Co-fundadora dos Médicos pela Verdade terá divulgado receita para enganar testes à covid-19

Guillaume Horcajuelo / EPA

A anestesiologista Maria Gomes de Oliveira, uma das fundadoras do movimento Médicos pela Verdade, terá divulgado na app de mensagens Telegram uma espécie de receita para que infectados com o SARS-COV-2, o vírus que provoca a covid-19, consigam dar negativo nos testes de despistagem.

A informação foi recolhida pelo Observador que revela várias mensagens trocadas no Telegram em que Maria Gomes de Oliveira dará dicas e truques para se conseguir “enganar” os testes de despistagem à covid-19.

A publicação assegura que “teve acesso a documentação que comprova que foi, de facto, a médica” quem recomendou sugestões de como manipular os testes na app. As suas dicas, que terá inclusive referido na conversa com uma grávida, terão sido depois partilhadas por outras pessoas, segundo o Observador.

Maria Gomes de Oliveira não confirma que foi ela a autora das mensagens, mas também não nega. “Não confirmo nem desminto. Simplesmente, não respondo”, salienta a médica à dita publicação.

A médica terá sugerido a limpeza regular das fossas nasais e imediatamente antes de o teste ser realizado, garantindo que dessa forma daria negativo, mesmo no caso de pessoas infectadas. Ela aconselharia também o consumo de “alimentos frescos e variados com muita fruta e legumes”, jejum antes do exame e repouso.

Médico antimáscara do Egas Moniz passa declarações para pacientes não as usarem

Médicos ouvidos pela publicação asseguram que é improvável que aquelas sugestões enganem os testes.

“A probabilidade é mínima de o resultado de um teste com uma colheita bem feita ser alterado por uma lavagem das fossas nasais”, afiança o médico Vasco Ricoca Peixoto.

A mesma ideia defende o presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, alertando que, mesmo que o vírus não fosse detectado, continuaria no organismo e, portanto, seria um risco para a pessoa infectada e para os demais.

“Alguém que se dá a este trabalho, é alguém que tem uma exposição maior, que não se vai resguardar. Estas pessoas são perigosas, põe em risco as outras pessoas“, destaca ainda Ricardo Mexia no Observador.

Maria Gomes de Oliveira tem dado a cara pelo movimento Médicos pela Verdade que é contra o uso de máscaras e contra a realização de testes PCR para detectar pessoas infectadas.

A Ordem dos Médicos já está a investigar o movimento.

OM abre processo contra movimento que nega gravidade da covid-19

Como resposta a “desinformação e fake news”, a entidade divulgou, na semana passada, o manual Viver em Tempo de Covid-19 para ajudar a explicar algumas dúvidas relativamente à pandemia de covid-19, incluindo, nomeadamente, informações sobre os sintomas da doença, como se detecta, quais os factores que definem as pessoas de risco, bem como os cuidados a ter nas idas às compras, aos restaurantes e com o uso do telemóvel.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. gente desta devia ser presa. É preciso uma grande falta de consciência cívica (e de vergonha) para pretender evitar que um vírus (ou coronavírus) seja detectado. qual é o interesse disso? qual é o objectivo?

    • Não, não devia ser presa.
      A partir do momento em que se analisa objetivamente a informação científica e estatística disponível, fica claro que nada justifica que alguém seja sujeito a prisão domiciliária por causa de acusar positivo num teste muito duvidoso e por causa de uma doença cuja gravidade está muito aquém do apregoado. Ponha-se por exemplo no lugar de alguém que esteja já em grave situação económica por causa das medidas que nos estão a ser impostas e que, se ficar em prisão domiciliária, perderá o rendimento equivalente a esse período de trabalho.
      Nesse sentido, é perfeitamente legítimo que se deem dicas para tentar contornar a “ditatura do teste”.

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …