O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

(cv) YouTube

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19.

Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros quatro “cientistas cidadãos” e parceiros de negócios, o empresário detalha oito medicamentos existentes que poderiam ser usados para tratar a covid-19.

Shkreli, que está a cumprir sete anos de prisão por fraude financeira, terminou o texto com um pedido pessoal para ser libertado da prisão para poder trabalhar no projeto. “Estou a pedir uma breve licença (3 meses) para ajudar no trabalho de pesquisa sobre a covid-19. Ser libertado para o mundo pós-covid não é consolo nem para os encarcerados”, escreveu.

“Como um bem-sucedido empresário biofarma, que adquiriu várias empresas, inventou vários novos candidatos a medicamentos, apresentou vários INDs e pedidos de ensaios clínicos, sou um dos poucos executivos com experiência em TODOS os aspetos do desenvolvimento de medicamentos, desde a criação de moléculas e geração de hipóteses, para avaliações pré-clínicas e demonstração de projeto de ensaios clínico/engajamento de alvo, fabricação/síntese e logística global e implantação de medicamentos”, continuou, citado pelo IFLScience.

Ben Brafman, advogado de Manhattan, disse que vai apresentar documentos judiciais a pedir às autoridades federais que libertem Shkreli durante três meses, para que possa trabalhar num laboratório “sob rigorosa supervisão”, de acordo com a Associated Press.

Martin Shkreli foi dado como culpado de três crimes dos oito crimes que estava acusado – fraude financeira, conspiração para cometer fraude financeira e conspiração para realizar transferências fraudulentas – e enfrentava uma pena que podia chegar aos 20 anos.

O tribunal de Brooklyn, Nova Iorque, deu a conhecer a pena em março do ano passado. O empresário, também conhecido como o “O Homem Mais Odiado do Mundo”, foi condenado a sete anos de prisão.

Shkreli, de 34 anos, ficou conhecido em 2015, quando adquiriu a patente de um medicamento para combater doenças como a SIDA, o cancro ou a malária e multiplicou o seu preço em mais de 5.500%.

Foi detido, meses depois, por suspeitas de fraude com valores mobiliários no fundo de investimentos MSMB Capital Management, uma das empresas que fundou e que entretanto abriu falência por milhões de dólares de prejuízo.

O empresário vem de uma família de imigrantes albaneses e croatas, que ganharam a vida a trabalhar nas limpezas. Shkreli criou o fundo de investimento em 2006, enriqueceu em Wall Street e, anos mais tarde, chegou a ser incluído na lista da Forbes como um dos investidores de maior sucesso com menos de 30 anos.

Na Retrophin, empresa de biotecnologia que fundou em 2011, Shkreli aumentou também os preços de um outro medicamento, chamado Thiola, que permite tratar pedras nos rins resistentes a outras formas de tratamento, aumentando o preço de 1,50 para 30 dólares por comprimido.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Esta criatura repugnante e sem escrúpulos além de não o deixar sair da prisão nos tais 3 meses pedidos, deviam isso sim, aumentar-lhe a pena para mais de 50 anos!

  2. Tivesses escolhido viver em PT -por cá soltavam-te que era um instante – tu e mais de MIL CRIMINOSOS – mas os americanos não acreditam no pai natal e no país das maravilhas dos xuxas …

Responder a hcs Cancelar resposta

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …

Costa avisa que vem aí a "fase mais crítica" dos incêndios e pede prevenção

O primeiro-ministro participou numa reunião de acompanhamento e monitorização sobre prevenção e combate a fogos florestais e advertiu, esta terça-feira, que Portugal entra agora na fase mais crítica. Esta terça-feira, o primeiro-ministro advertiu que Portugal entra …

"Fracasso" no combate à covid-19. Diretora de Saúde de Israel demite-se

Siegal Sadetzki, diretora dos serviços públicos do Ministério da Saúde de Israel, denunciou o "fracasso" das autoridades em retardar a propagação da covid-19 no país, apresentando a sua demissão. Uma responsável do Ministério da Saúde de …

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação, no âmbito do concurso externo imposto ao Estado pela União Europeia. Mais de 800 professores passaram a integrar os quadros do Ministério da Educação através …

Após saída do primeiro-ministro, Macron faz remodelação governamental e muda ministros-chave

O Presidente francês Emmanuel Macron aproveitou a mudança de primeiro-ministro para levar a cabo uma profunda remodelação do seu Governo. Anunciada na segunda-feira, a grande mudança é o novo ministro do Interior, Gérald Darmanin, até …

Marcelo promete ir todas as semanas ao Algarve para "puxar pelo turismo"

O Presidente da República disse esta segunda-feira, no Algarve, que é necessário “olhar para a frente e lutar” para o turismo na região superar as perdas causadas pela exclusão de Portugal do corredor aéreo com …

Portugal sabe a 27 de julho se entra nos corredores aéreos do Reino Unido

A reavaliação da lista de países isentos de quarentena nas chegadas ao Reino Unido, da qual Portugal foi excluído devido aos surtos de covid-19, vai ser feita a 27 de julho, revelou esta segunda-feira o …