“Estamos a falar de doze zeros”, diz Centeno sobre plano de recuperação para a UE

Stephanie Lecocq / EPA

O presidente do Eurogrupo, Mario Centeno

Mario Centeno declarou que o plano de resposta à emergência económica da União Europeia (UE) face à pandemia, “que a presidente da Comissão e o presidente do Conselho Europeu têm agora a responsabilidade de preparar”, pode passar pela criação de um fundo de biliões de euros, com “doze zeros”.

“São doze zeros. As nossas calculadoras dos telemóveis não dão para introduzir esses números. Só calculadoras científicas conseguem lidar com doze zeros”, disse o presidente do Eurogrupo, Mario Centeno, em entrevista ao Público esta terça-feira.

O plano da UE para recuperação passa por “um fundo que possibilita uma repartição dos custos do período de recuperação ao longo do tempo”, disse, frisando o “compromisso de prolongar ou distribuir ao longo do tempo o custo financeiro que será muito concentrado no período de recuperação imediato”.

O também ministro das Finanças português explicou que a fase de resposta de emergência a nível europeu conta o programa SURE da Comissão Europeia – de apoio ao emprego -, no valor de 100 mil milhões de euros, bem como com os empréstimos do Banco Europeu de Investimento, no valor de 200 mil milhões de euros.

Essa resposta inclui ainda o recurso ao Mecanismo Europeu de Estabilidade, “uma rede de proteção, sem condicionalismos, sem troikas, sem programas de ajustamento, para que os Estados possam aceder a financiamento com custos equiparáveis entre todos”, indicou.

“Qual é a soma disto tudo? Era aí que queria chegar para comparar com os EUA. Até à data, a resposta orçamental dos Estados-membros soma cerca de 3% do PIB da UE. Estamos a falar de mais de 500 mil milhões de euros”, sublinhou.

Segundo Centeno, embora ainda existem “divergências” sobre o plano, estas tendem a ocorrer “antes de chegar a um consenso”. “Não devemos ficar muito ansiosos”, declarou.

“Estou muito confiante e muito seguro de que essa resposta vai aparecer. As forças que têm permitido construir a Europa vão estar presentes nesta discussão e vão levar-nos a um porto seguro”, disse, elogiando a capacidade das instituições europeias para “inovar” ao lidar com “uma crise que só conseguíamos imaginar num cenário de ficção”.

Na entrevista, Centeno sublinhou que, no segundo trimestre de 2020, haverá “uma recessão verdadeiramente avassaladora”. “Muitas das estimativas para o segundo trimestre deste ano a nível europeu apontam para uma queda do PIB de 20%. No pior dos trimestres da anterior crise, a queda do PIB foi de 4% ou 5%. É uma escala que não tem rigorosamente nada que ver com qualquer situação anterior”, referiu.

É agora necessário “perceber a vertigem que foi este mês para os governos, os Estados, as nossas comunidades e instituições, e ver a rapidez com que reagimos”, acrescentou.

A Europa, continuou, está a dar uma resposta à crise com mais “rapidez” do que aconteceu em 2008. Aquela, continuou, foi “pré-anunciada pelo menos com 10 anos de antecedência” por “analistas, académicos, políticos, economistas”, mas “a resposta foi tímida, nalgumas dimensões porventura mesmo errada”, demorando “quase quatro anos”.

“Desta vez, esta crise não foi anunciada. É uma crise que só conseguíamos imaginar num cenário de ficção. Levou-nos 10 dias, entre a primeira reunião do Eurogrupo em que a solução começou a ser desenhada e a sua aprovação final”, destacou ainda.

 

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Vamos contar os zeros em 500.000.000.000€.
    1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11…ups está a faltar um zero.
    Este Centeno devia ir aprender a fazer contas.
    Tem de multiplicar o plano por 2 pelo menos, para chegar aos 12 zeros.

    • Até à data são 500 000 000 000€, mas poderá subir, quiçá até aos 1 000 000 000 000€, pronto… 12 zeros.

      • Não, o Centeno estava mesmo a falar dos 12 zeros do bilião.
        “…pode passar pela criação de um fundo de biliões de euros, com “doze zeros”.

    • Biliões tem 11 zeros?!
      E ainda dizes que o Centeno tem que ir aprender?!
      Enfim… aproveita as aulas do ensino básico da tele-escola…

      • “…pode passar pela criação de um fundo de biliões de euros, com “doze zeros”.
        Biliões tem 13 dígitos (e doze zeros)!…
        O Pedro não sabe ler as notícias antes de comentar e o resultado é o que se vê!…

  2. Biliões tem doze zeros, mas 500 mil milhões mencionados no artigo, tem 11 zeros.

    Aproveita tu as aulas que estás a precisar, tanto as de português para aprenderes a ler o artigo, como as de matemática para saber contar os zeros em 500.000.000.000.

    Eu fui bem claro no meu comentário.

RESPONDER

Descoberta de naufrágios da Segunda Guerra pode estimular turismo subaquático em Itália

Quem visitar o sul de Itália no futuro poderá vir a contar com uma nova atividade. A recente descoberta de quarenta naufrágios na costa da ilha de Lampedusa poderá dar origem a uma nova oportunidade …

Costa diz que recuperação económica tem de ser feita "com os olhos postos no futuro"

O primeiro-ministro salientou, este domingo, que a recuperação económica do país "tem de ser feita com os olhos postos no futuro", considerando essencial assegurar condições às novas gerações para se autonomizarem. "A recuperação económica tem de …

Centenas de vendedores de rua na Índia são milionários em segredo

O Fisco indiano descobriu que centenas de vendedores de rua são milionários em segredo. Estes comerciantes foram apanhados a fugir aos impostos. Quando pensamos em milionários, provavelmente imaginamos uma pessoa com uma grande mansão, carros desportivos …

Portugal com mais oito mortes e 2625 novos casos de covid-19

Portugal registou, este domingo, mais oito mortes e 2625 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2625 novos …

"Cabrita transformou-se numa espécie de ministro sempre em pé", diz líder do CDS

O líder do CDS-PP disse, este sábado, que o país já não confia no ministro da Administração Interna, a quem apelidou de "ministro sempre em pé", adiantando que já se fazem apostas sobre quando será …

A arma que matou o famoso pistoleiro do Velho Oeste "Billy the Kid" vai a leilão

O revólver que matou um dos homens procurados mais famosos do Velho Oeste, há mais de um século, vai a leilão no próximo mês. William "Billy the Kid" Bonney, pseudónimo de William Henry McCarty, foi um …

Milhares protestam em França e Itália contra novas medidas anti-covid

Milhares de pessoas manifestaram-se, este sábado, em várias cidades de França e Itália contra as medidas para controlar a pandemia, sobretudo contra a obrigatoriedade do uso do "passe sanitário" para entrar em espaços públicos. Com gritos …

O holograma de Whitney Houston vai dar um concerto em Las Vegas

No outono, poderá desfrutar de um concerto de Whitney Houston em Las Vegas. A diva será reencarnada, áudio e visualmente, no espetáculo An Evening With Whitney: The Whitney Houston Hologram Concert. Segundo a Forbes, o holograma …

TC recusa impugnação pedida pelo PSD sobre candidato de Castelo Branco. Direção avalia recurso

O Tribunal Constitucional (TC) decidiu que o PSD não tem legitimidade no pedido de anulação de uma deliberação do Conselho de Jurisdição Nacional do partido sobre o candidato autárquico em Castelo Branco, recusando admitir uma …

Orbán vai rejeitar dinheiro do fundo de recuperação se tiver de revogar lei anti-LGBTQI

O primeiro-ministro húngaro assegurou, este sábado, que o país não vai aceitar o dinheiro do fundo de recuperação se tiver de ceder perante Bruxelas e revogar a lei anti-LGBTQI. Segundo a agência Europa Press, Viktor Orbán …