Médico antimáscara do Egas Moniz passa declarações para pacientes não as usarem

O diretor do serviço de Neurorradiologia do Hospital de Egas Moniz, que é contra o uso de máscara como medida preventiva contra a transmissão de covid-19, tem passado declarações médicas para que os pacientes não tenham de usar máscara em locais obrigatórios.

Segundo o Observador, dores de cabeça, falta de ar e ansiedade são alguma das justificações apontadas por Gabriel Branco para adultos e crianças não usarem máscara.

“Tonturas e desorientação espacial. Ataques de pânico. Relaciona com uso de máscaras. Seguido também ORL [Otorrinolaringologia] por obstrução nasal”, lê-se num dos registos associados a uma declaração passada a 2 de setembro.

De facto, o decreto lei n.º 24-A/2020 prevê que pessoas com determinados problemas de saúde sejam dispensados da obrigação de usar máscara ou viseira. No entanto, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), os médicos que estão habilitados a passar declarações são os que seguem o doente “e na especialidade diretamente relacionada”.

Gabriel Branco defende-se, argumentado que “99,9%” das declarações que passou descrevem sintomas que estão relacionados a Neurologia. A sua opinião é contrária à do presidente da Sociedade Portuguesa de Neurorradiologia, que considera que os atestados que passou são “uma prática excessiva a abusiva” das suas competências.

O Observador teve acesso a 13 declarações médicas passadas por Gabriel Branco só no mês de setembro. Em quase todos os casos, a consulta que dá origem ao atestado é a primeira — e também a última — de cada paciente com o médico do Egas Moniz. O neurorradiologista garante que “quase” todas as pessoas a quem passou atestados são seus doentes.

Gabriel Branco é um dos médicos fundadores do movimento Médicos Pela Verdade, que desvaloriza a gravidade da covid-19 se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de diagnóstico.

O grupo “Médicos pela Verdade” junta médicos de várias especialidades, mas segundo a informação disponível no site do movimento nenhum deles é da área da saúde pública. Entre eles estão dentistas, enfermeiros e psicólogos que aparecem identificados como fazendo parte do movimento.

A Ordem dos Médicos recebeu denúncias e queixas relacionadas com clínicos que integram o movimento e as ideias que difundem. Entre os profissionais de saúde visados está, precisamente, Gabriel Branco.

Gabriel Branco confirmou que alguns dos médicos que pertencem ao movimento, incluindo ele próprio, foram alvo da abertura de um processo disciplinar. “A Ordem dos Médicos não pediu nenhuma informação, não me ouviu e avançou diretamente com um processo disciplinar”, afirmou ao Público.

O médico disse ainda que “há uma perseguição a quem quer emitir a sua opinião de forma livre e documentada. Apenas manifestámos a nossa opinião, que discorda do discurso oficial”, reagiu Gabriel Branco sobre as denúncias na Ordem dos Médicos. “Nenhum de nós foi ouvido, nomeadamente pela comunicação social dominante”, acrescentou.

ZAP //

PARTILHAR

42 COMENTÁRIOS

  1. Médicos desta estirpe virulenta, nem de borla! Cada um tem direito às suas opções pessoais seja em que área for… agora médico tem de se lembrar do JURAMENTO DE HIPÓCRATES que fez quando terminou o seu curso de medicina. Este, é contra o uso das máscaras e sub-valoriza o perigo do coronavírus SARS-Cov-2-COVID-19 e a sua rápida transmissão se não forem tomadas as devidas providências de defesa.

    Há outros (médicos) que organizam caminhadas com numeroso grupo de pessoas, em plena CALAMIDADE NACIONAL, sem que se respeitem as regras da DGS… C’a porra de “médicos” são estes?

    • Portanto, só a sua opinião e as que estão de acordo contam ?

      Existem muitos médicos e especialistas que afirmam que as mascaras são prejudicais, não é só este.
      Não só no combate á infecção (que em países como a Espanha em que é obrigatória fora de casa, sem excepções desde Agosto, mas ainda assim Espanha está como está), mas também a nível psicológico e respiratório, defendem ainda que a não existem estudos dos efeitos a longo prazo, dado que nunca foi necessário mas que os resultados preliminares mostram um decréscimo no sistema imunológico (nada significativo num adulto), falta ainda saber se estes problemas não vão ser prejudiciais nas crianças.

      O que acontece é que a televisão só entrevista quem vai de acordo com o discurso programado e não promove o debate saudável porque não interessa para a narrativa.

      Quanto ao seu comentário, seria interessante para entendermos o seu conhecimento que referisse qual a sua especialidade em medicina para ter o direito moral de contrariar a opinião cientifica de este e outros médicos com provas dadas na comunidade medica e cientifica.

      Não esquecer que o Dr. Gabriel Branco exerce á mais de 30 anos e que actualmente é Director da Unidade Neurorradiologia do Hospital de Egas Moniz, conta com uma experiência alargada na area de medicina e tem trabalhos médicos publicados (ao contrario de alguns especialistas muito convidados nas TVs portuguesas)

      Antes de abrir a boca seria bom conhecer a quem está a difamar. A liberdade de expressão tem limites.

        • Você sabe ao menos ler e compreender (coisas diferentes) ?

          Provado está que um ignorante, quando não tem argumentos para continuar uma conversa adversa a sua ideia, refugia-se em frases feitas, insultos e muitas vezes violência.
          Entenda as palavras como quiser 😉

          Boa noite

      • Antes de mais começo por o informar que não tenho formação alguma na área da saúde. O Sr./Srª diz que Existem muitos médicos e especialistas que afirmam que as mascaras são prejudicais, e que não é só este, pois lamentavelmente existem sempre militantes de partidos realmente duvidosos que infelizmente até lhes dão tempo de antena encobertos em busca do (tão na moda) populismo.
        A evidencia cientifica e não pondo em causa a que salientam, é sem dúvida que é factor e mitigação e contenção deste vírus o USO DE MÁSCARA.
        Em recente entrevista na TVI abordando precisamente este tema a uma colega deste Ilustre Dr.Gabriel Branco a Srª Drª. em entrevista fez comparações absurdas com o contractivo para relações sexuais, lamentavelmente temos pessoas assim no nosso SNS (pago por todos os portugueses) e como se não bastasse estão em cargos de direcção, dito isto antes de chamar outros de ignorantes recomendo lhe alguma introspecção pois vive alienado da realidade, já agora aproveito para dizer que tenho três filhos todos na área da medicina e um deles com Phd, e nenhum concorda com o vosso ponto de vista.
        Com o que realmente se deveriam preocupar (como estender a capacidade de camas em UCI e mitigar este maldito vírus) não o fazem pois isso não lhes dá fama , fico realmente triste de ter o nosso País entregue á bicharada com canudo e pensam que são algo superior ……. pois já estamos em 2020 essa ideologia só agradava nos anos 40, e se acha que existe democracia a mais …. que azar não poderem fazer do povo gato sapato…

        • Voltamos à mesma conversa, é uma liberdade a vossa que me assombra.
          Somos todos livres e temos liberdade de expressão, sempre e quando vá de acordo com as vossas crenças / narrativas ou maiorias. Se alguém é contra então é apelidado de ignorante, desgraça para a profissão ou “militantes de partidos realmente duvidosos”.
          Lembro-me sempre na historia um gajo inteligente que quando disse que a terra girava a volta do sol e não ao contrario foi desacreditado por todos na época e se me recordo, não lhe correu bem.

          Ser dos poucos a ir contra a maré não significa obrigatoriamente que esteja errado … ou certo.,

          Imagine-se a lata desta gente que vai contra a corrente do sim, esses populistas que “infelizmente até lhes dão tempo de antena “.
          Que estado de direito é este!, que essa gentinha tem a audácia de usar a sua liberdade de expressão e … pior … pensar.

          Vamos lá ver, aceitando que muita gente vai em busca do populismo fácil, não me parece que seja o caso deste medico, que nem tão pouco pediu para ser entrevistado.

          Mas voltamos ás mascaras, claro que a evidencia cientifica demonstra que as mascaras tem um papel fundamental, mas a realidade é outra, e não por culpa das mascaras mas por quem as utiliza (especialmente nos países europeus).
          As mascaras, quando mal usadas, são elas um foco de infecção, o virus que possam proteger, ficam alojados na parte exterior da mascara e a maiorias das pessoas toca na mascara quando a tira e de seguida coça o nariz (acção instintiva porque o tiveram tapado por muito tempo).
          Não ponho de forma alguma em causa o que os seus filhos lhe dizem até porque talvez tenham razão … em laboratório e mundos ideais, mas a realidade é a que lhe descrevi, existem pessoas que usa a mesma mascara por uma semana, coloca a mascara no bolso e volta a usar-la.
          Depois temos aqueles que a colocam mesmo debaixo no nariz e vão a respirar todos os vírus que a mascara possa eventualmente ter protegido.
          O que lhe acabo de descrever não é uma fantasia, são factos que surpreendentemente são reais.
          Pior, a semana passada estive com o meu filho nos lusíadas(circuito não covid) e vi 2 médicos nos seus gabinetes com as mascaras debaixo do nariz (aplicando apenas o bom senso, acha que isso não é um risco acrescido?), espero sinceramente que nenhum deles seja um dos seus filhos com ou sem Phd.

          No entanto, o que este doutor fala, não é que as mascaras sejam ineficazes (que o são quando mal usadas), é que o uso prolongado de mascaras tem outras consequências que podem a longo prazo ser mais prejudiciais que o Covid19.
          Existem poucos estudos na matéria do uso prolongado de mascara porque nunca foi realmente usado em escalas com o é hoje, a maioria dos estudos existentes, baseiam-se nos casos asiáticos que á vários anos tem adoptado o uso prolongado pelos mais variados motivos.
          Infelizmente estes estudos são pouco fiáveis, não pelos resultados obtidos que mostra uma clara diminuição imunológica e problemas respiratórios, mas pelo facto de que não é possível com clareza atribuir estas deficiências ás mascaras ou à mal qualidade do ambiente que também por si prejudica.

          Na Europa, todo e qualquer estudo que se inicie (e já muitos foram iniciados) vai levar bastante tempo a ser concluído porque tem de se basear no uso prolongado e para tal vai levar meses. No entanto os resultados preliminares mostram já um decréscimo da actividade respiratória, infelizmente, se houver algo a descobrir, ja se vai saber muito tarde.

    • Pois, se calhar valoriza mais os AVC, o CANCRO, a DIABETES, etc…. Porque, afinal, essas doenças, alem dos acidentes de automóvel, mataram nos anos anteriores 300 pessoas por dia…. E sem contar com os que não morrem de AVC e acidentes de automóvel imediatamente, mas que ficam totalmente dependentes até, finalmente morrerem de outra causa (infecção hospitalar, suicidio, eutanásia,……..) Por mim, máscara para sempre e em qualquer lugar, principalmente para os politicos que assim escondem a cara e a vergonha que deviam de sentir pelo “circo” que montaram………..

      • Só que… não. 300 pessoas por dia é o nº médio de mortes diário em Portugal (em tempos normais) e certamente grande parte delas são de velhice. E neste dias, só de covid, morrem aos 80 por dia. Mais do que todas as que referiu. Portanto convém não desvalorizar esta doença, e convém mesmo usar máscara, por uma questão de respeito aos mais frágeis e menos aptos a lidar com a doença, e também para evitar mais confinamentos que dão cabo da economia e da saúde mental das pessoas. Usar máscara? Informe-se e não desinforme. Cumprimentos.

        • Engraçado, para quem se acha informado, vc pode explicar onde encontrou a causa de morte VELHICE?…. Nunca em 30 anos de profissão vi essa causa de morte num relatório de autópsia ou certidão de óbito….. Cumprimentos e use mascara……

          • 30 anos de experiência em quê?!
            Nunca viste?
            Então o que viste na certidão de óbito de um idoso falecido por causas naturais/idade avançada – como acontece diariamente pelo mundo fora e que, obviamente, não são autópsiados??
            Fiquei curioso…

        • Curioso, nunca vi um relatório de autópsia ou certidão de óbito com a causa VELHICE… E acha-se informado?!?!?!?!?!?!?!?!?! Cumprimentos e use mascara, por causa da COVID e da vergonha …….

        • O Nuno, não pode puxar os dados que lhe interessam e ignorar o contexto.

          Sim, na realidade o numero de óbitos diário para o mês de Novembro é de cerca de 330 e algo, depende de quantos anos usa para fazer a media e se usa dados do ano inteiro (mortos num ano dividido por 365,25) , o numero de óbitos em novembro divido por 30 ou os números a cada dia homologo diário, e sim atingimos 60 e 80 mortos diários durante a ultima semana.

          Mas esquece que muitos desses mortos morreram com Covid e não por Covid, por exemplo alguém que entre num hospital em estado grave por um acidente de viação e esteja infectado com Covid vai para a ala de infectados, se morrer conta nos números de covid, outros que possam morrer por causas naturais (a tal “velhice”) mas estejam infectados contam também como morte Covid e fazem parte desses 80.

          Deixemos de demagogia e olhemos para os números que tanto gostou de frisar
          Voltemos atras no tempo e vejamos quantas pessoas morreram nos dias 12 de Novembro de outros anos:

          Ano / # Mortos
          2016 – 329
          2017 – 306
          2018 – 323
          2019 – 310
          2020 – 342 (Estes numeros incluem 79 casos COVID reportados)

          Se olharmos para o dia 13 de Novembro (ontem)
          2016 – 297
          2017 – 316
          2018 – 279
          2019 – 299
          2020 – 358 (Estes numeros incluem 69 casos de COVID reportado)

          Como vê o drama do Covid não é o que se quer fazer parecer. Os números podem ser interpretados de varias maneiras, por isso é importante definir critérios de interpretação estatística e analisar outro fatores.
          Por exemplo

          * Suicidios aumentaram em relação a ano anteriores e tem maior aumento depois de Junho

          * Óbitos por doenças não diagnosticadas aumentaram (cancros, AVCs, etc)

          Podemos falar dos 3200 mortos até ao momento de Covid, mas sabia que este ano ate 31 outubro morreram mais 8000 pessoas (numero arredondado, se quiser posso ir olhar o correcto) do que a média dos últimos 4 anos no período homologo?
          Interessante investigar, se na altura (31 de outubro) tínhamos à volta de 2700 mortos de Covid, como justifica os restantes 5300?

          Não acho que estes médicos queiram desvalorizar o COVID, o que eles defendem é que o COVID está a ser supra-valorizado e isso esta a levar a problemas mais graves, quer na saude, quer na economia.
          Podemos estar a morrer da cura e não da doença.

          Interessante também o trabalho efectuado pele JP Morgan que mostra que o sucesso de países com medidas mais duras contra o covid não é essencialmente melhor que outros com menos medidas, em alguns é o contrario, Espanha e Franca é um exemplo de insucesso.

          Enfim, a doença existe e esta a causar aumento de mortalidade, mas não numa escala tão assustadora quando colocado em perspectiva (1,5 milhões é mínimo comparado em 6 biliões), nem tão pouco é um numero expressivo quando colocado em perspectiva total no numero de óbitos e reduzido a percentagem, o que entendo que para a comunicação social não fica muito bem dizer 2%, é bem mais assustador dizer 1,5 milhões (ainda não chegou lá mais vais chegar), é como quando falam de Espanha usam o numero por cada 100 mil de pessoas e no caso dos Estados Unidos e Brazil usam o numero total de mortos, porque se colocam na mesma perspectiva não gera pânico.

    • Caro José António, cada pessoa ainda é livre de ter a sua opinião e eu respeito a sua, apesar de não concordar, ma não tem o direito de menosprezar aqueles que não não vão ao encontro das suas opiniões, um pouco de respeito fica bem a todos.
      Contudo, não querendo influenciar, proponho que visite a página dos Médicos pela Verdade Portugal, https://www.medicospelaverdadeportugal.com/, e se inteire das justificativas dessa gente, sempre é uma forma de obtenção de conhecimento, mesmo que considere o conhecimento inútil.

  2. A verdade é que anda tudo com máscara e os contágios continuam.
    Aliás as informações sobre o Covid são constantemente contraditórias.
    Depois há também uma vacina, a primeira a ser criada, mas ninguém quer saber dela a não ser a própria Rússia e consta ser eficaz.
    Portanto tudo isto é muito estranho. Vírus ou negócio? Negócio a reboque de 1 vírus ? Muito está por esclarecer!

    • Pois é, mas as transmissões ocorrem essencialmente sem máscara, já reparou? Agora imagine se ninguém usasse máscara. Consegue imaginar?
      Quanto à Rússia, trata-se de um país opaco, com necessidade de afirmação e raramente amigo dos factos, portanto talvez a vacina funcione, ou talvez não. Se funcionar, não tenho dúvidas que a vacina russa será usada por todo o mundo.

      • As transmissões ocorrem com e sem máscara manda contudo o bom senso usá-la. Se ninguém usasse máscara haveria ainda mais contágios obviamente mas não seria a toda a gente. Pois com 1 ano de dita pandemia era suposto haver mais infectados. A verdade é que este vírus não mata nem infecta tudo e todos pois já percebemos que muita gente não é infectada e a grande maioria dos que são infectados não morre.por esta razão muitos negam esta doença.
        Importante era perceber a razão de uns serem infectados e outros não assim como investir mais na protecção dos grupos de risco em vez de andarmos aqui a parar o país e a bloquear a saúde. Morrem actualmente muito mais doentes de outras doenças do que de Covid não pode ser.
        Não me parece que a Rússia seja um país opaco. Opaco são os negócios que a dita Europa faz com certas empresas e com certos países.
        Pois a vacina da Rússia está feita há uns meses e não foi usada por outros países porque os lobbys ocidentais não deixaram. Triste fazerem-se negócios à custa de vidas humanas. Depois queixam-se que a malta não cumpre nem leva isto a sério! Não falo por mim mas pelo que observo.

        • “Não me parece que a Rússia seja um país opaco.”
          Espero bem que isto seja ironia!..
          País mais opaco do que a grande Russia do Putin é que deve ser difícil de encontrar…

  3. Além de alucinado, este “médico” é um vigarista!
    É urgente que seja afastado porque é um perigo para a saúde pública!!
    Pode ir para a TV vender Calcitrin’s, etc!…

    • O vigarista alucinado que se refere, tem o nome de Dr. Gabriel Branco exerce á mais de 30 anos e que actualmente é Director da Unidade Neurorradiologia do Hospital de Egas Moniz.

      Ele conta com uma experiência alargada na area de medicina e tem trabalhos médicos publicados, e você ?
      Qual o seu grau académico para pedir a demissão de uma pessoa que é respeitado na comunidade medica tanto em Portugal como a nível internacional pelos trabalhos que tem publicado?

      Infelizmente o mundo é gerido por gente como você que sabe mais que toda a gente e só escuta quem lhe diz o que quer ouvir

      • Médico de neuroradiologia, com trabalhos publicados em neuroradiologia. Percebe zero do assunto em questão. É triste ver uma pessoa com uma carreira destas de repente mandar tudo à fava por uma trica ideológica sem relação com a realidade. Já aconteceu com um Nobel que entretanto se tornou anti-vacinas, portanto ver uma pessoa estragar a carreira desta forma não é nada de novo. É como o Eu! diz e bem: é perigoso e deve ser afastado.

        • Presumo que o Nuno saiba mais que o Dr.?

          Adoro a vosso respeito pela liberdade de ideias, sempre e quando concordem consigo.

          Não esta de acordo, tudo bem, mas deve o respeito a alguém que mostrou e deu provas do conhecimento que detém.

          Espero para bem da sociedade, que ele esteja errado, mas suspeito que daqui as uns meses, todos os que usam mascaras todos os dias durante largos períodos do dia (muitos mais de 8 horas) vão começar a sentir sintomas e fragilidades que vão acabar por dar razão a pessoas como o Dr. Gabriel.

      • E?!Argumentum ad verecundiam a esta hora??Como é médico há mais de 30 anos e tem trabalhos publicados, já não podemos criticar os disparates que ele diz?Era só o que faltava…  ter que dizer “amém” a um maluquinho qualquer, só porque ele até recebeu, por exemplo, um prémio Nobel…Daqui a pouco está a dizer que as vacinas causam autismo e que a Terra é plana e temos que aceitar só porque é alguém com um vasto currículo…Enfim… A ciência não depende de currículos!!E, uma seita que se auto-intitula “Médicos Pela Verdade” está claramente a confundir ciência com religião e deve dedicar-se à fé dos seus crentes e deixar a medicina para quem segue a ciência!Na ciência não há verdades!!.Infelizmente o mundo está cheio de crentes que acreditam em heróis ou em milagres e o resultado disso é o que se vai vendo…O meu grau académico até podia ser a 3º classe incompleta porque não é isso que valida argumentos!!

      • E?!
        Argumentum ad verecundiam a esta hora??
        Como ele é médico há mais de 30 anos (e tem trabalhos publicados!), já não podemos criticar os disparates que ele diz?
        Era só o que faltava… ter que dizer “amém” a um maluquinho qualquer, só porque ele até recebeu, por exemplo, um prémio Nobel…
        Daqui a pouco está a dizer que as vacinas causam autismo e que a Terra é plana e temos que aceitar só porque é alguém com um vasto currículo…
        Enfim…
        A ciência não depende de currículos!!
        E, uma seita que se auto-intitula “Médicos Pela Verdade” está claramente a confundir ciência com religião e deve dedicar-se à fé dos seus crentes e deixar a medicina para quem segue a ciência!
        Na ciência não há verdades!!
        .
        Infelizmente o mundo está cheio de crentes que acreditam em heróis ou em milagres e o resultado disso é o que se vai vendo…
        O meu grau académico até podia ser a 3ª classe incompleta porque não é isso que valida argumentos!!

    • Vigarista!? Uma vez mais está a falar do que desconhece e inclusivamente a injuriar pessoas em praça pública. Se eu fosse o médico e visse isto punha-lhe um processo.
      O senhor não sabe mas há pessoas que de facto não podem andar de máscara por períodos longos de tempo e nalguns casos nem precisam de ser muito longos. Têm sintomas como dificuldade em respirar, tonturas, sensação de desmaio e mesmo desorientação. Se não sabe do que fala, abstenha-se de comentar.

      • Até pode haver pessoas com esses problemas, mas nesse caso vão a um médico especialista que os confirme e passe o devido atestado, não a uma pessoa com agenda ideológica e sem conhecimento real do problema. Portanto sim, este médico é na minha opinião um vigarista. Que me meta em tribunal. Pelo menos esta minha opinião baseia-se em factos e não vai levar à morte de ninguém, ao contrário da “opinião” do Sr. Dr. relativamente às máscaras.

      • Sim, quem passa declarações falsas é vigarista!
        Quem está a ser processado não sou eu; é mesmo ele!!
        Esse “médico” (e outros da mesma seita religiosa), injuriam os outros médicos/cientistas a toda a hora!…
        Um especialista em Radiologia, fundador da seita anti-máscaras/ciência Médicos pela Verdade, a passar declarações para dispensar o uso da máscara é mesmo de rir…

      • Sim, quem passa declarações falsas é vigarista!
        E quem está a ser processado não sou eu; é mesmo ele!!
        Esse “médico” (e outros da mesma seita religiosa) injuriam os médicos/cientistas a toda a hora!…
        Um especialista em Radiologia, fundador da seita anti-máscaras/ciência Médicos pela Verdade, a passar declarações para dispensar o uso da máscara é mesmo de rir…

    • Caro “Eu!”, alucinado e arrogante é mesmo tu.
      Tu é que és um autêntico perigo para a saúde pública e deverias ser banido de comentar seja o que for.
      Respeito pela opinião dos outros é coisa que não tens, julgas-te um deus da sabedoria e queres impingir as tuas ideias à força a toda a gente, utilizando mesmo a violência verbal, arrogante, como um conhecedor de tudo, mas não és, quando aqui vens é só para dizer disparates e ofender os outros comentadores.
      Fica bem.

      • Oh tontinho… olha a linda figura que tu e os teus amigos alucinados fazem:
        O GRUPO POLÉMICO QUE CONTESTA OS PERIGOS DA COVID-19
        tvi24.iol.pt/videos/sociedade/o-grupo-polemico-que-contesta-os-perigos-da-covid-19/5fad9d950cf203abc5b0c31e
        .
        Médicos pela Verdade – Extremamente Desagradável
        youtu.be/xRKKyIjapy8

        • Toninho é a pqtp.
          Só apareces para ofender e continuo a dizer, és mesmo um perigo público para a sanidade mental das pessoas.
          Todos sabemos que és um iluminado, uma sumidade em todas as matérias mas, como sumidade, poderias sumir que ninguém daria por falta de ti.
          Nunca esqueças, ser crente e acreditar em tudo o que te dizem sem pensares é uma opção tua e eu respeito, ofender é uma opção que eu não aceito nem respeito.
          Já entendi que tens necessidade de expelir as tuas frustrações e vens para aqui despejar violência gratuita, é uma opção tua mas deverias respeitar mais as outras pessoas que aqui vêm, é um direito delas.

  4. A questao e’ tao simples. Se um cidadao, que pode ter COVID e nao saber, tiver essas tais contra-indicacoes que o impede de usar mascara, pois nao deve usar mascara. Mas como pode entao alguem concluir que ele pode ir contagiar outros? Deve entao simplesmente de ir a lugares publicos onde seja necessario usar mascara, pois o uso de mascara e’, comprovadamente, uma proteccao importante da saude de terceiros em espacos fechados, etc.

    Como pode alguem, ainda por cima medico, defender o direito de um dos seus “doentes” de ir contagiar outras pessoas e por a sua saude e vida em risco? O homem devia ser imediatamente expuslo da ordem de medicos e proibido de exercer, ponto final.

    A discussao nao e’ se alguns podem ou nao usar mascara. Claro que ha’ quem nao possa. A questao e’ o dever de nao contagiar. Pela mesma ordem de ideias, alguem com teste positivo de covid, mas sem precisar de estar internado, teria o “direito” absurdo, de andar a passear pelos supermercados e infectar outros, que podem MORRER, alem de sofrer. Quem e’ o IDIOTA que pode defender isto?

    Acho espantoso que um medico possa negar a evidencia cientifica medica. E’ isso que aqui acontece. Nao e’ a trapalhona da nossa DGS, nem a idem aspas da ministra, que interessa para aqui: e’ a evidencia cientifica publicada em revistas cientificas de referencia, reconhecidas como tal em todo o mundo; evidencia seguindo o metodo cientifico, o mesmo que concedeu o titulo de “medico” a esse senhor.

    Por isso, sim, se e’ verdade o que aqui esta’ descrito (porque eu tenho tanta confianca na classe jornalistica do que na nossa DGS e Ministra da saude), esse senhor medico devia ser re-examinado e retirado o seu grau de licenciado em medicina, pois o facto de ser especialista numa area nao o desculpa de usar o seu titulo de medico para dizer dsparates anti-ciencia noutra area de medicina.

        • Os anti-máscara também devem ser contra o uso do preservativo! E se os pais deles tivessem usado… talvez não houvesse tanta idiotice no mundo!

          Médicos que defendem certos pontos de vista, como não-uso de máscara, ou de preservativo, ou contra-vacinas, ou contra-transfusões, deveriam ser liminarmente explulsos da Ordem, independentemente dos longos curricula que possam ter! Infelizmente um bom CV não é necessariamente sinónimo de inteligência!

  5. Como gosta esta gentinha de adorar “ídolos de pés de barro”!…
    Já lá vai o tempo em que os médicos eram “donos” das doenças e dos doentes. Alguns ainda terão saudades desses tempos!…
    Hoje é um técnico, com o conhecimento limitado da sua ciência, dentro da sua especialidade. Isto quer dizer que não tem o direito de extrapolar.
    Agora máscara… sim, a máscara tem contraindicações ou seja o wue em farmacologia se conhece como efeitos secundários. Será que este senhor neurologista, passa a um esquizofrénico uma dispensa de tomar remédios porque lhe fazem dores de barriga e corre o risco de ele chegar à rua, ou talvez em casa, e matar meia dúzia de pessoas, numa das suas alucinações fulminantes?!…

    Eu sofro efeitos secudários acentuados pelo uso da máscara… simmm… e uso-a religiosamente porque não quero ser contaminado e, tão importante como isso, não quero contaminar ninguém!…

    É em situações de crise que as pessoas se revelam o mostram, exactamente, aquilo que são.
    Esse senhor e os desmiolados que o apoiam não merecem o sacrifício que as pessoas decentes fazem por eles usando máscara.

  6. Que quem não quer ser contaminado use máscara, sem dúvida, está no seu pleno direito, agora não está no direito de obrigar os outros a usarem, isso é ditadura da forte.
    Eu não tenho que zelar pela saúde dos outros, cada um tem que cuidar de si.

  7. De facto, e infelizmente não há nada, em medicina alopata que não tenha os seus efeitos secundários. Por isso, acho que este tipo de medicina deveria investir mais na autoimunidade, passando a prevenir mais as doenças do que a tratá-las e receitando talvez menos antibióticos. Se as pessoas tivessem hábitos de vida, de alimentação mais saudável não estariam tão expostos às consequências das doenças provocadas pelos vírus pelas bactérias e por outros agentes patogénicos. Se passam muito tempo em casa a comer junK food claro que, quando sairem, vão precisar mesmo de usar máscara! Só que há um problema é que segundo alguns cientistas o vírus também pode penetrar através dos olhos e aí é que está o busílis da questão.

  8. Cada um trata de si e depois o SNS trata de todos não é? Uma pessoa que adoece porque quer não devia ter direito a uma cama no hospital que fará falta a uma pessoa que tenha feito tudo para não contrair o vírus e para não o transmitir.!!!Será muito difícil implementar esta regra?

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …