Famílias das vítimas do Meco apontam ligações da Lusófona à Maçonaria

ejbSF / Flickr

O recurso que chegou ao Tribunal da Relação de Évora pelas famílias das vítimas da tragédia do Meco aponta ligações da Universidade Lusófona à maçonaria, numa derradeira tentativa de levar o caso julgamento, fazendo ainda uma alusão à licenciatura de Miguel Relvas.

De acordo com o Público, o recurso interposto esta segunda-feira enuncia que os seis estudantes que morreram afogados “pertenciam a uma Universidade que, como é público, tem ligações várias a elementos maçónicos, com o bom e mau que isso tem”, referindo ainda as “ligações partidárias ao mais alto nível” da instituição e “os cursos obtidos por vários elementos partidários em condições menos claras”, aludindo ao caso do ex-ministro Miguel Relvas.

O pedido de reabertura do processo radica no pressuposto de que o juiz de instrução criminal que recusou levar o caso a julgamento cometeu um erro formal ao socorrer-se, para tomar a decisão, de declarações prestadas às autoridades pelo o ex-dux João Gouveia, único arguido, quando o processo ainda estava em fase de inquérito e o estudante era uma mera testemunha.

João Gouveia foi autorizado pelo juiz de instrução criminal a não comparecer em tribunal na fase instrutória do processo, que terminou no início de março, tendo remetido todos os esclarecimentos sobre o que se passou na noite de 15 de dezembro de 2013 para as declarações que prestou ao procurador do Tribunal de Almada, quando ainda não era arguido.

O advogado dos pais das vítimas, Vítor Parente Ribeiro, invoca a disposição do Código do Processo Penal segundo a qual é proibida, em tribunal, “a leitura do depoimento prestado em inquérito ou instrução por testemunha que, em audiência, se tenha recusado a depor.”

O documento refere também que o filho do procurador encarregue do processo no Tribunal de Almada era aluno de mestrado da Lusófona quando o pai estava a investigar o caso.

As famílias das vítimas defendem ainda que João Gouveia “foi auxiliado por terceiro a montar uma simulação de ‘pré-afogamento’ dele próprio” e que a posição de poder que o ex-dux tinha sobre os colegas são indícios de crime de exposição ao perigo ou abandono dos companheiros.

Para os familiares das vítimas, a teoria de que tudo não terá passado de um infeliz acidente esbarra no depoimento de um dos agentes da Polícia Marítima que esteve no Meco, segundo o qual se o grupo tivesse ficado “virado para o mar, de pé e atento”, “teria sempre possibilidade de recuar atempadamente”.

“O arguido ordenou aos seus colegas, que se encontravam com sono e exaustos, que se deslocassem para a zona da linha de água e aí ficassem de costas para o mar e de frente para si; os jovens falecidos colocaram-se uns ao lado dos outros, paralelamente à linha de mar; o arguido manteve-se mais recuado, de frente para as vítimas”, descreve o advogado.

São também invocadas as mensagens de telemóvel trocadas entre estudantes já depois da tragédia que dão a entender a proximidade entre agentes da PJ e a mãe de uma das vítimas, a quem terão passado informações confidenciais sobre o estado da investigação.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em homenagem aos que partiram

    Não lembraria ao diabo: Universidade, maçonaria, licenciaturas, ligações a altos da política…

RESPONDER

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …