expresso. Aparentemente já só falta a confirmação da Azul para garantir o acordo. Depois de a nacionalização da companhia ter sido dada …

Medina recua e diz que "há convergência total" com Governo no combate à pandemia

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse hoje que “há convergência total” com o Governo no combate à pandemia de covid-19, recusando que as críticas que fez à atuação das autoridades de saúde …

Parlamento vai debater o teletrabalho por iniciativa do PAN

O PAN considera que "o teletrabalho é uma ferramenta que pode ajudar a conciliar a vida profissional e a vida familiar", ainda que apresente fragilidades como a "invasão da vida pessoal". O PAN agendou para sexta-feira …

PSP também queria prémio semelhante ao dos profissionais de saúde

O Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP) manifestou-se esta quinta-feira “desiludido” com “a falta de respeito” que o Governo demonstra em relação à PSP e a outras forças de segurança que estão na “linha da …