Marques Mendes acusa Ferro de arrogância (e apresenta calendário de regresso à nova normalidade)

Mário Cruz / Lusa

No seu habitual espaço de comentário da SIC, Luís Marques Mendes falou sobre as comemorações do 25 de abril no Parlamento, a atitude de Ferro Rodrigues e da oposição ao Governo. Depois, apresentou um calendário de regresso à “nova normalidade”.

Marques Mendes disse, em relação às comemorações do 25 de abril na Assembleia da República, que o presidente da AR, Ferro Rodrigues, “teve sempre um tom de altivez e arrogância” e que preferiu sempre as “suas convicções” em vez de “gerar consensos”.

Para Marques Mendes, Ferro Rodrigues “nunca teve um tom de humildade, sensibilidade e bom senso” e também “nunca contribuiu para serenar os ânimos”.

Além disso, o presidente do Parlamento concertou a cerimónia com o Presidente e o PSD “subalternizando os outros partidos”.

Marques Mendes disse que o discurso de Marcelo Rebelo de Sousa na cerimónia foi uma “excelente intervenção” e a “melhor que fez”.

Por outro lado, o ex-líder do PSD lamentou a “pouca oposição”. Marques Mendes afirmou que “quando há estado de emergência o governo tem mais poderes” e por isso “deve ser mais escrutinado“. “Gostava de ter visto” os “partidos da oposição a perguntar no Parlamento sobre o lay off, sobre o dinheiro que não chega à empresa, porque nestes momentos a oposição é fundamental, não para fazer politiquice, nem para picardias, mas é para para espicaçar”.

Nesta temática, Marques Mendes disse que mais de 40 mil pedidos de financiamento chegaram ao Governo, mas apenas 11 mil foram respondidos, o que revela um “atraso enorme” e implica a existência de problemas como a burocracia que estão a impedir que os fundos cheguem a tempo.

Calendário de regresso à “nova normalidade”

Marques Mendes defendeu que não será “necessário renovar o estado de emergência”, dizendo mesmo que seria um “exagero” fazê-lo. Para o comentador, é suficiente que seja declarada a “situação de calamidade”.

Em relação às escolas, Marques Mendes disse que os alunos do 11.º e 12.º ano deverão regressar no próximo mês, “provavelmente não no início”, com medidas excecionais, como a alteração de horários para evitar as horas de ponta nos transportes públicos.

Quanto às universidades, o ano letivo deverá ir até julho, que, em algumas universidades, as aulas presenciais vão voltar em maio e que mesmo naquelas em que elas as aulas não voltarem, vai ser possível fazer exames presenciais.

Em relação ao turismo, o setor deverá ter uma quebra entre os 45% e os 70% e a recuperação deverá “prolongar-se para lá de 2022”.

Segundo Marques Mendes, “a TAP quer regressar na segunda quinzena de maio”. A companhia está com uma média de sete voos por semana, quando em janeiro esse número rondava os 400.  Marques Mendes apontou que o regresso gradual à atividade da TAP vai exigir medidas excecionais, como os testes rápidos à entrada dos voos e o distanciamento entre passageiros.

Em relação à restauração, deverá “reabrir a partir da segunda quinzena de maio”. O comentador disse que está a ser preparado um guia de boas práticas que os restaurantes vão passar a seguir e que inclui a medição da temperatura corporal dos clientes, a reorganização do espaço, com menos lugares, ementas descartáveis e vestuário de proteção para funcionários.

Marques Mendes falou ainda do futebol. Segundo o comentador, a Federação Portuguesa de Futebol “nomeou um grupo de trabalho para estudar as condições da retoma da atividade para cumprir [os critérios de] saúde pública”. Adalberto Campos Fernandes, ex-ministro da Saúde, e Henrique de Barros, presidente do Conselho Nacional de Saúde, fazem parte do grupo.

Prevê-se que a I Liga, principal competição do futebol nacional, regresse em junho e feche as 10 jornadas que faltam em julho à porta fechada. A Liga dos Campeões e a Liga Europa voltam em agosto e a Supertaça Europeia está sem data para acontecer.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A tecnologia ressuscitou o "plágio" de escritores medievais

Os trabalhos de autores medievais foram "ressuscitados" com a tecnologia do século XXI numa inesperada colaboração na Universidade de St Andrews, na Escócia. Um arquivo das obras de autores ingleses medievais, que revelava uma visão internacional …

Num cenário apocalíptico, a espécie humana poderia sobreviver "com populações na casa das centenas"

Cientistas de todo o mundo debruçam-se sobre a preparação das populações (e de abrigos) para sobreviver a um possível apocalipse. Para o antropólogo Cameron Smith, não seria necessário um número muito elevado de pessoas, desde …

Príncipe Harry diz que viver com a família real é "uma mistura entre o Truman Show e estar num zoo"

Depois de uma entrevista a Oprah Winfrey, o duque de Sussex faz novas revelações numa nova entrevista e descreve como era a sua vida antes de ir viver, primeiro para o Canadá e, depois, para …

Pentear o cabelo pode tornar-se uma tarefa mais fácil com a ajuda de um robô

Uma equipa de cientistas desenvolveu recentemente um braço robótico com uma escova de cabelo macia, equipada com uma câmara que ajuda o braço a "ver" e a avaliar a ondulação, para oferecer ao utilizador uma …

Benfica 4-3 Sporting | Águia vence dérbi espectacular

Mas que grande dérbi! Benfica e o novo campeão Sporting presentearam os adeptos com um jogo espectacular, um dos melhores dos últimos anos em Portugal, com futebol de ataque e golos, muitos golos. Foram nada menos …

Portugal é o 2.º país com mais divórcios e menos casamentos na UE

A taxa de casamentos na União Europeia caiu drasticamente nos últimos 55 anos, ao mesmo tempo que a taxa de divórcios subiu. Portugal é o segundo país onde esta tendência mais prevalece. De acordo com dados …

"É parte da nossa identidade". Pequena cidade na Suécia luta para preservar uma antiga língua moribunda

A organização Ulum Dalska, sediada numa pequena cidade sueca chamada Älvdalen, tem uma missão. Durante décadas, os seus membros têm trabalhado arduamente para ajudar a salvar a língua elfedaliana, um remanescente do nórdico antigo. "Tivemos a …

Papa diz que abuso infantil é uma espécie de “assassinato psicológico”

O Papa Francisco criticou hoje o abuso infantil dizendo que é “uma espécie de ‘assassinato psicológico’ e, em muitos casos, um cancelamento da infância” e pediu para “parar de encobrir” o fenómeno da pedofilia. Francisco falava …

Jerónimo considera “precipitado” discutir Orçamento de 2022 e “deitar borda fora” o atual

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje “no mínimo precipitado” antecipar a posição do partido sobre o próximo Orçamento do Estado e “deitar borda fora” a concretização do atual. À margem de uma visita …

Plano da CIA para capturar Bin Laden originou um problema de saúde pública no Paquistão

Um novo estudo indica que um plano secreto da CIA para capturar Osama Bin Laden, no início de 2011, teve como consequência uma queda significativa das taxas de vacinação no Paquistão. O plano, que usava uma …