Ferro tem “voto de confiança” para decidir vacinas no Parlamento. Alegre acusa Estado de “proteger-se a si próprio”

Pedro Nunes / Lusa

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues

A Conferência de Líderes concedeu, nesta quinta-feira, um “voto de confiança” ao presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, para que “possa definir a indicação das pessoas a serem vacinadas” contra a covid-19.

De acordo com o Jornal de Notícias, a porta-voz da Conferência, Maria da Luz Rosinha, disse que o primeiro critério é o próprio Protocolo de Estado, no qual o presidente da Assembleia surge a seguir ao Presidente da República.

Segundo a lei das precedências do Protocolo, seguem-se a Ferro Rodrigues, no Parlamento, o presidente do maior partido da oposição, Rui Rio, os vice-presidentes da Assembleia da República – Edite Estrela (PS), Fernando Negrão (PSD), José Manuel Pureza (BE) e António Filipe (PCP) e os presidentes dos sete grupos parlamentares.

“É um processo vacinação cuja escolha dos destinatários não é propriamente fácil”, disse Maria de Luz Rosinha.

Questionada sobre uma possível data para o início da vacinação, Maria da Luz Rosinha disse que essa data ainda não é conhecida e só depois da resposta seguir para o primeiro-ministro “é que o processo se desenrolará”.

O JN adianta que Ferro Rodrigues pediu o voto de confiança “para preparar uma resposta” ao primeiro-ministro, amanhã. “À partida, não serão vacinados todos os deputados de uma vez só” e deverão ser considerados “eventualmente alguns funcionários que garantam o normal funcionamento da Assembleia”, explicou a porta-voz.

O despacho de António Costa prevê o início da imunização, na próxima semana, dos titulares dos órgãos de soberania, deputados, funcionários da Assembleia da República, membros dos órgãos das regiões autónomas e presidentes de câmara municipal como responsáveis pela proteção civil.

“Estado deve proteger os cidadãos, não a si próprio”

Em declarações ao Diário de Notícias, Manuel Alegre, histórico dirigente do PS, ex-deputado, ex-conselheiro de Estado e ex-candidato presidencial, disse não se alinhar no “populismo” e na “demagogia” dos que defendem que nenhum titular de cargo político devia merecer tratamento prioritário na vacinação.

Para Alegre, titulares de cargos como o Presidente da República, o presidente da Assembleia da República e o primeiro-ministro, bem como alguns ministros “essenciais” na gestão da atual crise pandémica, deveriam estar à cabeça da lista das pessoas a serem vacinadas já.

Porém, segundo o antigo dirigente do PS, o Governo “passou do 0 para o 80”, incluindo na lista prioritária todos os 230 deputados e ainda os titulares das magistraturas judiciais e do Ministério Público, bem como os 308 presidentes de câmara.

Mário Cruz / Lusa

O histórico socialista Manuel Alegre

Para Alegre, esta prioridade significa que o Governo definiu prioridades a pensar em si mesmo. “O Estado deve proteger os cidadãos e não proteger-se a si mesmo“. “Esta prioridade dada ao aparelho de Estado” implicará que irá “passar à frente daqueles que são mesmo prioritários”, defendeu.

Alegre defende que o critério deveria resumir-se na fórmula “80-80-80”: “80% dos profissionais de saúde e 80% das pessoas com mais de 80 anos vacinados até ao final de março”.

Recordando que o primeiro-ministro se comprometeu na União Europeia a seguir estas prioridades (UE), Alegre afirma que, “com esta mobilização geral para o Estado ser vacinado e a escassez de vacinas, não se percebe como isto vai acontecer”.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …