Há mais banqueiros suspeitos no caso Sócrates

Fernando Veludo / Lusa

O Ministério Público acredita que há outros banqueiros, além de Ricardo Salgado, sob suspeita no âmbito da investigação em torno da “Operação Marquês”, nomeadamente pelo eventual recebimento de comissões ilegais.

Estas suspeitas são apontadas na primeira certidão extraída do processo Operação Marquês, ordenando uma investigação autónoma, avança o DN.

O jornal teve acesso a esse despacho que evidencia que os últimos dados recebidos de contas bancárias na Suíça indiciam novas suspeitas sobre “pessoas distintas” das já constituídas arguidas.

O procurador Rosário Teixeira, que assina o despacho, aponta que se trata de “cidadãos portugueses” que “tinham responsabilidades em instituições financeiras e na concessão de crédito”, conforme cita o DN.

Estas palavras indiciam que há outros banqueiros sob suspeita, além de Ricardo Salgado, ex-presidente do BES, e de Armando Vara, ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos, ambos já constituídos arguidos na Operação Marquês.

Os novos dados surgem depois de o Ministério Público (MP) ter recebido da Suíça os extractos bancários de contas de Carlos Santos Silva, empresário e amigo de José Sócrates, de Joaquim Barroca, administrador do Grupo Lena, de offshores ligada a Armando Vara e de contas de Diogo Gaspar Ferreira e Rui Horta e Costa, gestores do empreendimento turístico de Vale do Lobo, no Algarve.

Os movimentos financeiros analisados, nas contas na Suíça e nas contas de responsáveis por instituições financeiras são “contemporâneos com intervenções e procedimentos de financiamento a clientes”, salienta o procurador no despacho citado pelo DN.

O jornal refere que pode estar em causa o crime de burla qualificada, notando que terá sido “gerado um engano sobre os interesses subjacentes aos financiamentos em causa”.

A Procuradoria-Geral da República adiou, neste mês, a fase investigação da Operação Marquês por mais três meses. Mas até ao fim de Abril, os investigadores têm que apontar mais dados sobre o evoluir do processo, nomeadamente se será preciso mais tempo para a fase de inquérito.

ZAP //

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Há gente que é cega! Com tantas “cenas estranhas” ainda acreditam na “presunção de inocência” do Pinócrates!

  2. Maquiavélico tudo isto…
    Os crimes indiciados e nunca confirmados e a própria máquina da justiça, parecem “um todo”, “maquiavélico polvo”.

  3. Mas restam dúvidas que banqueiros e políticos são uma corja de malandros, ladrões assumidos e gente sem ética?
    Está tudo metido numa embrulhada gigantesca que algum dia, se algum dia vier, se desmontará. Entretanto vão aparecendo outras. Qual delas a pior. Isto é um circulo que roda e roda sem fim.

    • Investiguem e depois que entre a justiça em ação. A Justiça é um dos pilares principais do regime democrático. Sejam justos e não justiceiros. Há quem refira que na saúde, na educação e etc. há sempre que investir; quase ninguém me entendia quando eu referia que em primeiro lugar do investimento deve ser na justiça. Eu não trabalho para o ramo da justiça, mas agora aqueles que me criticavam, agora começam a dar-me razão. Há que preservar a ética em todos ossectores e para alguns isso só admitem quando sabem que se não seguirem, a justiça irá sobre eles. O Estado que invista da justiça

  4. Digno de um Génio!
    Podemos concluir daqui que se a rede de corrupção for muito complexa e a justiça se estender a investigar cada tentáculo e a relaciona-los todos, quem vai sair prejudicado é o sistema judicial que vai parecer trapalhão.

    Concluindo: Corrupção e burlas com fartura = confusão total = desnorte aparente da justiça!
    De Génio!

  5. Eu penso que se continuarem a vasculhar, nem daqui a dez anos deixam de descobrir falcatruas e constituir arguidos. Tal é a rede de ladrões e chupistas. Heheheheh!! Pela operação marquês também descobriram que esse do Montepio recebeu milhão e meio do zé guilherme. Não há palavras. Só quem não conhece o que se passou na 1ª. república (de má memória) se poderá surpreender!!!

  6. Já investigaram a funcionaria da limpeza do Banco? Não ganha pró que veste, toda a gente sabe. Há um ardina em Coimbra que tambem mete desconfiança. Não tinha conta no Banco, mas anda de fiat 500 ( que agora é carissimo) com jantes especiais. Haverá que investigar também um trolha que é do Porto, mas pintava a casa de uma prima do Sócrates em Matosinhos.. Chegou até a pintar tambem uma casa que ficava numa quinta que era do tio irmão do Espirito Santo. Tambem em Matosinhos, só que ao pé do cais.

    Claro que isso vai demorar mais uns bons anos, mas já agora, leve o tempo que levar,…convinha que tudo ficasse bem esclarecido.

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …