Morte de Jamal Khashoggi. Tribunal saudita condena oito pessoas

pomed / Flickr

O jornalista saudita Jamal Khashoggi

Um tribunal saudita anunciou a comutação de cinco condenações à morte pelo homicídio de Jamal Khashoggi, decretando em vez disso uma pena de 20 anos de prisão para cada.

Esta segunda-feira, um tribunal da Arábia Saudita condenou oito pessoas pela morte do jornalista Jamal Khashoggi no consulado do país em Istambul. A televisão estatal Al Ekhbariya TV avançou que cinco pessoas foram condenadas a 20 anos de prisão, uma a dez anos e outras duas a sete.

A pena capital pelo assassínio do jornalista foi, assim, reduzida para 20 anos de prisão. Segundo o Público, a comutação das cinco condenações à morte foi justificada com o facto de os filhos de Khashoggi terem declarado que perdoavam os assassinos.

As penas entre sete e dez anos de prisão para outros três condenados foram mantidas.

O jornalista foi morto em outubro de 2018, no interior do consulado saudita em Istambul, e o seu corpo nunca apareceu. As autoridades sauditas foram apresentando várias versões para o sucedido, culpando por fim os agentes por terem levado a cabo uma operação não autorizada.

Agnès Callamard, relatora especial das Nações Unidas que investigou o caso, reagiu ao veredito afirmando que este processo “é uma farsa” que condena a equipa de assassinos, mas deixa de fora “os altos responsáveis que organizaram e promoveram a execução de Jamal Khashoggi”.

A CIA suspeita que quem mandou assassinar o jornalista foi o príncipe herdeiro, Mohammed bin Salman (MBS). Callamard já tinha escrito num relatório, datado de junho de 2019, que Khashoggi foi vítima de uma “execução deliberada e premeditada” levada a cabo por “agentes sauditas, agindo sob a capa do seu estatuto oficial e usando meios do Estado”.

Callamard repetiu que estes vereditos “não retiram nenhuma pressão a governos” para “assegurar que todos os responsáveis, incluindo os de topo, sejam investigados”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A icónica tapeçaria "Guernica" de Picasso foi retirada da ONU. Rockfeller pediu-a de volta

A icónica tapeçaria "Guernica", de Pablo Picasso, foi retirada do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) onde estava há mais de 30 anos. A pintura “Guernica”, considerada uma das obras-primas de Picasso …

Este robô-tartaruga não precisa de circuitos eletrónicos para andar. Basta ar

O robô macio de quatro patas, criado por uma equipa da Universidade da Califórnia, não precisa de nenhum circuito eletrónico para funcionar. Os robôs macios têm captado a atenção dos cientistas e o mais recente, criado …

Norte-americano cria secretária para manter crianças seguras durante os tiroteios nas escolas

Um norte-americano desenvolveu uma secretária à prova de bala para assegurar um lugar seguro às crianças dos Estados Unidos em situações de tiroteio. Passaram três anos desde que, a 14 de fevereiro de 2018, Nikolas Cruz entrou …

A Cidade do México proibiu tampões menstruais com aplicador. Agora, as mulheres estão furiosas

A Cidade do México já tinha proibido outros objetos compostos por plástico, como é o caso de copos e palhinhas, mas agora foi mais longe e resolveu banir os tampões menstruais que contém aplicadores. No …

Benfica 2-0 Rio Ave | Águia volta a voar

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS, três jogos depois. A formação “encarnada” recebeu e venceu o Rio Ave por 2-0, com os dois golos apontados por Haris Seferovic e Pizzi numa segunda parte …

Criança de dois anos cai do 12º andar (mas acaba por ser salva por estafeta)

No passado domingo, em Honói, na capital do Vietname, um estafeta salvou a vida de uma criança de dois anos que caiu do 12° andar de um prédio. Nguyen Ngoc Manh é agora conhecido como …

Em França, livrarias e lojas de discos são agora "comércio essencial"

O decreto de lei do Governo francês, publicado na última sexta-feira, incluiu as livrarias e lojas de discos na lista do chamado "comércio essencial", podendo permanecer abertas em caso de confinamento. Em declarações à agência France-Presse, …

Icebergue maior que Nova Iorque parte-se perto de estação de investigação na Antártida

Um icebergue gigante partiu-se esta sexta-feira na plataforma de gelo de Brunt, na Antártida, perto de um posto de investigação do British Antartic Survey (BAS). O bloco de gelo, com 1.270 quilómetros quadrados, será ainda maior …

A Greenpeace está a atirar pedras gigantes para o Mar do Norte. Eis a razão

Na semana passada, a Greenpeace atirou pedras gigantes ao mar ao redor do Reino Unido. Esta ação faz parte do objetivo da organização de acabar com os barcos de pesca de arrasto no fundo do …

Deco avança para tribunal contra Apple por manipulação de desempenho dos iPhones 6

A Deco Proteste anunciou esta segunda-feira que avançou com uma ação judicial contra a Apple, acusando-a de práticas enganosas por ter manipulado os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para se tornarem obsoletos …