Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente e ter as mesmas práticas.

O jornal britânico Daily Mail detalha um cenário grotesco em alguns mercados chineses, onde há cães e gatos em gaiolas enferrujadas, morcegos e escorpiões à venda e coelhos a ser abatidos e esfolados no chão coberto de sangue e com restos de animais.

Ainda não se sabe ao certo qual a origem do SARS-CoV-2, o novo coronavírus que já infetou mais de 600 mil pessoas em todo o mundo. Estudos apontam para diferentes hipóteses, falando-se de morcegos, cobras ou pangolins como possíveis portadores deste vírus.

Na China, a pandemia está finalmente a ficar sob controlo. O número de casos positivos e mortes tem caído nos últimos dias e, face a esta recuperação, o Correio da Manhã realça que a vida nestes mercados tem regressado à normalidade.

“Os mercados voltaram a operar exatamente da mesma forma que operavam antes da chegada do coronavírus”, escreve o Daily Mail.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 640 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 30.000. Dos casos de infeção, pelo menos 130.600 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. E pronto! Lá começaram os gajos a comer toda a trampa outra vez….é até causarem outra pandemia. Cambada!
    Apesar disto, continuo a achar que este virus maluco que anda pelo mundo não tem nada que ver com as javardices que eles comem. Isto foi outra coisa, na minha opinião.

  2. Têm de pagar indeminizações pelos vidas humanas e pela crise economia. Assim talvez façam alguma coisa contra esses mercados.

  3. Deviam obrigar o governo chinês a pagar indemnizações aos países prejudicados. Estão a fazer muito dinheiro com a desgraça q eles espalharam e não estão a fazer nada para evitar novos surtos. Irresponsáveis!!!

  4. Isto é a China! A vergonha e irresponsabilidade. A ditadura. Não interessa quem sofre, quem morre ou as consequências dos seus comportamentos irresponsáveis. Estamos a viver uma crise mundial, a vida de milhões de pessoas está em standby, a economia a degradar-se, o ensino está parado e pessoas estão a morrer. A China, principal culpada por tudo o que está a acontecer, não quer saber, o que importa é o dinheiro e o poder. O dinheiro de todos nós. A vida humana não tem valor.

  5. Que tristeza sem palavras sera que estas pessoas nao se enxergam ; estamos a dar em loucos quando e que vai ter um fim , por este caminho com estes chineses a comer morcegos etc ; nunca mais saimos desta porcaria e triste e lamentavel sinceramente parece um pesadelo sem fim

  6. Se um dia a raça humana for extinta da face da Terra através de enfermidades causadas por vírus, já sabemos exatamente qual é o país responsável pela aniquilação humana: A CHINA!

Responder a TR CT Cancelar resposta

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …