Marcelo antecipa uma possível terceira vaga “entre janeiro e fevereiro”

Manuel de Almeida / Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou numa comunicação ao país, a partir do Palácio de Belém, em Lisboa, a renovação do estado de emergência até ao dia 8 de dezembro. O Presidente da República disse ainda que é provável que uma terceira vaga possa ocorrer entre janeiro e fevereiro.

“É provável que uma nova subida de casos, ou dito mais simplesmente, uma terceira vaga possa ocorrer entre janeiro e fevereiro e será tanto maior quanto maior for o número de casos um mês antes. Ou seja, importa tentar conter fortemente em dezembro o processo pandémico mesmo que ele, dias antes, aparentasse ter passado o pico da chamada segunda vaga”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República pediu ainda que haja a “convergência possível” no combate à covid-19 e que os portugueses não se “dividam irremediavelmente” neste momento, dizendo que mais tarde não faltarão eleições para julgar responsáveis

“Continuem, como até agora, a ser solidários, num momento, num processo tão longo de provação coletiva, assim confirmando a sua responsabilidade cívica e ética, e que se não dividam irreparavelmente entre os defensores vida e da saúde e os defensores da economia, da sociedade e da cultura, entre os defensores da dureza sanitária e os defensores da abertura económica”, apelou o chefe de Estado.

“E que recusem a violência física na discussão democrática a favor e contra o que quer que seja. E que partidos e parceiros sociais continuem a fazer a convergência possível. Há mais do que tempo para se ajuizar de atos e autores, para demarcar campos e para apurar e julgar responsáveis. Não faltarão eleições para isso. Este tempo ainda é outro: o tempo de convergir no possível, mesmo discordando”, acrescentou.

Marcelo considerou que “é natural que haja portugueses – e são muitos, e nas fases piores das pandemias como esta, são muitos mais – que criticam o que entendem ser erros, omissões, avanços, recuos, ziguezagues”.

“Em maio e junho sobre a Grande Lisboa, em agosto e setembro sobre a segunda vaga, em outubro, hoje, amanhã, depois, criticando tudo o que vier tarde ou mal explicado, por defeito de porta-voz ou por defeito de decisão”, referiu.

Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu, em seguida, que, apesar de todas as críticas, não é altura de “baixar os braços” no combate a esta epidemia.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

  1. Uma terceira vaga… Pois claro! Alguém ouviu o Marcelo a fazer essa declaração? Ele referiu que, se as coisas não atinarem, poderá prolongar este estado de emergência até… 23 de Dezembro! Ninguém está a ver? É para salvar o Natal, ou seja, o consumismo! Mas… ao “abrir” no Natal, (desconfinar ou aliviar as medidas) vai-se promover um enorme aumento de casos, ou seja, a tal dita terceira vaga! Boa! O dinheiro está mesmo acima da saúde! Até o Marcelo nem esconde!

  2. Ainda se estava na dita primeira e já sabiam que haveria uma segunda.
    O negócio está bem montado realmente !
    Estamos claramente perante um modo de vida que veio para ficar.
    Os confinamentos e o estado de emergência servem sobretudo esse grande lobby chamado Covid-19. Pois já todos percebemos a sua ineficácia para conter esta dita pandemia. Prefiro chamar-lhe uma virose com aspirações comerciais a pandemia !

  3. Alguém pode dizer a este senhor que em Janeiro/Fevereiro ainda vamos estar nesta 2a vaga!!!
    No Inverno não vai haver tréguas Sr. Marcelo!!!!

  4. Se continuarmos com este governo e este presidente da república vamos continuar a ter vagas de 1 até N ou até haver uma vacina dosponível que nos resgate. Estamos dentro do assunto pandemia! Se pensarmos no assunto economia, o raciocínio é o mesmo. Vamos ter de ser resgatados vezes sem conta, pela União Europeia, via BCE ou pelo FMI ou oor ambos até mudarmos um, outro ou ambos os titulares destes orgãos de “soberania”.

  5. Se continuarmos com este governo e este presidente da república vamos continuar a ter vagas de 1 até N ou até haver uma vacina dosponível que nos resgate. Estamos dentro do assunto pandemia! Se pensarmos no assunto economia, o raciocínio é o mesmo. Vamos ter de ser resgatados vezes sem conta, pela União Europeia, via BCE ou pelo FMI ou por ambos até mudarmos um, outro ou ambos os titulares destes orgãos de “soberania”. Para mim chega! Estamos metidos com gente sem escrupulos, sem vergonha e sem ética! Nesta situação, não sei bem se não vamos mesmo ter episódios de violência física, e se tivermos, também não sei bem se será um mal ou o início da cura, em memória do 31 da Armada.

  6. Não sabia que Marcelo era perito em virologia. Se não foi ele que determinou as probabilidades de uma terceira vaga, que autoridade tem ele para anunciar essa possibilidade? Porque não deixa ele aos cientistas a missão de comunicar ao país possibilidades da esfera científica? Não há quem ponha uma rolha na boca deste comentador disfarçado de chefe de estado? Sou só eu a estar farto deste tipo? Por muitas dúvidas que eu tenha a respeito da Ana Gomes, pode ela ter a certeza de ter o meu voto em Janeiro.

  7. Marcelo antecipa possível terceira vaga…..(e critica desnorte do Governo)

    Diz o roto ao nu !
    Haverá alguém mais desnorteado que esta espécie de presidente ?!

  8. Os comentários são inúteis?
    E providenciar ideias enganosas aos cidadãos portugueses? Por si só, o Governo vale o mesmo que uma formiga e, como tal, deveria ir para a escola e renovar a sua consciência.

    O vírus não brinca, já tem alguns “anos” de idade. O Martelo Inocente voltou a ter seis anos, ou zero, assim como o Costeiro, que deveria naufragar num navio, bem longe do território português.

  9. Suponho que o PR se baseou no comportamento da Pneumónica que teve três vagas. A terceira foi a menos grave e a segunda a pior. Pode ser, de facto. Durante a primeira vaga já se afirmava que viria uma segunda.

RESPONDER

2 de março de 2020. Confinamentos, recordes, três vagas e um "milagre" depois

O primeiro caso de covid-19 em Portugal foi registado há, precisamente, um ano. 365 dias depois, o medo esfumou-se, mas a incerteza permanece. A 2 de março de 2020 foram confirmados em Portugal os primeiros casos …

Genoma do urso-das-cavernas sequenciado graças a minúsculo osso com 360 mil anos

Investigadores sequenciaram o genoma do urso-das-cavernas graças a um pequeno osso com 360 mil anos. A história evolutiva deste animal mudou drasticamente. Os ursos-das-cavernas eram enormes ursos herbívoros que vagueavam pela Europa e norte da Ásia …

Um ano após o primeiro caso, Marcelo elogia SNS, mas relembra que a pandemia ainda não acabou

Para o chefe de Estado, ao longo de 12 meses, Portugal "foi-se ajustando à pandemia, umas vezes mais proativamente outras, infelizmente, mais reativamente". Marcelo diz que "é desejável" melhorar a "capacidade de planear e antecipar …

Plano de Recuperação tem alto risco de fraude (e chovem críticas)

Um grupo de reflexão, constituído no âmbito do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), concluiu que o Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) comporta um sério risco de fraude e necessita de várias …

Moedas quer unir a direita contra Medina. Objetivo é incluir IL e Aliança na coligação PSD/CDS

Carlos Moedas está a tentar alargar a coligação PSD/CDS para construir uma frente de direita contra o socialista Fernando Medina, atual presidente da Câmara Municipal de Lisboa. O Público avança esta terça-feira que Carlos Moedas, candidato do …

Faz pequenas pausas antes de responder a uma questão? Pode parecer menos sincero

Costuma fazer pequenas pausas antes de responder a uma questão? Este comportamento pode fazer com que a resposta pareça menos sincera e confiável, de acordo com uma nova investigação da American Psychological Association. Segundo a …

Portugal entra no 12.º estado de emergência. Restrições são as mesmas dos últimos 15 dias

Portugal entrou esta terça-feira no 12.º período de estado de emergência para conter a pandemia da covid-19, mas mantendo, até 16 de março, as mesmas regras que vigoraram nos últimos 15 dias em território continental. O …

Eis o "estado redemoinho", um novo tipo de matéria que desafia as leis da Física

Uma nova investigação revelou que, no nível mais básico, o comportamento de grupo como, por exemplo, cardumes de peixes, enxames de insetos e bandos de pássaros, forma um novo tipo de matéria ativa, chamado …

Descoberto "gasoduto" espacial que alimenta uma galáxia gigante

Um recente estudo forneceu a primeira evidência direta de "gasodutos" de gás frio que alimentaram as primeiras galáxias massivas do Universo. Uma equipa de astrónomos norte-americanos, liderada pela Universidade de Iowa, observou evidências de fluxos de gás …

A icónica tapeçaria "Guernica" de Picasso foi retirada da ONU. Rockfeller pediu-a de volta

A icónica tapeçaria "Guernica", de Pablo Picasso, foi retirada do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) onde estava há mais de 30 anos. A pintura “Guernica”, considerada uma das obras-primas de Picasso …