Estado Islâmico reivindica ataques em Bruxelas. Revelada fotografia de suspeitos

O grupo terrorista já reivindicou a autoria dos atentados que ocorreram na manhã desta terça-feira na capital. Imprensa belga está a divulgar uma fotografia de três suspeitos que estavam no aeroporto.

O Estado Islâmico já reivindicou os ataques desta terça-feira em Bruxelas, no aeroporto de Zaventem e na estação de metro de Maelbeek, avança a BBC.

A informação está a ser avançada pela agência Amaq, que opera a partir da organização terrorista, através de um comunicado que fala numa “série de atentados com cintos e artefactos explosivos”.

“Os combatentes do Estado Islâmico levaram a cabo uma série de atentados com cintos e artefactos explosivos esta terça-feira, tendo como alvo um aeroporto e uma estação de metro no centro da capital belga, Bruxelas, um país que participa numa aliança internacional contra o Estado Islâmico”, pode ler-se no comunicado.

“Os combatentes abriram fogo no aeroporto de Zaventem, antes de vários deles terem detonado os seus cintos explosivos na estação de metro de Maalbeek”.

A agência acrescenta que o “ataque resultou em 230 mortos e feridos” quando, na verdade, ainda só estão confirmadas 34 vítimas mortais e cerca de 180 feridos.

A organização enviou também um comunicado oficial com duas versões, uma em árabe e outra em francês, no qual reafirma a autoria do atentado e deixa novas ameaças.

“Nós prometemos aos Estados Cruzados que se aliaram contra o Estado Islâmico mais dias sombrios, em resposta às agressões contra o nosso Estado”, lê-se na nota enviada pelo Daesh.

Entretanto, a imprensa belga começou a divulgar uma fotografia daqueles que podem ser três dos suspeitos com ligações a este atentado.

A fotografia foi conseguida a partir de uma câmara de videovigilância do aeroporto e mostra dois homens, vestidos de preto, a empurrar carrinhos de bagagem, juntamente com um terceiro que ainda não se sabe se estava com eles.

Ainda de acordo com a BBC, as autoridades belgas encontraram e destruíram uma terceira bomba no aeroporto que não chegou a ser detonada, pelo que Zaventem vai continuar fechado até amanhã.

Os transportes públicos vão voltar a circular de forma gradual durante a tarde e algumas estações de comboio e linhas de metro também vão reabrir.

A cidade começa a voltar à normalidade, num dia em que os habitantes foram aconselhados a permanecer nos locais onde estão e em que o governo já subiu o nível de alerta terrorista para 4, o nível máximo.

A Bélgica já decretou três dias de luto nacional, o máximo alguma vez decretado no país. O rei Filipe vai falar à população às 19 horas locais, menos uma hora que em Portugal.

Apesar do medo, vários belgas decidiram sair à rua para prestar a sua homenagem às vítimas, tendo deixado flores, velas e até várias mensagens escritas no chão da praça da Bolsa.

Estes ataques acontecem quatro dias depois de Salah Abdeslam, o único terrorista dos atentados de Paris que se encontrava em fuga, ter sido detido em Bruxelas.

Segundo as autoridades belgas, durante os quatro meses em que esteve fugido, o terrorista já estaria a preparar outro ataque na cidade belga.

O primeiro-ministro Charles Michel deu uma conferência de imprensa no final da manhã, classificando estes ataques como “cegos, violentos e cobardes”.

Para já, não há conhecimento de vítimas mortais portuguesas em Bruxelas, a não ser uma portuguesa de 30 anos que ficou ferida na sequência da explosão ocorrida na estação de metro.

O secretario de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, confirmou que a jovem, natural de Coimbra, se encontra fora de perigo e já está em casa.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"Fui muito feliz". Gaitán admite que gostava de voltar ao Benfica

O internacional argentino, que saiu do Benfica há três anos, admitiu em entrevista que gostava de voltar a jogar pelos encarnados. "Claro que gostaria, fui muito feliz no Benfica, senti-me muito confortável no clube. Mas também …

Harvey Weinstein perto de chegar a acordo de 22 milhões de euros com vítimas

O produtor, acusado de vários casos de abusos sexuais a atrizes e funcionárias, terá chegado a um acordo de 22 milhões de euros com 30 atrizes que o processaram. O acordo exige a aprovação do tribunal …

"A minha militância é já longa, nunca tive padrinhos" na política, diz Miguel Pinto Luz

O candidato à liderança do Partido Social Democrata (PSD), Miguel Pinto Luz, disse que o financiamento para a campanha vem de si próprio e de outros militantes. Afirmou que não recusa apoios de quem quer …

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …