Juiz suspende nomeação de Lula da Silva

A Justiça Federal de Brasília suspendeu a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, o juiz Itagiba Catta Preta Neto entendeu que a questão é “complexa e também grave” e que o acto presidencial “pode indiciar o cometimento ou tentativa de crime de responsabilidade” por parte da presidente Dilma Rousseff na nomeação de Lula ao cargo de superministro.

Segundo o juiz da 4ª Vara Federal do Distrito Federal, a presidente Dilma Rousseff teria usado o cargo de ministro com o único propósito de mudar o juiz responsável por conduzir as investigações contra Lula. Através do foro privilegiado conferido aos ministros, o caso seria enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) em vez de ser investigado pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba.

“A posse e exercício no cargo podem ensejar intervenção, indevida e odiosa, na atividade policial e do Ministério Público e mesmo no exercício do Poder Judiciário pelo senhor Luiz Inácio Lula da Silva”, afirma o juiz.

A notícia surgiu cerca de uma hora depois da cerimónia de tomada de posse da Casa Civil – que inicialmente estava prevista para terça-feira, mas foi antecipada -, que por sua vez ocorreu horas depois do juiz Sérgio Moro ter divulgado escutas telefónicas que sugerem que Dilma nomeou Lula para o ajudar a evitar a prisão no âmbito da operação Lava-Jato.

Numa conversa gravada ontem, ainda antes do anúncio oficial que o ex-presidente seria chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff diz a Lula que mandou alguém entregar-lhe o termo de posse, para ser usado “em caso de necessidade” – ou seja, caso a polícia federal resolvesse fazer novas buscas ao ex-Presidente ou mesmo tentar prendê-lo antes da investigação sair da sua alçada.

O jornal O Globo descreve que a medida liminar (decisão judicial provisória proferida no início do processo) que suspendeu a posse de Lula da Silva tem aplicação imediata e alcance nacional. O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, informou que o governo federal irá recorrer ainda esta quinta-feira da decisão.

De acordo com o advogado, a medida liminar não tem fundamento legal, dado que outro magistrado já estaria a cargo do processo. “Estamos tomando o conhecimento da situação para poder recorrer ainda hoje”, afirmou o ministro à Folha de São Paulo.

Entretanto, o juiz Itagiba Catta Preta Neto está a ser escrutinado nas redes sociais. O magistrado terá participado em manifestações contra o Executivo e difundido mensagens críticas da Presidente no seu perfil no Facebook, que entretanto terá sido apagado.

“Os golpes começam assim”

Na cerimónia de tomada de posse, Dilma Rousseff referiu-se às escutas afirmando que “estamos diante de um facto grave. De uma agressão não à minha pessoa mas à cidadania, à democracia e à nossa constituição”.

Os golpes começam assim“, avisou a Presidente brasileira. “O Brasil não pode se tomar submisso a uma conjuração que invade as prerrogativas constitucionais da Presidenta da República”, defendeu, acrescentando: “se ferem as prerrogativas da presidente, o que farão com a dos cidadãos?”

O juiz Sérgio Moro, no entanto, defende que as escutas foram feitas com “justa causa e autorização legal”, lembrando o caso Watergate para afirmar que “nem o supremo mandatário da República tem privilégio absoluto”.

Para Moro, a imunidade de Dilma não altera a legalidade das escutas nem a sua divulgação, já que “o interceptado era o investigado e não a autoridade, sendo a comunicação interceptada fortuitamente”, e tendo em conta o “conteúdo relevante no contexto das investigações”.

Entretanto, manifestações pró e contra Lula e Dilma estão a concentrar-se em Brasília e em São Paulo.

Lucio Bernardo Jr / Câmara dos Deputados

Manifestantes protestam em frente ao Palácio do Planalto, contra a nomeação do ex-presidente Lula, como Ministro da Casa Civil

Manifestantes protestam em frente ao Palácio do Planalto, contra a nomeação do ex-presidente Lula, como Ministro da Casa Civil

Em Brasília, os dois grupos estão separadas por um espaço de cerca de 100 metros, na Esplanada dos Ministérios, com a Polícia Militar posicionada entre os dois protestos para travar confrontos e evitar a violência. Ao início da tarde, encontravam-se no local cerca de três mil manifestantes contra o Governo e 300 a favor.

Em São Paulo, centenas de pessoas saíram à rua desde esta quarta-feira a pedir a prisão do ex-presidente e o impeachment da sua sucessora.

AF, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …

Seca pode ser a "próxima pandemia e não há vacinas que a curem", alerta a ONU

A seca e a escassez de água podem afetar o planeta de forma sistémica se não forem tomadas medidas urgentes sobre a gestão da água e dos solos, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) …

Três portugueses morrem em desabamento de escola na Bélgica

O desabamento de uma escola em construção em Antuérpia, na Bélgica, provocou, esta sexta-feira, a morte de três portugueses. As circunstâncias em que o desabamento ocorreu ainda não são conhecidas. Fonte consular portuguesa confirmou à RTP …

António Oliveira desiste de candidatura à Câmara de Gaia

Esta sexta-feira, numa reunião de emergência, António Oliveira, candidato à Câmara de Vila Nova de Gaia, anunciou ao líder do PSD, Rui Rio, a sua desistência da corrida eleitoral. António Oliveira tinha sido a escolha de …

Elemento da comitiva olímpica portuguesa recusou vacina

Todas as outras pessoas que estarão em Tóquio, a representar Portugal, já foram vacinados contra a COVID-19. Quase todos os membros da comitiva olímpica portuguesa, que vão estar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, foram vacinados contra …

Os balões incendiários são a mais recente arma nas tensões Israel-Hamas

Durante a noite, forças israelitas voltaram a quebrar o cessar-fogo e lançaram um ataque aéreo na Faixa de Gaza em resposta a balões incendiários lançados pelo Hamas. Ativistas palestinianos lançaram dezenas de balões incendiários por cima …