Terceiro pedido de recusa do juiz adia instrução do ataque à Academia do Sporting

Mário Cruz / Lusa

Academia de Alcochete

Depois de o Tribunal da Relação ter decidido por duas vezes manter o juiz de instrução Carlos Delca, há um terceiro pedido de recusa do magistrado, feito na última quinta-feira, que pode travar o início da instrução do processo em que estão envolvidos 44 arguidos.

O início da instrução, uma fase que funciona como um pré-julgamento para avaliar as provas dos crimes e decidir se o caso avança para julgamento, estava marcado para esta segunda-feira. Mas o pedido do advogado do arguido Tiago Filipe Neves poderá suspender esta fase até à decisão sobre o incidente de recusa, de acordo com o Observador.

O advogado Nuno Areias, do escritório de João Nabais, tinha recorrido para o Tribunal da Relação quando o juiz Carlos Delca declarou a especial complexidade do processo — alargando assim os prazos da acusação e das medidas de coação por sua iniciativa. Só depois o MP formulou o mesmo pedido e o juiz acabou por decretar a especial complexidade em janeiro de 2019.

Segundo um outro advogado, Aníbal Pinto, a Relação pronunciou-se agora sobre esse pedido e considerou que se o advogado considerava que o juiz não era imparcial, então devia suscitar um incidente de recusa. O juiz Carlos Delca já tinha sido recusado por dois outros arguidos. Em ambos os casos, o Tribunal da Relação considerou não haver motivos para afastar o juiz.

O processo pertence ao Tribunal de Instrução Criminal do Barreiro, mas, por razões de logística e de instalações, a fase instrutória iria decorrer na nova sala do edifício A do Campus da Justiça, no Parque das Nações, em Lisboa.

A instrução, fase facultativa em que Carlos Delca iria decidir se o processo segue para julgamento, foi requerida por mais de uma dezena de arguidos, entre os quais o ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e o antigo oficial de ligação aos adeptos do clube Bruno Jacinto.

Para hoje, estavam marcados os interrogatórios de quatro arguidos, Hugo Ribeiro (10h00), Celso Cordeiro (11h00), Sérgio Santos (14h00) e Elton Camará (15h00) e mais uma testemunha. Às 10h00 de terça-feira, seria interrogado o arguido Eduardo Nicodemus e, às 14:00, Bruno de Carvalho.

Os primeiros 23 detidos pela invasão à academia e consequentes agressões a técnicos, futebolistas e outros elementos da equipa leonina, ocorrida em 15 de maio do ano passado, ficaram todos sujeitos à medida de coação de prisão preventiva em 21 de maio.

Em 15 de novembro do ano passado, exatamente seis meses após o ataque à academia, a procuradora Cândida Vilar deduziu acusação contra 44 arguidos, incluindo Bruno de Carvalho e Mustafá, líder da claque Juventude Leonina.

Dos 44 arguidos do processo, 37 mantêm-se sujeitos à medida de coação mais gravosa: a prisão preventiva. Seis arguidos estão em liberdade, incluindo Bruno de Carvalho e o líder da claque Juve Leo, que estão ambos obrigados a apresentações diárias às autoridades. O arguido Celso Cordeiro vai passar entretanto de prisão preventiva para prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

O antigo oficial de ligação aos adeptos do clube Bruno Jacinto está entre os arguidos presos preventivamente, sendo acusado da autoria moral do ataque, tal como Bruno de Carvalho e Mustafá.

Para o MP, Bruno de Carvalho “encorajou” a decisão de o grupo de elementos da Juve Leo ir a Alcochete agredir os jogadores. Na acusação relembra posts do ex-presidente após a derrota da equipa em Madrid e após perder no Funchal com o Marítimo, em que criticou a equipa e alguns jogadores em particular. Adianta também que algumas declarações em grupos criados na rede social WhatsApp foram entendidas como aprovação para o que aconteceu.

Bruno de Carvalho chegou a estar detido durante cinco dias no posto da GNR de Alcochete, tendo sido libertado após pagar uma caução de 70 mil euros. Ficou com a obrigação de se apresentar diariamente na esquadra da polícia da área da sua residência.

Aos arguidos que participaram diretamente no ataque, o MP imputa-lhes a coautoria de crimes de terrorismo, 40 crimes de ameaça agravada, 38 crimes de sequestro, dois crimes de dano com violência, um crime de detenção de arma proibida agravado e um de introdução em lugar vedado ao público.

Bruno de Carvalho, Mustafá e Bruno Jacinto estão acusados, como autores morais, de 40 crimes de ameaça agravada, 19 de ofensa à integridade física qualificada, 38 de sequestro, um de detenção de arma proibida e crimes que são classificados como terrorismo, não quantificados. O líder da claque Juventude Leonina está também acusado de um crime de tráfico de droga.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta nova relação entre a biodiversidade dos animais e das florestas

Uma análise ao registo de imagens de 15 reservas de vida selvagem em florestas tropicais revelou uma relação até então desconhecida entre a biodiversidade de vários mamíferos e as florestas em que vivem. As florestas tropicais …

Pelo menos 17 mortos e 400 feridos em explosões na Guiné Equatorial

Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 400 ficaram feridas após várias explosões registadas, este domingo, num quartel militar na cidade de Bata, na Guiné Equatorial, informaram as autoridades. De acordo com dados do Ministério da …

Marques Mendes antecipa desconfinamento a 15 de março. Creches e 1º ciclo são os primeiros a abrir

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes revelou, este domingo, que as creches, pré-escolar e 1º ciclo deverão abrir já a 15 de março. Segundo o comentador, o plano que vai ser …

Olivier Dassault, deputado bilionário francês, morre em acidente de helicóptero

O deputado francês Olivier Dassault, neto do fundador da Dassault Aviation, morreu este domingo, aos 69 anos, num acidente de helicóptero, no nordeste de França, avança a Agência France-Press (AFP). O acidente aconteceu este domingo perto …

Teoria ensinada na escola pode estar errada. Há um "núcleo mais interno" no centro da Terra

Uma equipa de investigadores da Universidade Nacional da Austrália confirmou, rastreando milhares de modelos numéricos, a existência do "núcleo mais interno" nas profundezas da Terra.  Na escola, os estudantes costumam aprender que o planeta Terra é …

Sonda passa ao lado de Vénus, tira-lhe uma fotografia e surpreende cientistas da NASA

A imagem obtida pelo Wide-field Imager (WISPR) da Parker Solar Probe foi capturada a 12.380 quilómetros de Vénus. A Parker Solar Probe, da NASA, capturou vistas deslumbrantes de Vénus em julho de 2020. O alvo da …

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …