O empresário mais odiado do mundo continua a gerir a sua empresa (mas na prisão)

Martin Shkreli está preso desde setembro de 2017, condenado por fraude financeira, entre outros crimes. Mas parece que ainda está a dirigir a sua empresa atrás das grades.

De acordo com um relatório do The Wall Street Journal, Shkreli está “a trabalhar num grande segundo ato”. Shkreli não tem o mesmo poder que outrora teve como fundador e CEO da Turing Pharmaceuticals AG. Por um lado, a empresa foi renomeada como Phoenixus AG, para se distanciar de Shkreli.

No entanto, o WSJ sugeriu que Shkreli “ainda ajuda a dar os primeiros passos”. Usando um smartphone contrabandeado da sua cela na prisão, o envolvimento de Shkreli chegou a ponto de alegadamente ter demitido o CEO Kevin Mulleady,.

Shkreli gastou muito do seu tempo livre a pesquisar doenças e produtos farmacêuticos, planeando adquirir mais drogas e investir em pesquisa e desenvolvimento. Se os cálculos de Shkreli se mantiverem, Phoenixus poderia valer 3,3 mil milhões de euros quando se tornar um homem livre em 2023.

Shkreli, ainda acionista da empresa, está a ser investigado pelo FBI por continuar envolvido na empresa. O WSJ não conseguir entrevistar Shkreli na prisão, mas o relatório observa que o manual do recluso carcerário proíbe “conduzir um negócio“.

Martin Shkreli foi dado como culpado de três crimes dos oito crimes que estava acusado – fraude financeira, conspiração para cometer fraude financeira e conspiração para realizar transferências fraudulentas – e enfrentava uma pena que podia chegar aos 20 anos.

O tribunal de Brooklyn, Nova Iorque, deu a conhecer a pena em março do ano passado. O empresário, também conhecido como o “O Homem Mais Odiado do Mundo”, foi condenado a sete anos de prisão.

Shkreli, de 34 anos, ficou conhecido em 2015, quando adquiriu a patente de um medicamento para combater doenças como a SIDA, o cancro ou a malária e multiplicou o seu preço em mais de 5.500%.

Foi detido, meses depois, por suspeitas de fraude com valores mobiliários no fundo de investimentos MSMB Capital Management, uma das empresas que fundou e que entretanto abriu falência por milhões de dólares de prejuízo.

O empresário vem de uma família de imigrantes albaneses e croatas, que ganharam a vida a trabalhar nas limpezas. Shkreli criou o fundo de investimento em 2006, enriqueceu em Wall Street e, anos mais tarde, chegou a ser incluído na lista da Forbes como um dos investidores de maior sucesso com menos de 30 anos.

Na Retrophin, empresa de biotecnologia  que fundou em 2011, Shkreli aumentou também os preços de um outro medicamento, chamado Thiola, que permite tratar pedras nos rins resistentes a outras formas de tratamento, aumentando o preço de 1,50 para 30 dólares por comprimido.

ZAP // Fortuna

PARTILHAR

RESPONDER

Suécia pondera alterar estratégia e aplicar medidas mais drásticas em Estocolmo

Depois de um grande aumento de casos na capital do país durante a última semana, as autoridades suecas ponderam alterar toda a sua estratégia de combate à pandemia e adotar novas medidas. A Europa foi considerada …

"O PS não se pode calar." Líder parlamentar promete combate à extrema-direita

Para a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, os tempos atuais "não estão para brincadeiras ou para aventureirismos". A líder parlamentar do PS prometeu, esta terça-feira, o combate político aos "populismos" oriundos de correntes de …

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …

Pegadas com 120 mil anos mostram como é que os humanos saíram de África

Uma equipa de investigadores encontrou centenas de pegadas na Arábia Saudita que podem retratar como é que os antigos humanos saíram de África para a Eurásia. Há cerca de 120 mil anos, naquilo que hoje é …

Nélson Semedo oficializado no Wolves de Nuno Espírito Santo

O Wolverhampton oficializou esta quarta-feira nas redes sociais a contratação do português Nélson Semedo, que terminou o vínculo com o Barcelona. Depois de três épocas ao serviço da equipa catalã, o jogador de 26 anos …

Líder da JSD propõe aliança entre PSD, CDS e IL nas autárquicas de 2021

O líder da JSD, Alexandre Poço, apelou aos presidentes do PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal para um acordo de centro-direita nas eleições autárquicas de 2021, sublinhando que o debate político está cada vez mais …

Jota não entra nas contas de Jesus. Florentino cada vez mais perto do Mónaco

Diogo Jota e Florentino Luís devem deixar a Luz nesta temporada por empréstimo, segundo escreve a imprensa desportiva esta quarta-feira. Jota deverá em breve deixar o Benfica e rumar a Inglaterra por empréstimo, avança o …

Se o próximo Orçamento for "mais do mesmo", PCP vota contra

Se o próximo Orçamento do Estado for mais do mesmo, Jerónimo de Sousa garante que o PCP vai votar contra. Esta manhã, em entrevista à Antena 1, Jerónimo de Sousa admitiu que o PCP poderá votar …

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …