Merkel avisa que “se for o último Natal com os avós, é porque fizemos algo mal”. Estocolmo com os intensivos sobrelotados

Filip Singer / EPA POOL

A chanceler alemã Angela Merkel

Com a Alemanha a chegar a um registo diário de perto de 600 mortos, a chanceler Angela Merkel pediu esta quarta-feira mais esforços para achatar a curva da pandemia. Na Suécia, Bjorn Eriksson garante que capital esgotou capacidade a doentes mais graves.

Passada a primeira vaga, a Alemanha impôs medidas menos restritivas do que muitos outros países europeus, mas a maior economia europeia tem sido fortemente atingida pela segunda vaga, com as novas infeções diárias a serem três vezes mais elevadas do que no pico da primavera. Nesta quarta-feira, a Alemanha registou 590 mortos devido à covid-19.

Um número que levou Merkel a admitir que as medidas acordadas há duas semanas com os líderes das 16 regiões do país, já não chegam.

“Quando estão a montar bancas para vender vinho quente ou waffles, isso não é compatível com o que ficou acordado e que previa apenas take-away para a venda de alimentos e bebidas”, disse Merkel num discurso no Parlamento em que não escondeu a emoção.

“Tenho muita pena, mas se estamos a pagar o preço diário de 590 mortes, isso não é aceitável”, afirmou. Por isso mesmo, a chanceler explicou que o país vai seguir as recomendações dos cientistas para encerrar o comércio e limitar as reuniões públicas.

Os cientistas defendem que todos os comércios não essenciais encerrem entre a véspera de Natal e 10 de janeiro. O teletrabalho deve ser favorecido e as escolas devem manter-se fechadas se possível. A ideia é usar a época das festas para manter as pessoas o mais possível em casa e quebrar as cadeias de transmissão.

Formada em Física, Merkel explicou que “de uma coisa tenho a certeza, é possível mudar muitas coisas mas não a gravidade, a velocidade da luz e outros factos”, acrescentando que “sendo os números o que são, temos de fazer alguma coisa”.

Até porque “se tivermos demasiados contactos antes do Natal e acabar por ser o último Natal com os avós, é porque fizemos algo mal”.

Já na Suécia, o responsável sanitário de Estocolmo pediu às autoridades suecas o envio de enfermeiros e outro pessoal hospitalar, num momento em que a capital luta para conseguir controlar uma segunda vaga de infeções de covid-19 que sobrelotou as unidades de cuidados intensivos.

A Suécia, que optou por não colocar em marcha as medidas de confinamento que muitos outros países exercem, registando um número muito superior de mortes per capita comparativamente aos seus vizinhos nórdicos, totalizou quase 7300 óbitos provocados pelo vírus.

Estocolmo e as regiões circundantes estão entre as áreas mais atingidas, com 2836 mortes. O índice de novas infeções está a aumentar novamente, depois de um período mais calmo no Verão e no Outono. Agora, unidades de cuidados intensivos estão cheias.

“Precisamos de ajuda”, afirmou Bjorn Eriksson, responsável sanitário de Estocolmo, numa conferência de imprensa. Existiam 814 pacientes a receber tratamento em hospitais e alas geriátricas da capital na quarta-feira, uma subida face aos 748 de sexta-feira.

Erikson adiantou que estavam internados em unidades de cuidados intensivos 83 pacientes. “Isso corresponde a, mais ou menos, toda a capacidade de camas em cuidados intensivos que temos normalmente”, explicou.

Confrontado com a subida de novos casos nas últimas semanas, o Governo sueco apertou restrições nos ajuntamentos públicos.

Até agora, no entanto, as medidas têm sido maioritariamente de carácter voluntário, com a comunicação social a mostrar imagens de ruas cheias de gente nas semanas que antecedem o Natal.

Eriksson pediu adesão às medidas do Governo para ajudar a aliviar a pressão no sistema de saúde, avança o Público.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. As forças implacáveis da natureza em breve mostrarão o quão de maléfico o homem tem tratado o planeta. O desequilíbrio provocado pelo homem é tal, que urge pôr fim à sua maldade. É tempo de o homem justo reinar e servir a Humanidade.

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …