/

Já na Dinamarca, Carles Puigdemont arrisca ser detido a pedido de Espanha

(dv) Tariq Mikkel Khan / EPA

O ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont chegou hoje ao aeroporto da capital da Dinamarca num voo proveniente de Bruxelas para participar num debate na Universidade de Copenhaga e arrisca ser detido.

A Procuradoria espanhola anunciou no domingo que iria solicitar “de forma imediata” uma ordem internacional de detenção contra Puigdemont, caso o ex-presidente da região autónoma da Catalunha se deslocasse à Dinamarca.

Carles Puigdemon decidiu correr o risco e viajou para a Dinamarca num voo da companhia Ryanair que aterrou em Copenhaga às 08:20 (07:20 em Lisboa).

As autoridades judiciais espanholas já pediram à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra o ex-presidente da Generalitat, Carles Puigdemont.

De acordo com fontes da Fiscalia Geral do Estado, contactadas pela agência de notícias EFE, o pedido de detenção foi formalizado por Pablo Llarena, juiz do Tribunal Supremo e aplica-se apenas à Dinamarca.

Esta é a primeira viagem que o ex-presidente da região autónoma da Catalunha faz em 80 dias, desde que se encontra na Bélgica para onde fugiu no final de 2017.

Jaume Alonso-Cuevillas, advogado de Puigdemont, admitiu que o risco de detenção “é bastante alto”. O político catalão chegou ao aeroporto acompanhado por Josep María Matamala, empresário e amigo que o acompanha há três meses em Bruxelas, desde 30 de Outubro.

A viagem acontece no mesmo dia para o qual está previsto o anúncio do nome do candidato a próximo presidente da Generalitat. O anúncio acontece às 11h30 e será feito por Roger Torrent, o novo presidente do parlamento catalão, sendo o que o mais provável, segundo a imprensa espanhola, é que Puigdemont seja o único candidato com apoios.

O La Vanguardia escreve ainda que a ordem de detenção poderá não se concretizar a tempo, já que o político independentista prevê passar menos de 48 horas na capital dinamarquesa.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.