“Já fizemos”, “não por enquanto” e “desatualizadas”. Governo arruma propostas do PSD em três gavetas

José Sena Goulão / Lusa

O PSD anunciou, esta segunda-feira, as propostas económicas para fazer face ao impacto do novo coronavírus. O Governo já respondeu e “arrumou-as” em três gavetas: “já fizemos”, “não vamos fazer por enquanto” e “desatualizado”.

A resposta do Governo às propostas económicas do PSD chegou na segunda-feira à noite, após uma reunião que juntou trabalhadores e empregadores.

De acordo com o semanário Expresso, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado e da Economia, colocou as propostas do PSD em três categorias: as que são boas e o Governo já fez; as que não irá fazer “por enquanto”; e as que estão desatualizadas.

Rui Rio, líder do PSD, propôs um alargamento das linhas de crédito de apoio às empresas até 10 mil milhões de euros. A proposta foi considerada “construtiva” e “muito sintonizada”. Aliás, Siza Vieira aproveitou para anunciar que, esta segunda-feira, Bruxelas deu “luz verde” para que possam ser dadas garantias de Estado em créditos bancários até 13 mil milhões de euros.

Com essa autorização, o Governo irá alargar “sucessivamente” as linhas de crédito consoante as necessidades das empresas. O primeiro passo será alargar a linha para comércio e serviços em mais 1.200 milhões de euros para a semana. Haverá também um alargamento de setores, passando a ter acesso às linhas setores como serviços, os transportes de mercadorias, de passageiros, e o agrícola”, entre outros.

O PSD propôs ainda que fosse permitido às empresas usarem metade das férias dos trabalhadores se forem obrigadas a parar a sua atividade. Siza Vieira recusou-a “por enquanto”.

Outra das propostas do PSD foi o recurso ao banco de horas – “as empresas que tiveram quebras superiores a 25% na sua faturação podem gerir com critérios mais alargados os bancos de horas dos seus trabalhadores durante o estado de emergência e até 180 dias após o seu términus”. Segundo Siza Vieira, que também rejeita esta proposta, os trabalhadores teriam de trabalhar essas horas.

O ministro mencionou ainda propostas do partido social-democrata que já foram feitas, como é o caso do lay-off simplificado e da “comissão de acompanhamento para acompanhar o fornecimento de bens essenciais”, que segundo, Siza Vieira, está em funcionamento desde 12 de março.

Siza Vieira não se pronunciou sobre todas as medidas. Porém, José Luís Carneiro, secretário-geral adjunto do PS, reagiu às propostas na tarde de segunda-feira num vídeo publicado no Facebook, dizendo que estas “validam o caminho que o Governo tem estado a seguir, porque a maioria das propostas já está concretizada ou em curso”.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. É o desgoverno que temos. A procurar governar para as sondagens. Desaconselha o uso de máscaras porque não as tem. Embrulha os empresários em promessas. Dá muito dinheiro a ganhar aos bancos, e garante-lhes na totalidade o risco.
    E depois despreza os contributos de outros que estão do mesmo lado da trincheira. O governo não percebeu isso porque na verdade não está a combater o vírus, está a salvar-se.
    Tendo em conta o partido que nos governa até acho estranho ainda não se ter descoberto uma grande negociata com equipamentos para o setor da saúde. No passado fizeram-no com os kits dos incêndios, mesmo sabendo-se que tinham acabado de morrer mais de 100 pessoas. Esta gente que nos governa não é digna.

    • Haja paciência que haveremos devter notícias… Os fabricantes de golas devem ter sido reconvertido para produzirem maravilhosos kits de protecção individual, e outras negociatas a que esta gentalha nao resiste

    • E você é? Você é daqueles que prendem por ter cão e prende por não ter cão. Se não fizesse era porque não fazia, se faz está a salvar-se.

    • Isto é a prova provada que este governo não gosta e não sabe ouvir !!!
      Têm um bom líder que é um “mestre” nestas estratégias politicas, mas que lesa o Pais.
      Enfim…

  2. Penso que a postura do PSD é louvável. A oposição deve funcionar assim em qualquer cirucnstância. Isto não quer dizer que as propostas devem ser acolhidas só porque é necessário construir-se a ideia de unidade. Se as propostas já estão a ser implementadas tanto melhor para o país. As que não forem consideradas adequadas ou pertinentes claro que devem ser recusadas. Muito bem.

  3. Nem numa situação destas os abutres do costume deixam de tentar explorar politicamente as notícias, com as suas acusações mentirosas e paranóicas. CHEGA DE CHEGA!

RESPONDER

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …