Ministério Público quer interrogar gémeos iraquianos por tentativa de homicídio

(cv) SIC

Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal deram uma entrevista à SIC para contar a sua versão dos factos

Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal deram uma entrevista à SIC para contar a sua versão dos factos

O Ministério Público quer ouvir os dois filhos do embaixador do Iraque enquanto arguidos, na sequência das agressões a um jovem de 15 anos em Ponte de Sor, Portalegre.

O Ministério Público quer interrogar os dois filhos do embaixador iraquiano na qualidade de arguidos, por considerar “essencial para o esclarecimento dos factos”.

“Face aos elementos de prova já recolhidos, na sequência de diligências de investigação efetuadas, considera-se essencial para o esclarecimento dos factos ouvir, em interrogatório e enquanto arguidos, os dois suspeitos, que detêm imunidade diplomática”, pode ler-se numa nota emitida na tarde desta quarta-feira, citada pelo jornal Público.

“Em causa estão factos suscetíveis de integrarem o crime de homicídio na forma tentada“, acrescenta-se.

Por isso, a Procuradoria-Geral da República já confirmou que o Ministério dos Negócios Estrangeiros vai pedir o levantamento da imunidade diplomática dos gémeos iraquianos.

“Foi já convocado o Encarregado de Negócios do Iraque para uma reunião amanhã [esta quinta-feira] no Ministério dos Negócios Estrangeiros, durante a qual será transmitido o pedido de levantamento da imunidade diplomática dos filhos do Embaixador do Iraque para os efeitos descritos na Nota para a Comunicação Social acabada de circular pelo Gabinete da Procuradora-Geral da República”.

Os gémeos de 17 anos são os principais suspeitos de terem agredido Rúben Cavaco na passada quarta-feira, em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre.

O jovem de 15 anos já saiu dos cuidados intensivos do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, mas continua com prognóstico reservado.

“Encontra-se agitado e nalgumas alturas parece que está pior. (…) Não se consegue situar bem, nem coordenar as palavras e o pensamento”, explica o advogado da família, Santana-Maia Leonardo.

Os jovens iraquianos afirmaram na segunda-feira, em entrevista à SIC, que colaboraram com a polícia sem terem invocado imunidade diplomática e que vão permanecer em Portugal até à resolução da questão.

“Não diria que estamos acima da lei, porque respeitamos todos os procedimentos policiais, ainda que não o tivéssemos de fazer, poderíamos ter invocado imunidade diplomática e não teríamos de responder a qualquer interrogatório ou investigação”, sublinhou um dos filhos do embaixador iraquiano.

“Obviamente, continuamos aqui. Esperamos que esta situação se resolva. (…) Até que a situação se resolva não vamos a lado nenhum”, assegurou.

Os dois rapazes suspeitos da agressão são filhos do embaixador iraquiano, Saad Mohammed Ali.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …

Bastonário dos Médicos sugere uso obrigatório de máscara na rua (e em todo o país)

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, sugere que o Governo pondere decretar o uso obrigatório de máscara no espaços exteriores de todo o país, à semelhança do que fez a Região Autónoma da …