Marcelo Rebelo de Sousa visita o Brasil nos Jogos Olímpicos

José Sena Goulão / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República inicia na quarta-feira uma visita de seis dias ao Brasil, onde assiste à abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, deslocando-se também a São Paulo e ao Recife.

Marcelo Rebelo de Sousa vai estar no Rio de Janeiro com os atletas olímpicos portugueses, assiste ao jogo de futebol Portugal-Argentina e à cerimónia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos, encontra-se com empresários portugueses e brasileiros e visita o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio.

Em São Paulo, a capital económica e financeira do Brasil, o Chefe de Estado encontra-se igualmente com empresários, com a comunidade portuguesa e inaugura uma exposição sobre Amália Rodrigues, designada “Saudades do Brasil em Portugal”, o título de uma letra de um fado escrito para a diva portuguesa pelo poeta, cantor e compositor brasileiro Vinicius de Moraes.

No Recife, no Estado do Pernambuco, Marcelo Rebelo de Sousa visita o Real Hospital Português de Beneficência, distinguindo o seu provedor, Alberto Ferreira da Costa, com as insígnias de grande-oficial de mérito.

No primeiro dia de visita, na quarta-feira, no Rio de Janeiro, o Presidente embarca no Navio-escola Sagres, onde entrega a bandeira nacional ao atleta João Rodrigues, porta-estandarte de Portugal nos Jogos Olímpicos.

No final do dia, recebe a comunidade portuguesa residente no Rio de Janeiro, no Palácio de São Clemente, a residência oficial do Cônsul-Geral no Rio de Janeiro, edifício construído na década de 1950 para sede da Embaixada portuguesa, onde funcionou até à mudança da capital brasileira para Brasília.

Na quinta-feira, o Presidente volta a embarcar no Sagres para uma receção com atletas da equipa olímpica portuguesa, depois de assistir ao jogo de futebol Portugal-Argentina, e de uma manhã dedicada aos museus, em que se desloca ao Museu de Arte do Rio e ao Museu do Amanhã.

No Museu de Arte do Rio, o Presidente visita a exposição “Leopoldina, Princesa da Independência, das Artes e das Ciências”, que reúne aproximadamente 350 peças, obras de arte, iconografia, documentos, vestuário e mobiliário, além de itens de botânica, zoologia e mineralogia, de “uma das personalidades mais importantes no processo de emancipação do Brasil”.

“A mostra lembra a reunião do Conselho de Ministros, presidida por ela, que decidiu pela emancipação do Brasil e terminaria dias depois com o ato simbólico de D. Pedro às margens do rio Ipiranga, declarando a Independência. Essa atribuição heroica ao príncipe regente, que deixa de lado o importante papel de sua esposa, será problematizada pela exposição”, lê-se no site do Museu de Arte do Rio.

O Museu do Amanhã, que o Presidente visita em seguida, e cujo edifício foi projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava (o mesmo que concebeu a Estação do Oriente, em Lisboa), pretende ser “um museu de ciências diferente”, apresentando “uma narrativa” sobre como poderão ser vividos e moldados os próximos 50 anos, de acordo com a sua página na internet.

Na sexta-feira, o Presidente assiste à cerimónia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos e oferece um almoço a empresários portugueses e brasileiros e membros da Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro, no Palácio de São Clemente.

No sábado, em São Paulo, o Presidente recebe a comunidade portuguesa residente naquela cidade brasileira, participa de um jantar oferecido pela Câmara Portuguesa de Comércio de São Paulo e inaugura a exposição sobre Amália Rodrigues “Saudades do Brasil em Portugal”, no Consulado-Geral de Portugal.

No domingo, o programa inclui uma visita à Casa de Portugal e a deposição de uma coroa de flores no Monumento aos Fundadores de São Paulo.

A viagem de Marcelo Rebelo de Sousa ao Brasil é concluída na segunda-feira, dia 08 de janeiro, com uma deslocação à cidade do Recife, no Estado do Pernambuco, onde visita o Real Hospital Português de Beneficência, condecorando o seu provedor, e se encontra com a comunidade portuguesa e luso-descendente.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Fiquei cansado só de ler o programa de Marcelo Rebelo de Sousa. O homem é imparável mas não contou com os engarrafamentos no Rio.

RESPONDER

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …