Juiz aponta líder da Juve Leo como suspeito de terror em Alcochete

Manuel Almeida / Lusa

O líder da Juve Leo, Nuno Miguel Mendes “Mustafá”

O juiz de instrução criminal do Barreiro, Carlos Delca, apontou o líder da Juventude Leonina, Nuno Miguel Mendes, mais conhecido por Mustafá, como sendo suspeito, depois de aplicar a prisão preventiva a 36 dos agressores que invadiram a Academia do Sporting em Alcochete.

De acordo com o Correio da Manhã, o magistrado refere-se à claque leonina como sendo uma “estrutura de âmbito nacional e carácter de permanência que foi liderado até outubro de 2016 pelo arguido Fernando Barata e a partir daí pelo suspeito Nuno Miguel Mendes, mais conhecido na claque leonina por Mustafá.

No despacho do juiz de instrução criminal, a que o jornal teve acesso, lê-se ainda que “os arguidos presos perfilham ideias totalmente incompatíveis com o espírito desportivo e exaltam à violência no desporto”.

Segundo a nota do magistrado, “os suspeitos atuam sempre integrados na Juve Leo liderada pelo suspeito Nuno Miguel Mendes com o propósito de concretizarem acções violentas contra número indeterminado de adeptos de clubes rivais, geralmente na via pública, provocando situações de guerrilha urbana, ou seja, ataques em grupo, criando assim um clima de terror e pânico nos dias de jogos”.

O magistrado acrescenta que “os arguidos, unindo esforços e combinando estratégias com, pelo menos, os demais arguidos já presos, organizaram, com outros elementos do grupo, Juve Leo, uma deslocação à Academia do Sporting em Alcochete”.

juventudeleonina1976 / Facebook

“Mustafá” é apontado como suspeito de terror em Alcochete

Alguns dias após as agressões na Academia do Sporting em Alcochete, Mustafá informou que iria ser instaurado um processo interno para averiguar o grau de envolvimento de membros da Juve Leo nos incidentes.

“Como sportinguista, condeno os actos praticados e em função das conclusões do inquérito, serão aplicadas as devidas sanções disciplinares”, disse Mustafá, que prometeu apoio incondicional “aos jogadores e suas famílias, à equipa técnica, muito especialmente a Jorge Jesus, à direcção, ao presidente Bruno de Carvalho e aos sócios do Sporting”.

Na altura, o líder da Juventude Leonina garantiu não ter havido qualquer pedido, sugestão ou aval de Bruno de Carvalho à claque para qualquer acção contra os futebolistas do Sporting.

Em nenhum momento houve um pedido, sugestão ou sequer aval do presidente ou de qualquer elemento do Sporting para que a Juve Leo desencadeasse qualquer ação contra os nossos jogadores, o nosso ‘mister’, o ‘staff’ técnico ou qualquer elemento da Academia de Alcochete”, disse Mustafá, durante a leitura de um comunicado à imprensa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Imagens de satélite indicam que Irão começou construções em instalação nuclear

Imagens de satélite divulgadas esta quarta-feira mostram atividades na instalação nuclear iraniana de Natanz, um dia depois de inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica confirmarem que o Irão iniciou a construção de uma central …

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …

OE2021. "Quem vota contra quer outro modelo ou desistiu de melhorar o SNS", diz Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, sustentou esta quarta-feira que os partidos que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2021 querem outro modelo de sistema de saúde ou desistiram de melhorar o SNS. Numa …