Co-fundadora dos Médicos pela Verdade terá divulgado receita para enganar testes à covid-19

Guillaume Horcajuelo / EPA

A anestesiologista Maria Gomes de Oliveira, uma das fundadoras do movimento Médicos pela Verdade, terá divulgado na app de mensagens Telegram uma espécie de receita para que infectados com o SARS-COV-2, o vírus que provoca a covid-19, consigam dar negativo nos testes de despistagem.

A informação foi recolhida pelo Observador que revela várias mensagens trocadas no Telegram em que Maria Gomes de Oliveira dará dicas e truques para se conseguir “enganar” os testes de despistagem à covid-19.

A publicação assegura que “teve acesso a documentação que comprova que foi, de facto, a médica” quem recomendou sugestões de como manipular os testes na app. As suas dicas, que terá inclusive referido na conversa com uma grávida, terão sido depois partilhadas por outras pessoas, segundo o Observador.

Maria Gomes de Oliveira não confirma que foi ela a autora das mensagens, mas também não nega. “Não confirmo nem desminto. Simplesmente, não respondo”, salienta a médica à dita publicação.

A médica terá sugerido a limpeza regular das fossas nasais e imediatamente antes de o teste ser realizado, garantindo que dessa forma daria negativo, mesmo no caso de pessoas infectadas. Ela aconselharia também o consumo de “alimentos frescos e variados com muita fruta e legumes”, jejum antes do exame e repouso.

Médico antimáscara do Egas Moniz passa declarações para pacientes não as usarem

Médicos ouvidos pela publicação asseguram que é improvável que aquelas sugestões enganem os testes.

“A probabilidade é mínima de o resultado de um teste com uma colheita bem feita ser alterado por uma lavagem das fossas nasais”, afiança o médico Vasco Ricoca Peixoto.

A mesma ideia defende o presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, alertando que, mesmo que o vírus não fosse detectado, continuaria no organismo e, portanto, seria um risco para a pessoa infectada e para os demais.

“Alguém que se dá a este trabalho, é alguém que tem uma exposição maior, que não se vai resguardar. Estas pessoas são perigosas, põe em risco as outras pessoas“, destaca ainda Ricardo Mexia no Observador.

Maria Gomes de Oliveira tem dado a cara pelo movimento Médicos pela Verdade que é contra o uso de máscaras e contra a realização de testes PCR para detectar pessoas infectadas.

A Ordem dos Médicos já está a investigar o movimento.

OM abre processo contra movimento que nega gravidade da covid-19

Como resposta a “desinformação e fake news”, a entidade divulgou, na semana passada, o manual Viver em Tempo de Covid-19 para ajudar a explicar algumas dúvidas relativamente à pandemia de covid-19, incluindo, nomeadamente, informações sobre os sintomas da doença, como se detecta, quais os factores que definem as pessoas de risco, bem como os cuidados a ter nas idas às compras, aos restaurantes e com o uso do telemóvel.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. gente desta devia ser presa. É preciso uma grande falta de consciência cívica (e de vergonha) para pretender evitar que um vírus (ou coronavírus) seja detectado. qual é o interesse disso? qual é o objectivo?

    • Não, não devia ser presa.
      A partir do momento em que se analisa objetivamente a informação científica e estatística disponível, fica claro que nada justifica que alguém seja sujeito a prisão domiciliária por causa de acusar positivo num teste muito duvidoso e por causa de uma doença cuja gravidade está muito aquém do apregoado. Ponha-se por exemplo no lugar de alguém que esteja já em grave situação económica por causa das medidas que nos estão a ser impostas e que, se ficar em prisão domiciliária, perderá o rendimento equivalente a esse período de trabalho.
      Nesse sentido, é perfeitamente legítimo que se deem dicas para tentar contornar a “ditatura do teste”.

RESPONDER

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …

Principais indicadores da crise climática estão a atingir "ponto de inflexão", revela estudo

Um novo estudo sobre os sinais vitais do planeta revelou que muitos dos principais indicadores da crise climática estão a piorar e a aproximar-se ou ultrapassar os pontos de inflexão, à medida que as temperaturas …

Biden acusa a Rússia de tentar intervir nas eleições de 2022 para o Congresso

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, acusou na terça-feira o seu homólogo russo, Vladimir Putin, de tentar interferir nas eleições para o Congresso de 2022, espalhando "desinformação". "Veja o que a Rússia já está …

Polícias rejeitam proposta do MAI para o subsídio de risco e prometem novos protestos

Os sindicatos da PSP e as associações socioprofissionais da GNR rejeitaram, esta quarta-feira, a proposta apresentada pelo Governo para o subsídio de risco e prometem novos protestos até que seja atribuído "um valor justo". "Saímos completamente …

Desta vez, van Vleuten ganhou mesmo (aos 38 anos)

Ficou para trás o episódio caricato do último domingo. Annemiek van Vleuten é a nova campeã olímpica de ciclismo, contrarrelógio. Annemiek van Vleuten iria ficar ligada a um dos momentos mais insólitos, ou mesmo o mais …

Bruxelas assegura aquisição de medicamento para tratamento precoce da covid-19

A Comissão Europeia anunciou, esta quarta-feira, um contrato de aquisição conjunta com a farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) para a compra do sotrovimab, um medicamento destinado ao tratamento precoce da covid-19, cuja utilização está a ser analisada …

Vacinados escapam às restrições da "lista âmbar" britânica

Pessoas vacinadas contra a covid-19 que viagem a partir dos Estados Unidos (EUA) ou da União Europeia (UE) podem evitar a quarentena caso venham de um país da "lista âmbar" britânica, onde está Portugal. Segundo o …

Equador retira nacionalidade ao fundador da Wikileaks, Julian Assange

O governo equatoriano revogou a decisão de 2018 devido a incongruências burocráticas. O advogado de Assange já disse que vai recorrer e que a decisão foi tomada sem o fundador da Wikileaks ser ouvido. O Equador …