“Caiam em cima deles”. Telefonemas e testemunhos tramam Bruno de Carvalho

Rodrigo Antunes / Lusa

Bruno de Carvalho vai ficar detido por mais uma noite, estando indiciado pelos crimes de terrorismo, ofensas e sequestro. Telefonemas, mensagens de WhatsApp e testemunhos foram determinantes para a detenção do ex-presidente do Sporting que é suspeito de ser o autor moral do ataque à Academia leonina.

Bruno de Carvalho foi detido no domingo à tarde, e passou a noite no posto da GNR de Alcochete. O líder da claque Juventude Leonina, Nuno Mendes, mais conhecido por “Mustafá”, também se encontra detido, no posto do Montijo.

Os dois homens, suspeitos de serem os autores morais da invasão à Academia de Alcochete, que terminou com a agressão a vários jogadores do Sporting, vão ser ouvidos pelo juiz de instrução criminal do Tribunal do Barreiro, Carlos Delca, nesta terça-feira, às 10 da manhã, como avança a TSF.

Vão assim permanecer mais uma noite detidos, estando indiciados pelos crimes de terrorismo, ofensas e sequestro. “Mustafá” poderá ainda vir a ser indiciado pelo crime de tráfico de droga, já que as buscas efectuadas na sede da Juventude Leonina terão levado à apreensão de 20 gramas de cocaína, ainda segundo a TSF.

Eventuais acusações contra os dois suspeitos têm que ser apresentadas até ao dia 21 de Novembro, a data em que 23 dos arguidos do processo são libertados, no âmbito do fim da medida de coacção de prisão preventiva.

Jacinto está a colaborar com autoridades

As suspeitas contra Bruno de Carvalho, que surgiram logo desde o ataque à Academia, a 15 de Maio de 2018, foram consolidadas com o cruzamento de telefonemas, com mensagens na aplicação de telemóvel WhatsApp e com testemunhos de alguns dos implicados no caso, segundo avançam o Correio da Manhã (CM) e o Jornal de Notícias.

Dessa análise resulta a certeza, para os investigadores do Ministério Público (MP), de que Bruno de Carvalho foi o autor moral do ataque. A atestar este teoria estão, em particular, dois telefonemas que são divulgados pela CMTV.

“Caiam em cima deles”, terá dito Bruno de Carvalho numa conversa telefónica com Fernando Mendes, antigo líder da Juventude Leonina que também é arguido na investigação, dois dias antes do ataque, após a derrota do Sporting no terreno do Marítimo.

Essa conversa terá tido como testemunha o ex-vice-presidente do Sporting, Rui Caeiro, que poderá vir a testemunhar no caso.

O outro telefonema surgiu depois das agressões e após Bruno de Carvalho ter dito publicamente que se tratou de “um ataque hediondo”, e de ter anunciado o corte de relações com a Juventude Leonina. O ex-presidente leonino terá descansado “Mustafá”, garantindo-lhe, numa conversa telefónica, que o corte de relações tinha sido encenado.

Esta última conversa terá sido escutada pelo ex-oficial de ligação do Sporting aos adeptos, Bruno Jacinto, que também está detido no caso. O CM assegura que ele está a colaborar com as autoridades e que terá revelado aos investigadores que “Mustafá” lhe garantiu que tinha “luz verde” de Bruno de Carvalho para o ataque.

Bruno Jacinto facilitou a entrada dos adeptos que agrediram os jogadores na Academia, e depois ajudou alguns deles a abandonarem o local.

Bruno de Carvalho deve ficar em prisão preventiva

A investigação às agressões em Alcochete já levou à detenção de 40 pessoas, contando Bruno de Carvalho e Mustafá. Os restantes 38 suspeitos estão em prisão preventiva, incluindo Bruno Jacinto e Fernando Mendes.

O juiz de instrução vai, agora, avaliar as responsabilidades e indícios contra Bruno de Carvalho e “Mustafá”, mas “tendo em conta a gravidade dos crimes” e “eventualmente, a gravidade dos indícios, poderá vir a ser aplicada a prisão preventiva“, nota o antigo ministro da Administração Interna, Rui Pereira, à Rádio Renascença.

Já o advogado de Bruno de Carvalho, José Preto, lamenta as “actuações infamantes, aviltantes e vexatórias” das autoridades e fala mesmo em “abusos extraordinários”, conforme declarações divulgadas pela RTP.

José Preto critica em particular as buscas e detenção feitas num domingo à noite, nomeadamente no Dia de São Martinho, “uma data em que as famílias costumam reunir-se”.

O advogado também se queixa de que apreenderam o computador da filha do ex-presidente do Sporting, “que precisa dele para os trabalhos da escola”.

Além disso, José Preto estranha “a detenção fora de flagrante” quando Bruno de Carvalho já tinha manifestado a intenção “voluntária” de comparecer para “qualquer diligência”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. O Sr. Importante Bruno de Carvalho na cadeia. O Sr. que ia trazer a limpeza ao futebol português, alguém que na Assembleia da Republica porque o não deixaram falar todo o tempo que queria “amuou”, o maior de todos, quem os sportinguistas idolatravam … esse Bruno de Carvalho vai ficar preso? estou muito surpreendido

  2. Este indivíduo sempre demonstrou ser um sujeito com perturbações graves do foro psiquiátrico.
    Enganou tantos e bons sportinguistas. Já o outro foi do mesmo género, enganou milhões de portugueses (maioria absoluta) com a sua lábia fácil. Agora aguarda a decisão da Justiça.

  3. No futebol não há, e nunca houve, Pessoas de Bem, vivem a custa dos contribuintes, querem estes gostem ou não, a começar pelos 10 estádios de futebol atualmente alguns em ruínas, Negociatas com Jogadores e Agentes suspeitos de legalidades. etc…

    Bruno de Carvalho; Ser proprietário do Sporting, sem alterar os estatutos
    Pinto da Costa; Transforma Prostituas em Escritoras.
    Vale Azedo e Vieira do Benfica ; Venha lá o Diabo e escolha

  4. Independentemente do que o homem fez ou deixou de fazer, e não estou de todo a defendê-lo, antes pelo contrário, acho que as autoridades, neste como em outros casos, gostam e procuram o “show off”! E é lamentável essa atitude, que todos deveríamos estar a discutir também. BdC é um homem complicado, quicá patológico, e que muita gente desconfia ser realmente o autor moral do ataque à academia do Sporting. Mas já se tinha oferecido para prestar declarações! Logo, era suficiente as autoridades convocarem-no! Mas, não, tinha de ser num domingo à noite, para o show off das TVs e para “mostrar serviço”. Mais uma actuação lamentável das autoridades!

  5. o ataque a academia e terrorismo sim.. mas e entre amigos , agora o negocio do geraldes e do sporting para ganhar de qualquer maneira e que nao deve ser permitido nem passar despercebido…. 60 mil euros numa gaveta para distribuir por arbitros jogadores adversarios …isso pode nao ser terrorismo mas e a forma mais abejeta de corrupçao desportiva…..
    e urgente averiguar tal como sera urgente averiguar a invasao do centro da maia e as ameaças aos arbitros, os quais se calaram e nem queixa fizeram do crime….. .

RESPONDER

Empresa portuguesa quer produzir alface em câmaras frigoríficas (e podem ser levadas para Marte)

A empresa Grow to Green promete que vai produzir alimentos indoor. É possível gastar menos 98% de água na produção de alface, o que permite cultivá-lo diretamente no supermercado, no deserto ou, quem sabe um …

May rejeita novo referendo, apresenta Plano B do Brexit e pede ajuda à oposição

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, rejeitou esta segunda-feira convocar um segundo referendo sobre o Brexit e afirmou que espera voltar a debater com a União Europeia o controverso plano de salvaguarda elaborado para …

Porto vende 35 mil francesinhas por dia (e os turistas adoram)

O Porto vende pelo menos 35 mil francesinhas por dia nos mais de 700 cafés e restaurantes da cidade, o que significa que por mês há cerca de um milhão daquelas sanduíches especiais a serem …

China limita número de alpinistas autorizados a escalar Everest

O número total de alpinistas que tentam alcançar o topo do Everest, a 8.850 metros de altitude, a partir do norte, serão limitados a menos de 300, e a temporada de escalada será restringida à …

Rede francesa de solidariedade acolhe brasileiros que queiram fugir de Bolsonaro

Solidarité Brésil é o nome da iniciativa, lançada esta sexta-feira, em Paris, que tem como objetivo ajudar estudantes, artistas ou intelectuais que se sintam ameaçados no Brasil de Jair Bolsonaro. Podem ser estudantes, investigadores, artistas, professores, …

Todos os dias cinco portugueses tornam-se britânicos

Todos os dias, em média, cinco emigrantes portugueses tornam-se britânicos. Só entre janeiro de 2017 e setembro de 2018, 2.655 emigrantes no Reino Unido conseguiram obter cidadania britânica, número que supera o total de autorizações …

O maior encontro religioso do mundo leva 150 milhões de pessoas à Índia

Até 04 de março, são esperados na cidade indiana Allahabad cerca de 150 milhões de peregrinos, que buscam proteção e purificação nas águas que cruzam os rios sagrados Ganges, Yamuna e Saraswati, durante aquele que é …

Ciclistas indignados com anúncio que mostra bicicleta a ser abalroada

Um anúncio de publicidade do Continente em que um ciclista é abalroado por um automóvel está a gerar indignação. A Federação Portuguesa de Ciclismo já pediu a retirada do anúncio e apresentou queixa à Entidade …

Hoje, Wall Street parou. É dia de Martin Luther King Jr

Desde 1986 que se realiza, nos EUA, na terceira segunda-feira de janeiro, o dia de Martin Luther King Jr., um feriado federal. A bolsa de Nova York estará encerrada, assim como a maior parte das …

Vaticano acusado de conhecer má conduta de bispo argentino desde 2015

O Vaticano recebeu informações entre 2015 e 2017 de que um bispo argentino próximo do papa exibia um comportamento "obsceno" e foi acusado de má conduta com seminaristas, segundo um religioso citado pela Associated Press. As …