O maior avião do mundo voou pela primeira vez. E fez história

(h) Stratolaunch / EPA

Stratolaunch, o maior avião do mundo voou neste sábado pela primeira vez no Deserto de Mojave, no estado norte-americano da Califórnia. No seu voo inaugural, a enorme aeronave – de maiores dimensões do que um campo de futebol – fez história, batendo um novo recorde. 

O gigante da empresa Stratolaunch Systems, equipado com seis grandes motores turbofan, fez um tour de teste durante duas horas e meia, no qual foram avaliadas as qualidades de condução. De seguida, aterrou com sucesso.

De acordo com a empresa, o avião subiu até aos 5.200 metros de altitude, atingindo uma velocidade máxima de 304 quilómetros por hora.

“Na maior parte do tempo, o avião comportou-se como prevíamos”, disse Evan Thomas, antigo piloto da Força aérea norte-americana que conduziu o primeiro voo. “No geral, foi fantástico. Honestamente, não podia esperar mais de um primeiro voo, especialmente num avião com a complexidade e características únicas deste”.

“Finalmente conseguimos!”, declarou o CEO da Stratolaunch Systems, Jean Floyd, em conferência de imprensa. “Foi um momento de grande emoção ver aquele pássaro enorme a levantar voo”, completou.

O avião é composto por duas fuselagens gémeas de 72 metros, criadas a partir de dois antigos Boeing 747 da United Airlines. A sua envergadura [comprimento da ponta de uma asa à outra] ascende aos 117 metros, o equivalente à área de um campo de futebol. Do nariz à cauda, tem um comprimento de 73 metros. É um recorde na história da aviação.

O avião bateu um recorde com 71 anos. Até então, o pódio da maior aeronave pertencia ao hidroavião Hughes H-4 Hercules, que tinha 98 metros de envergadura. O seu voo inaugural remonta a 1947, tal como observa o Pplware.

Thomas Zurbuchen, da Direção de Missões Científicas da NASA, frisou o feito histórico que o avião alcançou. “A equipa Stratolaunch alcançou um marco histórico com a fuga deste avião recorde, trata-se de ir ao limite do espaço e além”, escreveu no Twitter.

O Stratolaunch foi projetado para a transportar e lançar foguetes para a órbita da Terra, prometendo oferecer às forças militares, às empresas privadas e até mesmo à agência espacial norte-americana, uma forma mais barata de chegar até ao espaço.

Em 9 de janeiro, o avião realizou vários testes durante os quais atingiu um velocidade máxima de 219 quilómetros por hora com o trem de aterragem levantado.

A empresa foi fundada em 2011 pelo co-fundado da Microsoft, Paul Allen, que faleceu em outubro passado, aos 65 anos, devido a um linfoma. “Sonhei com este momento durante anos, mas nunca o imaginei [alcançá-lo] sem o Paul ao meu lado”, disse Floyd.

O evento foi observado de perto por vários fotógrafos, entusiastas da aviação e especialistas da indústria aeroespacial.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os motores são turbofan que não tem tradução para português. No artigo está turbo-helice o que é completamente errado pois se trata de um motor completamente diferente.

  2. Acho que não vale muito a pena fazer este comentário, pela resposta que recebi a um outro que fiz há dias. No entanto, como se trata de um erro conceptual, cá vai: na afirmação “A sua envergadura [comprimento da ponta de uma asa à outra] ascende aos 117 metros, o equivalente à área de um campo de futebol.” compara-se um comprimento com uma área! São duas dimensões não comparáveis.

Responder a ZAP Cancelar resposta

Renda acessível pode pôr casas a 650 euros em Lisboa e 500 no Porto

Numa altura em que o mercado imobiliário está ao rubro, com os preços em máximos, as rendas estão em níveis cada vez mais incomportáveis para a maioria das famílias que poderão encontrar neste programa uma …

Governo deverá anunciar medidas para bloquear coleção Berardo após as eleições

Num momento em que se tornou público que a Fundação Berardo corre risco de falência, três ministérios estudam as medidas para preservar a coleção do empresário e mantê-la aberta ao público. "Será em breve", garantiram os …

Europeias: PS com candidatos "escondidos", CDU só observa e Rangel já faz rimas ao primeiro-ministro

A dias do escrutínio para o Parlamento Europeu, PS acusou o BE de ser ambíguo, CDS critica respostas de Costa sobre Tancos e PSD quer ver "candidatos escondidos" do PS. Até já há rimas para …

Na corrida às Europeias, o PS está à frente do PSD (e o Bloco já vale o dobro do CDS)

O PS e a Esquerda crescem, o PSD e a Direita perdem. Segundo uma sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF, os socialistas somam 32,4% da intenção de voto, enquanto o PSD …

CGD ainda é dos bancos que têm mais crédito para investir em ações

Os bancos cortaram nos empréstimos para a compra de ações desde a crise. Mas têm ainda um valor elevado de financiamentos deste tipo. Este crédito é visto com cautela pelos supervisores e levaram a que bancos …

Partido de Modi a caminho de resultado histórico na Índia

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e o seu partido nacionalista hindu lideram a contagem de votos nas legislativas do país. Às 10h05 (05h35 em Lisboa), o Partido Bharatiya Janata (BJP, ou Partido do Povo Indiano, no …

Hells Angels saem em liberdade (mas com várias proibições)

Os 17 elementos do grupo Hells Angels detidos pela Polícia Judiciária na terça-feira saíram todos em liberdade, após primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa, disseram à agência Lusa advogados no …

Arqueólogos resolveram o mistério dos "porcos" de Barbados

Em Barbados, país insular soberano nas Pequenas Antilhas, existe um mistério histórico desde que os primeiros colonos ingleses chegaram em 1627. À chegada, os exploradores encontraram o que pensavam ser uma vara de porcos europeus selvagens. …

230 professores que pediram pré-reforma ainda não tiveram luz verde

Foram 230 os pedidos de professores interessados em pedir a pré-reforma que chegaram à Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE). Mas até agora nenhum deles teve luz verde para avançar. A pré-reforma com suspensão da prestação de …

Theresa May pode demitir-se esta sexta-feira

A pressão sobre Theresa May tornou-se insuportável, segundo o jornal britânico The Times, que cita fontes dos conservadores próximas de May, após mais uma demissão no executivo de Londres. De acordo com o jornal, a primeira-ministra …