PSD propõe alargamento do lay-off, reforço das linhas de crédito e redução do IMI

Rodrigo Antunes / Lusa

O PSD anunciou, esta segunda-feira, as propostas económicas para fazer face ao impacto do novo coronavírus. O plano “tem um custo adicional de 300 milhões de euros ao que o Governo se propõe investir”.

Rui Rio anunciou, esta segunda-feira, os contributos do partido para as medidas de combate aos efeitos económicos da pandemia. Entre as propostas encontram-se o alargamento do acesso ao lay-off, reforço da linha de crédito às empresas, desconto de 20% no IMI para negócios e famílias e revisão da moratória ao crédito para que os portugueses “não paguem juros sobre juros”.

De acordo com o líder do PSD, estes “melhoramentos” ao plano do Governo representam um custo adicional de 300 milhões de euros, “pouco dinheiro face a dimensão do que estamos a falar”.

O líder da oposição defende a importância deste pacote de medidas para as empresas terem liquidez para pagar o que devem e as famílias possam manter “algum rendimento”. “Somos oposição ao vírus“, declarou.

Segundo a Rádio Renascença, os sociais-democratas defendem a desburocratização do acesso ao lay-off. Segundo a proposta, o Estado deve passar a pagar diretamente aos trabalhadores e não a reembolsar as empresas. Defendem, ainda, o alargamento do lay-off às empresas do setor empresarial local, ou seja, as empresas municipais.

O PSD quer considerar os sócios-gerentes de empresas como um trabalhador, para terem direito a apoios da Segurança Social e defende que o Estado deve “pagar de imediato” todas as dívidas que tem aos seus fornecedores.

Redefinir as linhas de crédito de apoio à tesouraria das empresas, mas também dos empresários em nome individual e os profissionais liberais é outra das propostas, assim como a isenção das micro empresas de comissão de gestão ou acompanhamento.

Rio defende também o alargamento dos prazos fiscais: passar o pagamento do IVA do primeiro e segundo trimestre deste ano para abril; o pagamento do IRC e dos pagamentos por conta em IRC, do primeiro semestre, para outubro; dispensar os profissionais liberais do pagamento do pagamento por conta em sede de IRS; e passar o pagamento da taxa social única (TSU), de abril e maio, para outubro.

Em relação ao IMI, o PSD defende a redução para pequenas e médias empresas em 20%, durante 2020, e para famílias em 20% este ano, para habitação própria e permanente. Alterar o regime de moratório dos créditos à habitação, para que as pessoas não paguem juros sobre juros, é outra das propostas.

Transformar incumprimentos bancários em dívida a três anos também é uma das propostas dos sociais-democratas. Em relação às pessoas que estão sem trabalhar por causa do estado de emergência, o PSD defende que as empresas devem poder utilizar metade das férias das pessoas por conta deste período de paragem.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. «…Somos oposição ao vírus…»

    O sr. Rio devia afirmar que são oposição à crise económica e respectiva falência do actual sistema financeiro, e não «…Somos oposição ao vírus…», pois para além de ser uma afirmação irracional (vírus não provocam crises económicas) pode tirar-lhe credibilidade.

    Quanto ao resto, deve continuar com a sua linha de acção política pois está a demonstrar um enorme sentido de Estado, não entrando no jogo mal-intencionado de malhar no governo que muita gente gostaria, só é pena estar como representante do Partido Social Democrata (PSD) o que faz com que os cidadãos tenham reticências sobre se realmente as medidas que apresenta possam vir a ser executáveis ou apoiadas.

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …