Laboratório procura voluntários para contrair Covid-19 (e paga milhares de euros)

eneas / Flickr

Investigadores do Reino Unido estão à procura de 24 voluntários para um ensaio médico que visa encontrar uma vacina para o Covid-19, o novo coronavírus que já matou mais de 3.800 em todo o mundo e infetou pelo menos 110 mil.

Os coronavírus são uma grande família de vírus que causa uma variedade de doenças e infecões, incluindo Síndrome Respiratória no Oriente Médio (MERS), Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), constipação e agora Covid-19. Depois de os cientistas chineses terem divulgado dados genéticos sobre o novo SARS-CoV-2 do coronavírus, investigadores de todo o mundo uniram-se para encontrar uma vacina.

De acordo com o jornal britânico The Times, a Hvivo, que administra o laboratório de quarentena do Centro de Inovação Queen Mary BioEnterprises, em Londres, é uma das muitas empresas que desenvolvem uma injeção para combater o COVID-19.

Se o Hvivo tiver permissão da Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde do Reino Unido, o ensaio médico será realizado.

Os voluntários serão questionados sobre o seu histórico médico e receberão uma série de exames médicos, incluindo a triagem de anticorpos contra o coronavírus. “Na verdade, todos nós fomos expostos a muitos coronavírus, o que significa que poderíamos ter algum tipo de imunidade subjacente a isso”, afirmou Andrew Catchpole, principal cientista do Hvivo.

Os participantes, que receberão cerca de quatro mil euros, serão injetados com duas cepas mais fracas do coronavírus, 0C43 e 229E, que podem causar doenças respiratórias leves, o que permitirá que os investigadores testem novas vacinas e medicamentos antivirais num ambiente controlado.

Os voluntários serão colocados em quarentena por 14 dias e monitorizados por médicos e enfermeiros em equipamentos de proteção, que serão o seu único contacto humano durante a quinzena.

Os pacientes terão sintomas leves de tosse ou constipação, disse John Oxford, especialista em virologia da Universidade Queen Mary de Londres. Cotonetes e lenços sujos serão guardados para medir a sua carga viral.

Vários outros laboratórios ao redor do mundo têm protótipos de vacinas para o Covid-19, que já começaram a testar em animais. Se tiverem sucesso, os testes em humanos podem começar já no próximo mês. Se também forem bem-sucedidos, a vacina poderá estar  disponível no início do próximo ano.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E é a recibos verdes ou entra-se diretamente para o quadro? Tem-se direito a férias? Pagam deslocações? Oferecem almoço e jantar, viatura de serviço e telemóvel?

  2. Podiam arranjar milhares de voluntários, pelas prisões, a custo zero.

    Eu sei que isto parece um pouco à Dr Mengele. Mas, seria uma contribuição justa para anti-sociais.

RESPONDER

Turquia retém avião com ventiladores para Espanha

A ministra das Relações Exteriores de Espanha, Arancha González Laya, disse esta sexta-feira que as autoridades da Turquia retêm em Ancara um avião oriundo da China com ventiladores, para combater a pandemia de covid-19. A ministra …

Arqueólogos revelam condições horríveis de campo de concentração nazi no Reino Unido

Uma equipa de arqueólogos revelou as condições horríveis de um campo de concentração nazi em Alderney, a ilha britânica mais setentrional do Canal da Mancha, onde estavam prisioneiros políticos e trabalhadores forçados durante a Segunda …

Governo quer reabrir ensino secundário a 4 de maio. Telescola deve arrancar depois da Páscoa

O Governo está a preparar a reabertura das escolas apenas para o ensino secundário para 4 de maio. Ainda falta ouvir a Direção-geral da Saúde, os especialistas, o Conselho Nacional de Educação e o Conselho …

“Não há razão para alarme”. Governo quer perdoar penas até dois anos e antecipar liberdade condicional

A proposta de lei do Governo que estabelece um regime excecional para as prisões, no âmbito da pandemia covid-19, já deu entrada na Assembleia da República, podendo ser consultada na página oficial do Parlamento. No diploma, …

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …