Governo quer travar penhoras de casas por dívidas de valor muito inferior ao do imóvel

O PS aceitou incluir algumas das medidas propostas pelo PCP num projeto de lei que será debatido esta quinta-feira na Assembleia da República (AR). O objetivo é proteger as casas que sejam usadas como habitação própria permanente de serem vendidas para pagar dívidas de valor muito inferior ao do imóvel.

“O Governo aceitou incluir num texto de substituição algumas das nossas propostas”, disse João Oliveira, deputado do PCP, ao Diário de Notícias.

Do lado socialista, um porta-voz do partido confirmou que algumas medidas de proteção da morada de família propostas pela bancada comunista vão ser incluídas no texto de substituição ao projeto de lei que vai ser debatido de novo na generalidade na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

A morada de família está protegida e não pode ser penhorada nem vendida para pagamentos de dívidas fiscais. Contudo, não está protegida de penhora e execução em caso de outros tipos de dívidas, nomeadamente dívida de portagens ou telecomunicações. Uma situação para a qual a Deco tem vindo a alertar.

“Quase todos os dias nos chegam casos de famílias que, ou já ficaram sem casa ou estão em vias de perdê-la, devido a processos de penhora para pagamentos de dívidas de valor muito inferior ao imóvel onde residem”, contou Natália Nunes, coordenadora do gabinete de proteção financeira da Associação e Defesa dos Consumidores.

E defendeu: “O ideal seria consagrar na lei a proteção da casa de família para que não pudesse ser penhorada ou executada a sua venda judicialmente, a não ser que houvesse incumprimento no crédito à habitação”.

“Aquando da revisão do Código de Processo Civil, em abril de 2013, o PCP alertou para o facto de se permitir a perda da habitação de alguém que aufere o salário mínimo por uma dívida de 1800 euros”, lembra o diploma do PCP. Em 2015, o partido levou de novo uma proposta para alterar a lei, mas foi rejeitada.

“É urgente a alteração deste quadro legal que dá cobertura à generalização das situações de perda da habitação, restringindo a possibilidade de penhora ou execução a situações em que estejam esgotadas as possibilidades de pagamento de parte substancial do montante em dívida”, refere o texto do projeto de lei.

O mesmo propõe “que se elimine a possibilidade de penhora ou execução de hipoteca sobre a habitação quando se comprove a inexistência de rendimentos suficientes para assegurar a subsistência do executado ou do seu agregado familiar, incluindo no âmbito de processos de execução fiscal”.

E, ainda, que se restrinja a possibilidade de penhora ou execução de hipoteca sobre a habitação “às situações em que não seja possível garantir, pela penhora de outros bens ou rendimentos, o pagamento de dois terços do montante em dívida no prazo estabelecido para pagamento do crédito concedido para aquisição do imóvel”.

A venda do imóvel apenas poderá concretizar-se “quando o montante a realizar com essa venda seja superior ao que seria obtido com aquela penhora de outros bens e rendimentos do executado, podendo essa penhora incidir sobre rendimentos de terceiros que o executado indique, desde que obtido o respetivo consentimento”.

O objetivo é preservar “o direito à manutenção da habitação e privilegiam-se soluções alternativas àquelas que têm conduzido à situação, reconhecida generalizadamente como injusta, de empurrar para fora de casa famílias a quem já pouco ou nada resta de conforto”, adianta a proposta de projeto de lei.

Para o deputado João Oliveira, a proteção das casas das famílias é um tema urgente e cada vez mais está na ordem do dia, pelo que as alterações à lei devem ser aprovadas o quanto antes. “Porque pessoas que já perderam tudo não podem perder a casa.”

TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Astrónomos treinam IA para encontrar antigas colisões de galáxias

Há luzes brilhantes em todo o Universo que representam as colisões de galáxias. Os astrónomos encontraram agora uma nova forma de as encontrar. Há luzes brilhantes em todo o Universo que representam as colisões de galáxias. …

Inteligência Artificial está a reviver jogos de tabuleiro ancestrais

A Inteligência Artificial consegue descobrir, com um grande grau de precisão, o conjunto de regras de vários jogos de tabuleiro ancestrais. Jogos de tabuleiro com centenas de anos são, por vezes, encontrados em escavações arqueológicas. Sem …

Panteras da Flórida estão a agir como se tivessem sido envenenadas (e os cientistas não sabem porquê)

Algumas panteras da Flórida, nos Estados Unidos, estão a ter um comportamento estranho ao andar, quase como se tivessem sido envenenadas. Os cientistas ainda não conseguiram perceber porquê. De acordo com o Washington Post, pelo menos …

SL Benfica 0-2 FC Porto | "Dragão" astuto arranca triunfo na Luz

O FC Porto foi ao Estádio da Luz vencer o “clássico” por 2-0 e recuperar a desvantagem de três pontos que tinha no campeonato. Com uma estratégia muito bem montada, baseada numa grande pressão sobre o …

Câmaras de Inteligência Artificial podem ser a solução para evitar tiroteios

Câmaras de videovigilância com Inteligência Artificial podem ser a solução para pôr um fim aos tiroteios. Esta tecnologia é capaz de detetar armas de fogo e avisar logo de seguida as autoridades. Com as dificuldades em …

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% do que os médicos fazem é "fantochada"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …