Milhares marcham em Hong Kong para assinalar 25 anos de Tiananmen

Entre duas a três mil pessoas marcharam este domingo pelas ruas de Hong Kong para lembrar o 25º aniversário do massacre da praça Tiananmen, que ocorreu em Pequim.

A manifestação – que é feita todos os anos alguns dias antes do 4 de junho, data em que ocorreu a repressão dos manifestantes na praça Tiananmen – teve a participação de três mil pessoas, segundo os organizadores, e para a polícia foram 1.900 pessoas a protestar.

Os manifestantes gritavam frases “Democracia agora“, ao “Fim do partido único” e “Libertem Gao Yu” (jornalista presa por revelar segredos de Estado, segundo o Governo chinês).

Nos últimos 25 anos, o Partido Comunista Chinês (PCC) instaurou na China continental um silêncio de Estado sobre a repressão na praça Tiananmen, sendo um assunto censurado e uma parte dos jovens ignora a sua existência.

Este ano, Hong Kong abriu o seu primeiro museu consagrado ao 4 de junho de 1989.

Na noite de 3 para 4 de junho, dezenas de milhares de soldados, apoiados por carros e tanques, abriram fogo contra os manifestantes que reivindicavam, entre outras coisas, a liberdade de expressão e o fim da corrupção.

Não há dados oficiais sobre o número de mortos e feridos no ataque à praça Tiananmen, mas poderão ter morrido milhares de pessoas e outros milhares ficaram feridas ou foram presas.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Portugal é dos 10 países com melhores políticas de integração de migrantes

Portugal está no grupo dos dez países com melhores políticas de integração de migrantes, segundo uma avaliação de 52 estados que destaca o combate à discriminação ou a reunificação familiar como pontos fortes. Segundo o Índice …

Lukashenko classifica grevistas e manifestantes como terroristas. Mais de 600 pessoas foram detidas

O Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, comparou com terrorismo a atitude de manifestantes e grevistas que participaram na greve nacional convocada pela oposição e nos protestos de cidadãos para exigir a sua renúncia. "Estamos a começar …

"Não acredito que cumpra as nossas leis". Trump diz que voto por correspondência é "inapropriado"

O Presidente dos Estados Unidos (EUA) disse que é "inapropriado" os estados levarem vários dias a contar os votos por correspondência, defendendo que o vencedor deve ser declarado na noite das eleições. "Seria muito, muito apropriado …

Reservas de sangue O+ e A+ com níveis críticos. Federação apela à dádiva

A Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) alertou, esta terça-feira, que as reservas nacionais estão com níveis críticos dos tipos O+ e A+, apelando aos portugueses para darem sangue. Em comunicado, a FEPODABES refere …

Madeira quer visitantes infetados a ajudar nas despesas da estadia. "É aquilo que é justo"

O presidente do Governo madeirense anunciou esta terça-feira que decorrem diligências para encontrar mais uma unidade hoteleira para acolher doentes com covid-19, defendendo que os visitantes infetados devem ajudar a custear as despesas da sua …

Filhos de pais separados não podem circular entre concelhos no fim-de-semana

Os filhos de pais separados não poderão deslocar-se entre concelhos para efetuar trocas de residência entre os progenitores entre 30 de outubro a 3 de novembro, o próximo fim-de-semana que abrange o Dia de Todos …

Receita fiscal cai 2.822,7 milhões arrastada pela quebra do IVA e IRC

A receita fiscal do subsetor Estado registou uma redução de 2.822,7 milhões de euros até setembro, recuando 8,3% face ao mesmo período de 2019, refletindo os efeitos da pandemia, segundo a Síntese de Execução Orçamental. “No …

Novo Banco põe à venda carteiras de malparado (e têm nomes de jogadores de râguebi)

Depois de ter cancelado o projeto “Nata 3”, com crédito malparado no valor de 1,2 mil milhões de euros, o Novo Banco prepara agora a venda de carteiras de dimensões mais reduzidas. A revelação foi feita …

"Racismo cultural". Com França e Turquia em rota de colisão, Charlie Hebdo publica caricatura de Erdogan

Numa altura em que França e Turquia estão em rota de colisão, a publicação satírica Charlie Hebdo colocou o presidente turco Recep Tayyip Erdogan na capa a levantar as vestes de uma mulher. De acordo com …

Rui Pinto responde a Júdice: "Lidou durante décadas com ladrões e nunca se queixou"

O pirata informático respondeu, esta terça-feira, através do Twitter, às críticas do antigo sócio fundador da sociedade de advogados PLMJ que, em tribunal, lhe chamou "ladrão". Esta terça-feira, na 17.ª sessão do julgamento sobre o processo …