Lula da Silva aceita ser ministro e consegue imunidade judicial

Antonio Cruz / Agência Brasil

Lula da Silva e Dilma Rousseff

Lula da Silva e Dilma Rousseff

O antigo presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva deverá aceitar integrar o Governo de Dilma Rousseff, conseguindo assim imunidade judicial que o afasta das investigações da Operação Lava Jato.

O jornal brasileiro O Globo revelou que Lula tem marcada para esta terça-feira uma conversa com Dilma Rousseff, dada como definitiva para a atribuição de um ministério.

O jornalista Lauro Jardim garante que ontem Lula avisou vários dos seus conselheiros do Partido dos Trabalhadores que já tinha decidido aceitar o convite para integrar um ministério e voltar ao Palácio do Planalto, com uma possível nomeação para a Casa Civil ou para a Secretaria de Governo, onde ficaria a cargo das relações políticas.

Ao assumir um cargo, Lula da Silva consegue imunidade judicial, depois de o Ministério Público de São Paulo ter pedido a sua prisão preventiva no âmbito de uma investigação sobre crimes cometidos na aquisição de um apartamento de luxo, relacionadas com as construtoras envolvidas no escândalo de corrupção da Petrobras.

Assim, o ex-presidente do Brasil deixará de ser investigado pelos procuradores de São Paulo e pelo implacável juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato, passando as investigações para o Supremo Tribunal Federal (STF).

O Estado de São Paulo avança ainda que a decisão de Lula só ainda não foi anunciada porque o Governo e advogados de Lula da Silva estudam se não há entraves jurídicos à posse, evitando que Dilma Rousseff seja acusada de obstruir a Justiça.

Atualização: Lula assume cargo de ministro da Casa Civil de Dilma

“Quem tem um Messi quer um Messi no seu time”

Lula da Silva chegou esta manhã a Brasília para um encontro com a presidente Dilma Rousseff, e oficialmente a sua ida para um superministério teria dois objetivos: a recuperação económica e a articulação política para travar o impeachment de Dilma, depois das manifestações deste domingo.

De acordo com o jornal, o ex-presidente irá apresentar exigências para aceitar integrar o governo, entre as quais mudanças na política económica para agradar a sindicatos e movimentos sociais.

Para o deputado Wadih Damous, do PT, a reconhecida habilidade do ex-presidente de dialogar e formar consensos vai ajudar o governo a superar as inúmeras dificuldades com os partidos aliados, especialmente com o PMDB (do vice-Presidente Michel Temer), que dá sinais de que pretende afastar-se do governo.

“Não podemos negar as evidência de que o governo está muito fragilizado e o presidente Lula é muito agregador, tem passado por todos os segmentos da política, tem prestígio internacional, foi o presidente mais bem avaliado da história do Brasil”, afirmou.

E recorreu a uma metáfora futebolística para justificar o apoio: “Quem tem um Pelé, quem tem um Maradona, um Messi; quer um Pelé, um Maradona, um Messi no seu time. Então, o presidente Lula engrossando o time do governo é bom para o governo”, acrescentou.

O Globo sublinha que o grande desafio de Lula caso aceite assumir um superministério será convencer a opinião pública que não está apenas a tentar fugir do juiz Sérgio Moro, que investiga a operação Lava-Jato, ao fazer com que o seu processo seja julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

No último fim de semana milhares de brasileiros saíram à rua para protestar contra a corrupção e a pedir a demissão de Dilma Rousseff, na sequência da investigação Lava Jato.

Para o deputado da oposição Pauderney Avelino, líder do DEM, nomear Lula ministro seria uma bofetada na cara da população que foi às ruas.

Na avaliação da oposição, a nomeação seria uma tentativa do governo de proteger o ex-presidente das investigações da Operação Lava Jato pela Justiça Federal do Paraná.

“Esse ato de nomeação é nulo, uma vez que a nomeação não tem outro objetivo que não blindar o Lula para o STF”, afirmou Pauderney Avelino, que avança que a oposição pretende recorrer à Justiça para impedir uma eventual nomeação de Lula, argumentando que a medida seria uma tentativa de “fraude à lei” e “desvio de finalidade”.

AF, ZAP / Move / Agência Brasil

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Mais escandaloso e comprovativo do que isto parece não poder existir, como é que uma presidente e um ex-presidente de um país conseguem chegar a um ponto destes!

  2. Não há palavras… Isto é um dos maiores escândalos políticos… Corruptos que dão cargos políticos a outros para terem imunidade… Sim senhora isto vais mesmo longe… Se a moda pega!

    É por estas e por outras que a imunidade política deve ser abolida… Não tem lógica esta gente ter imunidade… Só se for para poder roubar e matar sem castigo…

  3. Não há palavras… Isto é um dos maiores escândalos políticos… Corruptos que dão cargos políticos a outros para terem imunidade… Sim senhora isto vais mesmo longe… Se a moda pega!

    É por estas e por outras que a imunidade política deve ser abolida… Não tem lógica esta gente ter imunidade… Só se for para poder roubar e matar sem castigo…

RESPONDER

Pandemia deixa dezenas de bebés por registar, o que pode "potenciar o tráfico humano"

O encerramento do balcão "Nascer Cidadão", durante a fase mais crítica da pandemia, impediu o registo de bebés nascidos nessa altura. Citando fontes do Hospital de Faro, a rádio TSF avança que as campainhas de alarme …

Auditoria revela 52 casos de envio de dados na CML. Medina lamenta "prática inadequada" (e faz uma demissão)

A auditoria interna pedida por Fernando Medina conclui que a Câmara Municipal de Lisboa enviou dados pessoais de manifestantes a embaixadas 52 vezes, desde que entrou em vigor o Regime Geral de Proteção de Dados …

Salgado chama seis familiares a depor, incluindo um tio de 102 anos

A defesa do ex-presidente do BES vai chamar 40 testemunhas para depor no julgamento no âmbito da Operação Marquês. A lista inclui seis familiares, incluindo um tio de 102 anos. De acordo com o semanário Expresso, …

"Mais próximos do normal". Espanha levanta obrigação de máscaras no exterior na próxima semana

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou hoje que as máscaras vão deixar de ser obrigatórias nos espaços exteriores em Espanha a partir de sábado, dia 26 de junho. "Este será o último fim de semana com …

"É o Governo que tem poder de decidir", diz Marcelo sobre Lisboa

O Presidente da República, que se encontra nos Estados Unidos, escusou-se a comentar as medidas sanitárias decretadas pelo Governo em relação à Área Metropolitana de Lisboa. O Chefe de Estado voltou a frisar à RTP que …

Em Portugal, cinco pessoas morreram após terem vacinação completa. Números não são "preocupantes"

Segundo a Direção-Geral de Saúde, 1.231 pessoas ficaram infetadas com covid-19 já depois de ter concluído o processo de vacinação há 14 dias, 26 delas estão internadas. A Direção-Geral da Saúde (DGS) reportou a existência de …

Aulas acabam hoje para 240 mil alunos. Ano correu "melhor que o anterior, com menos aprendizagens perdidas"

O ano letivo termina hoje para os 9.º, 10.º e 11.º anos.Para cerca de 240 mil alunos hoje é dia de despedidas, depois de mais um ano afetado pela covid-19 que levou a que parte …

Benfica pode perder Grimaldo e Nuno Tavares, mas tem trunfo do Brasileirão na manga

Confrontado com a possibilidade de perder os seus dois laterais-esquerdos, Álex Grimaldo e Nuno Tavares, o Benfica estuda a contratação de Guilherme Arana. O Benfica pode perder dois laterais-esquerdos neste mercado de transferências. A situação de …

Se Portugal tiver 11 Sérgios Conceição "pode estar muito perto de ganhar" à Alemanha

A última vitória de Portugal frente à Alemanha foi no Euro 2000, na Holanda, com uma goleada de 3-0 graças a um hat-trick de Sérgio Conceição. Na antecipação do novo embate entre as duas equipas …

Rui Moreira recandidata-se ao último mandato com a promessa de um "futuro ainda melhor" para o Porto

O atual presidente da Câmara do Porto afirmou, esta quinta-feira, querer concluir os projetos que a pandemia da covid-19 "atrasou" e ter condições para "projetar um futuro ainda melhor" para a cidade. "Quero concluir os projetos …