Marcelo falou com o Presidente ucraniano sobre a morte de Ihor Homeniuk

António Pedro Santos / Lusa

O Presidente da República conversou com o homólogo ucraniano sobre o homicídio de um cidadão nas instalações do SEF, tendo Volodymyr Zelensky pedido a Portugal para “garantir uma investigação completa e imparcial”.

De acordo com um comunicado divulgado na página da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa e Volodymyr Zelensky conversaram durante uma hora e, entre vários assuntos abordados, “debruçaram-se sobre o caso” de Ihor Homeniuk.

O chefe de Estado ucraniano “agradeceu à parte portuguesa pela justa compensação e preocupação perante” a família do cidadão ucraniano que foi morto por inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), em março do ano passado, nas instalações do SEF no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

“Estamos confiantes de que a parte portuguesa irá garantir uma investigação completa e imparcial sobre as circunstâncias da morte do cidadão ucraniano Ihor Homeniuk”, disse Volodymyr Zelenskyy durante a conversa com Marcelo Rebelo de Sousa, segundo a mesma nota.

O cidadão ucraniano morreu na sequência de violentas agressões por três inspetores do SEF, que estão acusados de homicídio qualificado, com a alegada cumplicidade ou encobrimento de outros 12 inspetores. O julgamento deste caso começa a 20 de janeiro.

O primeiro-ministro assinou, esta terça-feira, o despacho que determina o pagamento “urgente” de uma indemnização aos familiares do cidadão ucraniano, sendo o valor o fixado pela Provedora de Justiça. A família de Ihor Homeniuk vai receber uma indemnização de mais de 800 mil euros.

Nove meses depois do alegado homicídio, a então diretora do SEF, Cristina Gatões, demitiu-se, depois de vários partidos exigirem consequências políticas sobre este assunto.

As mesmas forças políticas também exigiram a demissão do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que não acedeu à exigência e considerou que Cristina Gatões “fez bem em entender” que devia “cessar funções”, já que não teria condições para liderar o processo de restruturação do organismo.

Marcelo Rebelo de Sousa, que é recandidato a um segundo mandato, foi criticado por vários partidos e adversários na corrida a Belém por não ter contactado a família de Ihor Homeniuk depois de conhecido o caso. O Presidente foi também acusado de ter estado em silêncio durante nove meses.

Sobre estas acusações, o Presidente respondeu que entendeu que não o deveria fazer para “não abrir exceção” e porque ainda estava a decorrer a investigação ao caso.

Segundo a mesma nota da Presidência, os dois líderes discutiram ainda “questões importantes da agenda bilateral, em primeiro lugar, a intensificação da cooperação comercial e económica, assim como a continuação do diálogo no mais alto nível”.

Os Presidentes também concordaram que as áreas importantes para a cooperação entre a Ucrânia e Portugal são, entre outros, “o comércio, a energia, as infraestruturas espaciais, a digitalização e a cooperação científica e técnica”.

Zelenskyy levantou ainda a questão da distribuição solidária da vacina certificada e a possibilidade de obtê-la na Ucrânia num futuro próximo. “Ficarei grato pela ajuda no fornecimento das primeiras vacinas COVAX em janeiro-fevereiro”, disse.

Durante a conversa, o Presidente da Ucrânia “renovou o convite ao seu homólogo português para uma visita oficial à Ucrânia”, ao qual Marcelo Rebelo de Sousa respondeu com um convite “para visitar Portugal durante a presidência portuguesa da UE no primeiro semestre de 2021″.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de "vulnerabilidade" (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de "vulnerabilidade". O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo …

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …

Só pela profissão, professores "não são grupo de risco"

Graça Freitas reconheceu a importância dos professores "para o funcionamento do país", mas rejeitou considerá-los um grupo de risco esta sexta-feira. Os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as …

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …

Maduro ofereceu oxigénio ao Amazonas (quando há venezuelanos a morrerem por falta dele)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ofereceu oxigénio hospitalar ao Estado do Amazonas, no Brasil, para ajudar a combater a falta deste gás devido ao elevado número de casos de covid-19. Uma generosidade que está …

Pior dia da pandemia. Portugal regista 10.947 infetados e 166 mortos em 24 horas

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que, este sábado, Portugal atingiu dois recordes num só dia. Portugal voltou a registar um novo máximo este sábado, no dia dois do novo confinamento. Nas últimas …

Vírus duplica incidência em Espanha. Já provocou quase 2.500 mortos em 2021

Nos primeiros 15 dias de 2021, o número de infeções por covid-19 duplicaram em Espanha, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias. Espanha começou o ano de 2021 com …