Sócrates “está a ser perseguido” pelo “departamento estatal da caça ao homem”

José Sena Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O ex-primeiro-ministro criticou, esta terça-feira, o prorrogamento pelo Ministério Público, “pela sexta vez”, do prazo de inquérito do caso Marquês, considerando tratar-se de uma “perseguição” de “um departamento estatal da caça ao homem”.

Num texto de opinião publicado hoje no Diário de Notícias, José Sócrates critica os prazos do Ministério Público, que acusa de “promover campanhas de difamação” e de “perseguição a um alvo”.

“O processo Marquês tem 45 meses de inquérito e, dizem 32 funcionários a trabalhar, entre polícias e procuradores”, escreve o ex-primeiro-ministro.

“Há muito que deixou de ser um inquérito para ser um departamento estatal de caça ao homem“, acrescenta.

“Prazos de novo. Mas, afinal, porque é que estamos a discutir prazos?”, pergunta o ex-primeiro-ministro.

“A resposta sabem-na todos, porque tudo isto tem decorrido à frente de todos: só estamos a discutir prazos, porque o Ministério Público deteve, prendeu, promoveu ele próprio uma formidável campanha de difamação e, ao fim de quatro anos de inquérito não apresentou nem as provas nem a acusação”, responde.

No entender do ex-primeiro-ministro, “neste processo, o Ministério Público exibiu despudoradamente uma das especialidades que vem cultivando há décadas: promover covardemente – e criminosamente – campanhas de difamação nos jornais, por forma a transformar a presunção de inocência em presunção pública de culpabilidade”.

“Ao pretender que no inquérito penal não haja, na prática, prazos obrigatórios, o Ministério Público não está a interpretar a lei, mas a mudar a lei. Acontece que essa é uma competência da Assembleia da República, não é dos senhores procuradores; esse poder não é legítimo, é usurpado“, sublinhou.

Na semana passada, a Procuradora-Geral da República (PGR) decidiu prorrogar por três meses o prazo para conclusão do inquérito da Operação Marquês, a contar da data de junção aos autos da última carta rogatória a ser devolvida, o que torna o prazo para o fim da investigação dependente do tempo de resposta de Angola e Suíça aos pedidos de colaboração judiciária.

Numa reação à prorrogação, os advogados do ex-primeiro-ministro consideraram que a Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal, fixou “agora, mais uma vez, prazo nenhum”.

José Sócrates está indiciado por corrupção, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, num processo que investiga crimes económico-financeiros e que tem 28 arguidos, 19 pessoas e nove empresas.

Entre os arguidos estão Armando Vara, ex-administrador da CGD e antigo ministro socialista, Carlos Santos Silva, empresário e amigo de Sócrates, Joaquim Barroca, empresário do grupo Lena, Ricardo Salgado, ex-presidente do BES, João Perna, antigo motorista de Sócrates, e Paulo Lalanda de Castro, do grupo Octapharma.

Também Henrique Granadeiro e Zeinal Bava, antigos administradores da PT, o advogado Gonçalo Trindade Ferreira e os empresários Diogo Gaspar Ferreira e Rui Mão de Ferro e o empresário luso-angolano Hélder Bataglia.se encontram entre os arguidos.

// Lusa

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Coitadinho do Calimero, ou será Pinóquio ? Ele tem valor num ponto teceu a teia de tal FORMA que no tempo dele já a investigação tinha ido p/ os quintos dos infernos. Agora diz-se perseguido… não gostas? Outros o foram por ti por muito poucochinho, senão questiona aos professores que tiveram a coragem de te fazer uma certa frente o que lhes aconteceu, isso sim foi caça ao homem/mulher… agora TU? Andas-te, nadas a gozar c/ todos nós portugueses…

  2. Agora que abriu a época da caça, coitado do vigarista que lamentavelmente foi eleito por todos nós!
    É gente desta que mina a Democracia em Portugal e que deixa de rastos a credibilidade dos políticos.
    Vamos ficar a pagar durante várias gerações as benesses que este homúnculo deu a privados para satisfazer os seus interesses pessoais.

  3. É preciso ter lata !!!!
    Como é possível termos de levar com esta cambada de vigaristas.
    Será possível que já não existe justiça alguma ???
    Onde vamos parar ????
    Estes fulanos da política roubam-nos tudo e sacam aos milhões, e nós é que temos de pagar a esta cambada de ladrões, que nada lhes acontece.
    Quando é que vamos abrir os olhos ???
    Será que não há ninguém que ponha cobro a tanta ladroagem e manobras para sacar dinheiro ao povo português !!!!
    Quando é que isto acaba ???
    Políticos e banqueiros têm de ser bem encostados à parede já.

  4. Perseguido?
    Então não tem interesse em que a justiça esclareça a coisa e o inocente, como ele jura que é?
    Fôssemos nós um país socialista a sério (como diz a constituição), do tipo china ou coreia do norte e ias a ver a justiça que te davam!

  5. Toda esta gente que faz comentários a atacar os outros, normalmente são os que nunca pagam impostos. Gostava de saber se pagam todos os impostos que deviam pagar, ou se são daqueles que nunca passam factura, para ser todo por fora e assim fugirem aos mesmos.
    Não acham que quem prende por ter provas, ao fim de anos, não conseguir apresentar nada, não será mesmo querer-como os comentários provam-que seja culpado, sem o conseguirem provar.
    O mal do Sócrates foi meter-se com a justiça e tirar-lhes os privilégios que eles tinham. Férias de 3 meses, ordenados acima da média, reformas aos 40 anos, direito ao pagamento de renda de casa, mesmo que tivessem a morar em casa própria, etc…….

    • Pois… Mas se diz isso acusam-na logo de defender o “pulha do socas”!
      No dia do São Nunca À Tarde (e três meses depois) este processo estará acabado. Impossível imaginar o prejuízo que todos nós teremos de pagar. Neste caso, o que temos de pagar para financiar uma vingança reles dos chamados “magistrados”. Mas aqueles (os odiantes do socas) que acham bem o que a “justiça” está a fazer, esquecem-se que, um dia, poderam ser eles próprios a ser julgados por esta mesma “justiça”. Aí já se vão queixar dos prazos!
      Mas não há nada a fazer, O ódio cega! O povo, frustado por ter sido roubado anos após anos, (seja de que cor fôr!) decidiu utilizar o socas como o CDT (culpado disto tudo). Estou convencido que o terramoto de 1755 terá sido culpa do socas (isto de acordo com os odiantes dele)! Como nunca poderão ver acusado o Cavaco, o Barroso, o Guterres, o Santan e todos os outros, centram-se todos num. O alvo da “justiça” portuguesa! Neste caso, tenho de admitir que foi bem jogado por parte dos “grandes” juízes… Parabéns!
      Moral da história? Nunca te metas com (os previlégios d) a “justiça” portuguesa!… E, para somar, com a imprensa portuguesa também! Dois “poderes” muito poderosos em Portugal. Mandam mais (nos bastidores) que o Primeiro Ministro e o Presidente da República (eu referia-me claro, áqueles que estão por trás destas duas personalidades – o poder económico, os tubarões!)

      • Não tenha duvida.
        Tudo isto já me mete nojo. Acho inconcebível o que se passa e é exactamente o facto de tudo isto ser anormal numa justiça que habitualmente não funciona assim, que legitimamente podemos ter dúvidas sobre a seriedade moral de tudo isto, da investigação, etc.
        No meio disto, uma coisa é certa, o julgamento popular está feito.

  6. Esse Pinóquio pertence à quadrilha de propagandistas que estão agora no poleiro. Disseram esses mentirosos que devolveriam o que tinha a devolver de IRS num prazo de 15 dias. Porque este ano com o tal “sistema” automático tudo seria melhor. Embora também dissessem que aqueles 15 dias era tempo médio. Eu e mandei o meu IRS no dia 1 de Abril (não é mentira), de manhã, e ainda hoje estou à espera. Para avisarem que que a declaração estava certa demoraram 18 (dezoito) dias. E agora, dia 2 de Maio, às 20 horas, ainda a informação é a mesma no portal das finanças. Declaração certa e mais nada. MENTIROSOS!!!!

  7. Eu acho que o Ministério Público deve mover uma acção a esse kalimero e fazê-lo provar porque razão anda a ser perseguido. Quantas acções é que esse animal já perdeu em tribunais superiores? Ele estava era mal habituado com o maçon pequenino, que destruía tudo!!!

    • Ui!? Então é o próprio “kalimero” que tem de provar aquilo que o Ministério Público não conseguiu? Tem de explicar porque anda a ser perseguido? Este tempo todo que a “justiça” está a demorar a “resolver” este “assunto” deu-lhe a volta à cabeça. Então o suposto culpado tem de (ser obrigado a) provar que é… culpado?

  8. Bem o que tenho a dizer é que a velha da Procuradora , é tal como a outra velha a dona Teodora , são como as carradas de lenha , é para onde pendem e como Sócrates lhes retirou mordomias , tudo não passa de vingança e tortura psicológica portanto essa casta dos Procuras , que nada encontram mas que desde o primeiro dia diziam que tinham fortes indicios, mas, mas coitados andam procurando agulha no palheiro, mas deizaiõs pousar , que coitados não sabem o que andam a fazer

  9. Pois,pois…anda por ai e escalhar ainda vai ser presidente da republica aguardem….embora o portas ja esteja a preparar o tereno…mas comparado com o socrates…
    E claro que nao vai acontecer nada,nada,nada…e o pais e que vai sufrer prinsimpalmente os mais novos…
    Nunca com pessoas desta natureza o pais se ira desenvolver e pena pois tem tudo agora e antes para que isso fosse uma realidade ja…

    • Acho que os mais novos deviam era ir estudar, para não darem os erros que dão e de facto não será com eles que o País anda para a frente. Vejam os erros que se encontram num texto destes. Imaginem “isto a governar o País”

      • Infelismente tive que ir trabalhar aos 17 anos para sustentar os meus pais.
        Agora com 49 sustento as mimhas filhas com muito orgulho…
        Nao se fassa de parva nao e esse o assunto…nao quero governar coisa nenhuma…mas posso dar a minha opniao ou nao..com erros ou sem eles ..

  10. Eu tenho muito medo desta justiça (ou não justiça) que assenta as suas condenações com base na opinião pública que ela própria manipulou. Tenho muito medo quando a prática judicial é a presunção pública de culpabilidade. Este tipo de linchamento na praça pública em nada contribui para a minha credibilidade na justiça, que se encontra completamente abalada. Não sei se o Sócrates é culpado ou inocente, sei apenas que ainda nem sequer foi acusado mas já foi condenado por muitos portugueses, como se mostra nos comentários anteriores. Sei que ouve muito alarido com o caso Freeport e depois veio o PGR dizer que o caso foi todo inventado. Já me aconteceu ser condenado por erros grosseiríssimos de juízes que nem para aqui comentarem teriam competência, mas têm o canudo. Que raio de país é este onde a justiça se baseia na presunção de culpabilidade e o tratamento da mesma é feito na praça pública, manipulada por alguns iluminados, mesmo ao jeito das inquisições. E chamam a isto democracia? Um sistema democrático? Onde carago??? Democracia exige respeito, coisa que não consigo vislumbrar na actuação da nossa justiça.
    Bem, isto é apenas a minha opinião, e vale o que vale…

  11. Ahahahah, estes advogados do Socrates sao uma anedota das boas. Por falar em aldrabões, o João Araújo ja pagou o que deve a caixa de Previdencia dos Advogados?

RESPONDER

Portugal vs França Em Direto. Onze provável da seleção com Renato e Moutinho de início

A seleção de Portugal joga esta quarta-feira o tudo por tudo contra a França, num encontro que pode significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais …

Críticas de Merkel sobre entradas em Portugal são "difíceis de entender", diz Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera "difíceis de entender" as críticas da chanceler alemã Angela Merkel sobre a entrada de ingleses em Portugal. Na terça-feira, Merkel criticou a falta de regras na União …

Governo britânico descarta referendo à independência da Escócia antes de 2024

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, não vai autorizar um novo referendo à independência da Escócia antes das próximas eleições gerais, previstas para 2024, afirmou esta quarta-feira o ministro de Estado britânico, Michael Gove. Em entrevista ao …

PSD quer revogar regime de libertação de reclusos após fim da vacinação nas prisões

O PSD entregou esta quarta-feira um projeto-lei que pretende revogar, a partir de 1 de julho, o regime excecional de libertação de presos, associado a uma resolução para que todos os reclusos sejam vacinados até …

Reforma eleitoral promovida por Joe Biden travada no Senado dos EUA

A reforma eleitoral promovida pelo presidente norte-americano Joe Biden, considerada a maior das últimas décadas, foi travada no Senado dos Estados Unidos pela oposição do partido republicano. Em votação na câmara alta do Congresso na tarde …

PJ detém cinco pessoas acusadas de raptarem criança de 13 anos para a obrigar a casar

A Polícia Judiciária deteve, na terça-feira de madrugada, três homens e duas mulheres suspeitos de terem raptado uma criança de 13 anos para a obrigar a casar com um rapaz da mesma idade. Os cinco detidos …

Ana Paula Vitorino já tem luz verde para liderar AMT

A Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP) aprovou a escolha da ex-ministra do Mar e atual deputada Ana Paula Vitorino para a presidência da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT), …

"Pensão na Hora". Dez mil portugueses pediram reforma aprovada em 24 horas

A Segurança Social já recebeu dez mil pedidos de reforma através do "Pensão na Hora", mas só 14% foram deferidos automaticamente 24 horas depois. A ferramenta digital "Pensão na Hora" está disponível há cerca de quatro …

Depois da nega de Costa, associações da Cultura foram recebidas por Marcelo

O Presidente da República reuniu-se, esta terça-feira, com representantes das associações e promotores de espetáculos, que expressaram as dificuldades que o setor atravessa, como a obrigatoriedade de testagem para a realização de eventos. "Estivemos em Belém …

Portugal regista três mortes e o maior número de casos desde fevereiro

Portugal registou nas últimas 24 horas três mortes associadas à covid-19, 1.497 novos casos de infeções confirmadas - o maior número desde 24 de fevereiro - e uma diminuição nos internamentos em enfermaria e cuidados …