Vervoort ganha a prata e deixa cair eutanásia para segundo plano

Al Tielemans / EPA

Marieke Vervoort, atleta paralímpica belga, vence medalha de prata na corrida de 400m da categoria T52 do Rio 2016

Marieke Vervoort, atleta paralímpica belga, vence medalha de prata na corrida de 400m da categoria T52 do Rio 2016

A campeã paralímpica belga de atletismo, que tinha dado a entender que queria pôr um ponto final na sua vida depois do Rio 2016, diz afinal que só o irá fazer quando a doença se tornar insuportável.

Ainda há muitos sonhos por cumprir e muitos desejos na “bucket list” (também conhecida como a “lista das coisas a fazer antes de morrer”) para riscar.

É assim que a atleta paralímpica Marieke Vervoort vê o próximo capítulo da sua vida, depois de ter anunciado que iria terminar a carreira nos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

A belga deu a entender que, depois da competição no Brasil, ia pôr termo à vida, recorrendo à eutanásia, mas afinal esta parece ser uma decisão que ainda está na gaveta.

A atleta conquistou no último sábado um lugar no pódio, depois de ganhar a medalha de prata na corrida de 400m da categoria T52.

“Não é certo que recorrerei à eutanásia logo após o Rio. Um jornalista escreveu um grande título sobre isso num jornal, mas ainda não decidi”, explicou à EFE, citada pelo Diário de Notícias.

“Quero viver, mas bem. Após o Rio não vou pedir a eutanásia. Vivo dia a dia. Quando não aguentar mais, pedirei”, acrescentou ainda.

Vervoort sofre de uma doença degenerativa na coluna vertebral, que lhe paralisou as pernas desde os 14 anos de idade e que lhe provoca dores insuportáveis.

A eutanásia é legal na Bélgica, bastando para o efeito apenas a concordância escrita de três médicos. Desde 2008 que a atleta, agora com 37 anos, tem os papéis assinados.

“Eu tenho uma doença degenerativa. A cada dia que passa, é cada vez pior. Há uns anos, podia desenhar uma bonito quadro. Agora já é impossível. A minha visão é de cerca de 20%. Qual é a próxima coisa que se segue? Claro que fico assustada”, contou a atleta, citada pelo The Guardian.

“Todos os dias, sofro. Algumas noites, não durmo mais de 10 minutos e depois, tenho que ir treinar”, desabafa ainda.

No entanto, a belga diz estar concentrada nas coisas boas que a vida ainda tem para lhe oferecer. Por isso, fez uma lista com os últimos desejos.

De acordo com o jornal britânico, entre os vários desafios estão, por exemplo, saltar de paraquedas, voar num F16, abrir um museu e entrar num rally.

“A lista é bem grande. Quero fazer algumas loucuras e aproveitar o tempo com a família e os amigos, o que não conseguia enquanto treinava”, diz, citada pelo DN.

A atleta, que já foi medalha de ouro nos 100m e prata nos 200m em Londres 2012, quer ser recordada como uma pessoa alegre.

“Quero que as pessoas se lembrem de mim como a mulher que estava sempre a rir. E que, mesmo quando estava a sofrer, procurava pensar nas coisas boas”, afirma.

Por isso, no seu funeral, quer ver toda a gente com “um copo de champanhe na mão e um bom pensamento” sobre si, explicou há uns tempos ao Le Parisien.

No próximo sábado, dia 17, a atleta vai novamente entrar em ação na prova de 100m da mesma categoria. E já avisou que vai de “alma e coração” para conquistar outra medalha.

FM, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

A física quântica pode causar mutações no nosso ADN

Simulações de computador e métodos de mecânica quântica têm sido usados ​​para determinar o papel que o tunelamento de protões, um fenómeno puramente quântico, desempenha nas mutações espontâneas no ADN. A biologia quântica é um campo …

Buracos negros minúsculos podem estar a "esconder-se" dentro de estrelas (e a devorá-las por dentro)

Uma equipa de investigadores tem um novo palpite sobre onde procurar a misteriosa matéria escura: esta pode estar a assumir a forma de buracos negros endoparasitários. De acordo com o ScienceAlert, buracos negros primordiais minúsculos, quase …

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …