Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente e ter as mesmas práticas.

O jornal britânico Daily Mail detalha um cenário grotesco em alguns mercados chineses, onde há cães e gatos em gaiolas enferrujadas, morcegos e escorpiões à venda e coelhos a ser abatidos e esfolados no chão coberto de sangue e com restos de animais.

Ainda não se sabe ao certo qual a origem do SARS-CoV-2, o novo coronavírus que já infetou mais de 600 mil pessoas em todo o mundo. Estudos apontam para diferentes hipóteses, falando-se de morcegos, cobras ou pangolins como possíveis portadores deste vírus.

Na China, a pandemia está finalmente a ficar sob controlo. O número de casos positivos e mortes tem caído nos últimos dias e, face a esta recuperação, o Correio da Manhã realça que a vida nestes mercados tem regressado à normalidade.

“Os mercados voltaram a operar exatamente da mesma forma que operavam antes da chegada do coronavírus”, escreve o Daily Mail.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 640 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 30.000. Dos casos de infeção, pelo menos 130.600 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. E pronto! Lá começaram os gajos a comer toda a trampa outra vez….é até causarem outra pandemia. Cambada!
    Apesar disto, continuo a achar que este virus maluco que anda pelo mundo não tem nada que ver com as javardices que eles comem. Isto foi outra coisa, na minha opinião.

  2. Têm de pagar indeminizações pelos vidas humanas e pela crise economia. Assim talvez façam alguma coisa contra esses mercados.

  3. Deviam obrigar o governo chinês a pagar indemnizações aos países prejudicados. Estão a fazer muito dinheiro com a desgraça q eles espalharam e não estão a fazer nada para evitar novos surtos. Irresponsáveis!!!

  4. Isto é a China! A vergonha e irresponsabilidade. A ditadura. Não interessa quem sofre, quem morre ou as consequências dos seus comportamentos irresponsáveis. Estamos a viver uma crise mundial, a vida de milhões de pessoas está em standby, a economia a degradar-se, o ensino está parado e pessoas estão a morrer. A China, principal culpada por tudo o que está a acontecer, não quer saber, o que importa é o dinheiro e o poder. O dinheiro de todos nós. A vida humana não tem valor.

  5. Que tristeza sem palavras sera que estas pessoas nao se enxergam ; estamos a dar em loucos quando e que vai ter um fim , por este caminho com estes chineses a comer morcegos etc ; nunca mais saimos desta porcaria e triste e lamentavel sinceramente parece um pesadelo sem fim

  6. Se um dia a raça humana for extinta da face da Terra através de enfermidades causadas por vírus, já sabemos exatamente qual é o país responsável pela aniquilação humana: A CHINA!

Autoridades descartam participação da milícia "Escritório do Crime" no caso Marielle Franco

O envolvimento da milícia conhecida como "Escritório do Crime" no homicídio da vereadora e ativista Marielle Franco chegou a ser investigado, mas foi descartado pela polícia brasileira. O delegado brasileiro Daniel Rosa, da cidade do Rio …

Desconfinamento não foi suficiente. Desemprego volta a subir em Espanha para valores de 2016

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha voltou a aumentar em 5.107 pessoas em junho, uma desaceleração em relação a maio, atingindo um total de 3.862.883 espanhóis. De acordo com os …

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …

Douro. Poluição regressa a valores anteriores ao estado de emergência

Os valores de contaminação do estuário do rio Douro, que durante o estado de emergência baixaram a níveis só vistos há mais de 30 anos, já regressaram aos valores pré-pandemia. As boas notícias "rapidamente se esfumaram". …

Reino Unido deixa cair pontes aéreas e prepara levantamento da quarentena para dezenas de países

O Reino Unido vai deixar cair o plano para a criação de pontes aéreas e prepara-se para substituir a medida pela isenção de quarentena para dezenas de países. Dezenas de países vão ficar isentos de restrições …

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …