Filhos do embaixador do Iraque afirmam não ter invocado imunidade diplomática

(cv) SIC

Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal deram uma entrevista à SIC para contar a sua versão dos factos

Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal deram uma entrevista à SIC para contar a sua versão dos factos

Os filhos do embaixador iraquiano, suspeitos de agredirem um jovem em Ponte de Sor, afirmaram em entrevista à SIC que colaboram com a polícia e que vão permanecer em Portugal até que as coisas se resolvam.

“É uma receita perigosa quando temos adolescentes, álcool, mentalidade de grupo… as coisas descontrolam-se”, disse Haider, um dos filhos do embaixador do Iraque, suspeitos de agredirem um rapaz de 15 anos em Ponte de Sor, Portalgre.

Numa entrevista à SIC, os dois jovens de 17 anos contaram a sua versão dos factos, considerando que todos os intervenientes são “vítimas das circunstâncias”.

“Não diria que sou uma vítima do Rúben ou que o Rúben é uma vítima minha, mas diria que somos vítimas das circunstâncias, que facilmente acontecem em Portugal”, disse.

Os dois garantem estar a colaborar com as autoridades portuguesas e que nem sequer invocaram imunidade diplomática.

“Não diria que estamos acima da lei, porque respeitamos todos os procedimentos policiais, ainda que não o tivéssemos de fazer, poderíamos ter invocado imunidade diplomática e não teríamos de responder a qualquer interrogatório ou investigação”, sublinhou.

Para Haider, a imprensa está a aproveitar-se da situação, acabando por “incitar as pessoas” contra si e contra o irmão.

“Obviamente, continuamos aqui. Esperamos que esta situação se resolva. (…) Até que a situação se resolva não vamos a lado nenhum“, garante.

Quanto a Rúben, que continua no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, em coma induzido e com prognóstico reservado, os gémeos garantem estar a rezar pela sua recuperação.

Queremos ver o Rúben recuperar e pessoalmente a nossa família e a embaixada iraquiana rezamos todos pela sua recuperação.”, disse ainda.

Legítima defesa

Num comunicado divulgado esta segunda-feira, a embaixada do Iraque em Lisboa alega que os filhos do embaixador agiram em legítima defesa, depois de terem sido “severamente espancados” e insultados por seis pessoas.

“Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal foram severamente espancados por seis pessoas, que os agrediram e insultaram por serem árabes e muçulmanos“, lê-se num comunicado, em árabe, publicado na página da embaixada iraquiana na Internet, dentro do site oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Iraque.

Segundo a embaixada, depois de um primeiro incidente, ocorrido num “pequeno restaurante a 200 quilómetros de Lisboa (Ponte de Sor)”, os filhos do embaixador deram conta que tinham perdido as chaves de casa, o que os fez regressar ao local.

Então, “foram confrontados pelo agressor que os insultou, tentou chantageá-los e bateu num deles”. Os filhos do embaixador “limitaram-se a responder”, tendo posteriormente acontecido “a rixa”.

A embaixada garante, por outro lado, que os jovens se deslocaram à esquadra local onde apresentaram queixa e prestaram declarações.

No comunicado é ainda referido que um dos jovens, que estuda Aviação Civil em Ponte de Sor, já tinha sido alvo de ofensas racistas naquela localidade, mas que “decidiu completar os estudos, sendo um aluno com bom aproveitamento escolar”.

A embaixada garante que, ao contrário do que foi noticiado por alguns meios de comunicação social portugueses, os filhos conduzem “um carro particular” e “têm carta de condução”.

De acordo com a informação, o embaixador avançou com uma ação judicial junto das autoridades portuguesas.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Finalmente as duas toupeiras, sairam da toca, para a luz do dia, e mostraram, as caras desavergonhadamente, na tentativa de implorar clemencia. Estão bem aconselhados, por quem os deve estar a defender. Existe sempre um defensor para os diabos. Mas por muito que façam, mesmo que rezem, já não podem voltar atràs, no imundo acto que praticaram. Poderão ter sido, ofendidos na sua dignidade, pelo grupo que iniciou a confusão, e como são todos eles intervinientes, de ambos os lados, uns porcos suinos, sem o minimo, de educação, devem ser todos castigados, de uma ponta á outra. Isso sim,será justiça. Até porque só estes dois apareceram a relatar alguma coisa. Todos os outros, estão cobardemente escondidos debaixo das saias da mãe. á espera que a crise passe. Afinal no meio desta tragédia Portuguesa-Iraquiana, quem sofrem mais são os progenitores, de ambos os lados, por causa da ausencia de educação que lhes deram. Desgraçados países que têm como homens do futuro, animais como estes. Estou mesmo a ver a cena. Palavra puxa palavra. Grunhido puxa grunhido, das palavras, passaram aos murros, depois com a desculpa esfarrapada, de regressarem ao bar, a fim de recuperae objectos caidos durante a refrega, passaram á vingança, e tanto procuraram que acharam, e cometeram o que considero tentativa de homícidio, de porcos que são. QUE NOJO ISTO TUDO.
    NOVA ORDEM MUNDIAL, É PRECISA URGENTE.

  2. Mais nada! É por isso que as extremas estão a crexer! Com a bandalheira que se esta a tornar este mundo, torna-de um palco fácil para estes partidos crexerem! E se calhar fazem mesmo falta!

  3. ENZO
    A NOVA ORDEM MUNDIAL DE QUE FALO, NADA TEM DE POLITICA EXTREMISTA, DE DIREITA OU DE ESQUERDA. TRATA-SE DE UM IDEAL, DE VER UM MUNDO PACIFICO E IGUALITÁRIO PARA TODOS, E NÃO O QUE ACTUALMENTE VIVEMOS, QUE ESTÁ PODRE E METE NOJO.

  4. Por tudo aquilo que tenho ouvido estes “MENINOS” vâo sair impunes disto tudo… Sou mâe e garanto se isto acontaçe-se ao meu filho e se a justiça nâo fosse feita eu própria a faria, acabava presa mas as cadeias foram feitas para os homens/mulheres e nao para os câes …

RESPONDER

Presidente promulga diploma do Governo para acelerar execução do PRR

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto-lei que estabelece o regime excecional de execução orçamental e de simplificação de procedimentos dos projetos aprovados no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Numa nota …

Bielorrússia. Washington anuncia sanções financeiras e restrições de vistos

Os Estados Unidos impuseram esta segunda-feira novas sanções financeiras e restrições de vistos a dezenas de funcionários e entidades na Bielorrússia, em coordenação com a União Europeia, Reino Unido e Canadá. As medidas retaliatórias - que …

Uma provocação de Cristiano iniciou a reviravolta alemã

Opinião de Dietmar Hamann, depois de um toque "artístico" do capitão da seleção portuguesa, quando a Alemanha ainda perdia. Cristiano Ronaldo voltou a jogar para dar espetáculo, num momento do duelo entre Portugal e Alemanha no …

Fotografia mostra princesa Latifa em Espanha

Uma fotografia da princesa Latifa do Dubai, cuja situação preocupa a ONU depois de ter sido apanhada quando tentava fugir do emirado em 2018, foi divulgada esta segunda-feira numa rede social e descrita como tendo …

Microlino, o pequeno carro elétrico com teto dobrável, está cada vez mais perto da produção

Em desenvolvimento há mais de cinco anos, e originalmente com produção prevista para 2019, o terceiro protótipo do Microlino 2.0 da Micro Mobility Systems AG foi concluído. O terceiro protótipo do Microlino é o mais próximo …

Constitucional "absolve" (mas critica) socialista que chamou "cigana" a deputada

O Tribunal Constitucional (TC) anulou a decisão do PS de condenar o ex-eurodeputado, mas o presidente fez uma declaração de voto em que reprovou o "chocante racismo". O caso remonta a junho de 2017, quando Manuel …

EUA convida Coreia do Norte a retomar diálogo sobre armamento nuclear

Os Estados Unidos (EUA), a Coreia do Sul e o Japão convidaram esta segunda-feira Pyongyang a retomar o diálogo sobre armamento nuclear na península coreana, depois de o líder norte-coreano ter anunciado estar a preparar-se …

Polícias em protesto abandonaram parlamento (mas voltaram para trás)

A manifestação de elementos das forças de segurança pertencentes ao Movimento Zero abandonou esta segunda-feira, cerca das 15h30, o parlamento, alegadamente em direção ao Ministério da Administração Interna, mas a meio do percurso voltou para …

Sobrevivência da TAP depende da “implementação rigorosa” da reestruturação

O presidente executivo interino da TAP, Ramiro Sequeira, despediu-se esta segunda-feira dos trabalhadores sublinhando que a sobrevivência da companhia aérea dependerá da "implementação rigorosa" do plano de reestruturação. Num email enviado aos trabalhadores, a que a …

Novo (e nono) caso positivo de covid-19 no Euro 2020

Billy Gilmour não vai participar no último jogo da Escócia na fase de grupos, que pode terminar com uma qualificação inédita. Há mais um futebolista infetado pelo novo coronavírus, entre os que foram convocados para a …