Governo prepara sanções para empresas que paguem menos às mulheres

As empresas onde as mulheres ganhem menos do que os homens, em funções iguais, deverão vir a ser penalizados pelo Estado, nomeadamente no acesso a contratos públicos e a fundos europeus.

O jornal Público teve acesso às linhas orientadoras da nova proposta de Lei de combate à desigualdade salarial entre homens e mulheres que está a ser preparada pelo Governo e que deverá ser apresentada ao Parlamento até ao final de Abril.

De acordo com o diário, o Governo está a preparar a penalização das empresas onde as mulheres ganhem menos do que os homens, nomeadamente por via da não autorização ou da limitação de acesso a contratos com o Estado.

As empresas onde não exista igualdade salarial poderão assim vir a ser excluídas de concursos públicos para adjudicação de obras, mas também de programas de apoio estatal a estágios profissionais e do acesso a Fundos Estruturais da União Europeia.

O diploma está ainda a ser ultimado e será depois apresentado aos parceiros sociais para aprovação em Conselho da Concertação Social (CCS).

De acordo com dados do Eurostat relativos a 2015, em Portugal, a disparidade salarial entre homens e mulheres situa-se nos 17,8%, enquanto a média da União Europeia a 28 Estados-membros está nos 16,3%.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Em vez de se preocuparem em ter uma justiça e igualdade de trabalho real andam os nossos políticos a brincar com medidas a “granel” como estas. Em quanto não houver essa justiça e competência real no mercado de trabalho nenhum investidor estrangeiro que queira realmente investir (e não “sacar” fundos) vem para Portugal.
    No final, este tipo de medidas acaba mais por prejudicar do que favorecer.

  2. Então e as instituições estatais, também vão ser penalizadas????
    Trabalho numa universidade pública e a descriminação relacionada com o género é escandalosa, mais uma vez “faz o que eu digo, não faças o que eu faço”…

  3. Ao contrário do que dizem os senhores, esta medida é sim necessária. Mas claro como vossas senhorias ganham mais estão-se a lixar para quem ganha menos 🙁 É claro que faltam mais empregos e dignos, não precários como há muitos por aí

  4. Esta medida revela-se (caso seja verdadeira) uma incompetência da nossa liderança política. A atribuição de penalizações para empresas que não pagem o mesmo para ambos os gêneros significa que estamos a valorizar a incompetência. O facto de pagarmos o mesmo, significa que, por exemplo, se o homem trabalhar com mais eficiência e em maior quantidade ele não poderá ser recompensado por essa mesma eficiência o que significa que trabalhar mais ou menos é indiferente, ou seja, não existe mérito e as pessoas optarão por trabalhar menos. Faço este exemplo tanto com homens como mulheres não interessa, o salário deveria ser de acordo com a produtividade, pois isso é que garante uma evolução positiva da nossa economia nacional e e global. Por alguma razão o comunismo perdeu.

Trump classifica movimento antifascista como organização terrorista

O Presidente norte-americano anunciou que vai classificar o movimento ANTIFA (antifascistas) como organização terrorista, e culpou os média por “fomentarem o ódio e anarquia” na onda de protestos contra a violência policial. “Os Estados Unidos da …

Megaoperação em Loures. PSP e PJ cercam bairro da Quinta da Fonte

A Unidade Especial da Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Polícia Judiciária (PJ) estão, esta segunda-feira, desde antes das 7h, a fazer uma megaoperação no Bairro Quinta da Fonte, em Loures. Segundo avança a TVI24, …

Cientistas podem ter descoberto onde vive o stress no cérebro humano

Onde é que os sentimentos negativos, como a pressão e a ansiedade, existem no nosso cérebro? Cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, tentaram encontrar a resposta. Estudos anteriores indicam que os sentimentos subjetivos ou …

A atmosfera de Marte está a escapar para o Espaço (e já se sabe quem é o culpado)

Marte pode já ter sido um planeta habitável mas, ao longo de milhares de milhões de anos, a sua atmosfera escapou para o Espaço. Os cientistas mapearam as correntes elétricas na atmosfera marciana que podem …

Júpiter é tão grande que o nosso Sistema Solar quase teve dois sóis

O nosso Sistema Solar tem apenas uma estrela e uma série de planetas relativamente pequenos. No entanto, Júpiter esteve muito perto de se tornar o irmão mais pequeno do Sol. Júpiter é, de longe, o maior …

O detetive a bordo do rover da NASA Perseverance

Marte está muito longe da famosa 221 Baker Street, mas um dos detetives mais conhecidos da ficção estará representado no Planeta Vermelho quando o rover Perseverance da NASA pousar no dia 18 de fevereiro de …

Nem o mar profundo se safa das alterações climáticas

Um novo estudo mostra que as alterações climáticas já estão a bater à porta do mar profundo, e os seus habitantes poderão em breve estar em perigo. De acordo com o site IFLScience, a equipa de …

Príncipe belga pede desculpa por violar confinamento em festa ilegal em Espanha

O príncipe Joachim da Bélgica disse “lamentar profundamente” não ter respeitado “todas as medidas” do confinamento durante uma viagem a Espanha, onde participou numa festa ilegal em Córdoba que está a ser investigada pela polícia. Depois …

Politólogo que previu que Trump seria Presidente vaticina a sua reeleição

O politólogo que previu que Donald Trump seria Presidente dos Estados Unidos vaticina agora a sua reeleição em novembro de 2020. Helmut Norpoth, professor de ciências políticas da Universidade Stony Brook, nos Estados Unidos, previu …

Índia regista mais de oito mil novos casos. Tem "uma longa batalha" pela frente

A Índia registou mais de oito mil novos casos de covid-19 num único dia, um novo recorde desde o início da pandemia no país, foi este domingo anunciado. O número de casos confirmados de covid-19 na …