Marcelo Rebelo de Sousa visita o Brasil nos Jogos Olímpicos

José Sena Goulão / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República inicia na quarta-feira uma visita de seis dias ao Brasil, onde assiste à abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, deslocando-se também a São Paulo e ao Recife.

Marcelo Rebelo de Sousa vai estar no Rio de Janeiro com os atletas olímpicos portugueses, assiste ao jogo de futebol Portugal-Argentina e à cerimónia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos, encontra-se com empresários portugueses e brasileiros e visita o Museu do Amanhã e o Museu de Arte do Rio.

Em São Paulo, a capital económica e financeira do Brasil, o Chefe de Estado encontra-se igualmente com empresários, com a comunidade portuguesa e inaugura uma exposição sobre Amália Rodrigues, designada “Saudades do Brasil em Portugal”, o título de uma letra de um fado escrito para a diva portuguesa pelo poeta, cantor e compositor brasileiro Vinicius de Moraes.

No Recife, no Estado do Pernambuco, Marcelo Rebelo de Sousa visita o Real Hospital Português de Beneficência, distinguindo o seu provedor, Alberto Ferreira da Costa, com as insígnias de grande-oficial de mérito.

No primeiro dia de visita, na quarta-feira, no Rio de Janeiro, o Presidente embarca no Navio-escola Sagres, onde entrega a bandeira nacional ao atleta João Rodrigues, porta-estandarte de Portugal nos Jogos Olímpicos.

No final do dia, recebe a comunidade portuguesa residente no Rio de Janeiro, no Palácio de São Clemente, a residência oficial do Cônsul-Geral no Rio de Janeiro, edifício construído na década de 1950 para sede da Embaixada portuguesa, onde funcionou até à mudança da capital brasileira para Brasília.

Na quinta-feira, o Presidente volta a embarcar no Sagres para uma receção com atletas da equipa olímpica portuguesa, depois de assistir ao jogo de futebol Portugal-Argentina, e de uma manhã dedicada aos museus, em que se desloca ao Museu de Arte do Rio e ao Museu do Amanhã.

No Museu de Arte do Rio, o Presidente visita a exposição “Leopoldina, Princesa da Independência, das Artes e das Ciências”, que reúne aproximadamente 350 peças, obras de arte, iconografia, documentos, vestuário e mobiliário, além de itens de botânica, zoologia e mineralogia, de “uma das personalidades mais importantes no processo de emancipação do Brasil”.

“A mostra lembra a reunião do Conselho de Ministros, presidida por ela, que decidiu pela emancipação do Brasil e terminaria dias depois com o ato simbólico de D. Pedro às margens do rio Ipiranga, declarando a Independência. Essa atribuição heroica ao príncipe regente, que deixa de lado o importante papel de sua esposa, será problematizada pela exposição”, lê-se no site do Museu de Arte do Rio.

O Museu do Amanhã, que o Presidente visita em seguida, e cujo edifício foi projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava (o mesmo que concebeu a Estação do Oriente, em Lisboa), pretende ser “um museu de ciências diferente”, apresentando “uma narrativa” sobre como poderão ser vividos e moldados os próximos 50 anos, de acordo com a sua página na internet.

Na sexta-feira, o Presidente assiste à cerimónia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos e oferece um almoço a empresários portugueses e brasileiros e membros da Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro, no Palácio de São Clemente.

No sábado, em São Paulo, o Presidente recebe a comunidade portuguesa residente naquela cidade brasileira, participa de um jantar oferecido pela Câmara Portuguesa de Comércio de São Paulo e inaugura a exposição sobre Amália Rodrigues “Saudades do Brasil em Portugal”, no Consulado-Geral de Portugal.

No domingo, o programa inclui uma visita à Casa de Portugal e a deposição de uma coroa de flores no Monumento aos Fundadores de São Paulo.

A viagem de Marcelo Rebelo de Sousa ao Brasil é concluída na segunda-feira, dia 08 de janeiro, com uma deslocação à cidade do Recife, no Estado do Pernambuco, onde visita o Real Hospital Português de Beneficência, condecorando o seu provedor, e se encontra com a comunidade portuguesa e luso-descendente.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Fiquei cansado só de ler o programa de Marcelo Rebelo de Sousa. O homem é imparável mas não contou com os engarrafamentos no Rio.

RESPONDER

EUA. Casal vegan vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses

Um casal americano, que segue uma alimentação vegan, vai ser julgado por homicídio depois da morte do filho de 18 meses, por malnutrição. Ambos vão permanecer detidos até à data do julgamento, em dezembro. Segundo noticiou …

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …

Mais de 41 mil idosos vivem sozinhos ou isolados em Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 41.868 idosos a viverem sozinhos ou isolados em todo o país em outubro no âmbito da operação "Censos Sénior", anunciou esta segunda-feira a guarda. Em comunicado, a GNR adiantou ter …

Vai nascer um Pavilhão de Gelo em Lisboa (com apoio do Governo e de fundos públicos)

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, está certo de que, ainda nesta legislatura, vai nascer um Pavilhão do Gelo para a prática de desportos em Lisboa, com apoio de …

Sudão. Crimes contra a humanidade em ataques que mataram 120 manifestantes

Os ataques que em junho mataram pelo menos 120 manifestantes no Sudão podem configurar crimes contra a humanidade, revelou um relatório divulgado pela organização Human Rights Watch (HRW), que pede justiça para as vítimas e …

Bloqueios na capital da Bolívia levam à escassez de alimentos e de combustíveis

Os bloqueios nas estradas de acesso a La Paz, capital da Bolívia, e aos arredores, usados nos protestos que se somam à tensa crise política, impõem aos bolivianos a falta de produtos básicos cujos preços …