Embaixador do Iraque chamado de urgência a Bagdade

(cv) SIC

Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal deram uma entrevista à SIC para contar a sua versão dos factos

Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal deram uma entrevista à SIC para contar a sua versão dos factos

O embaixador do Iraque em Portugal, Saad Mohammed M. Ali, terá sido chamado de urgência a Bagdade, convocado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros do país.

A RTP avança que pai dos dois jovens suspeitos de terem agredido um outro adolescente em Ponte de Sor foi chamado de urgência a Bagdade pelo Ministério do Exterior do Iraque.

Citando um comunicado do porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Ahmed Jamal, a imprensa iraquiana refere que o diplomata foi convocado para falar sobre o caso das agressões dos filhos do embaixador que deixaram um rapaz de 15 anos de Ponte de Sor em estado grave.

Rúben Cavaco sofreu múltiplas fraturas e ficou em coma induzido nos Cuidados Intensivos dos Hospital de Santa Maria até esta terça-feira.

De acordo com a SIC Notícias, os médicos conseguiram tirá-lo do coma induzido e o jovem já terá saído da unidade de cuidados intensivos, dando entrada na unidade de cirurgia pediátrica.

As autoridades iraquianas afirmam estar a colaborar nas investigações, mas num comunicado divulgado esta segunda-feira a embaixada do Iraque em Lisboa alega que os filhos do embaixador, gémeos de 17 anos, agiram em legítima defesa.

“Os filhos do embaixador do Iraque em Portugal foram severamente espancados por seis pessoas, que os agrediram e insultaram por serem árabes e muçulmanos”, lê-se num comunicado, em árabe, publicado na página da embaixada iraquiana dentro do site oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Iraque.

Segundo a embaixada, depois de um primeiro incidente, ocorrido num “pequeno restaurante a 200 quilómetros de Lisboa (Ponte de Sor)”, os filhos do embaixador deram conta que tinham perdido as chaves de casa, o que os fez regressar ao local.

Então, “foram confrontados pelo agressor que os insultou, tentou chantageá-los e bateu num deles”. Os filhos do embaixador “limitaram-se a responder”, tendo posteriormente acontecido “a rixa”.

ZAP

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. São as vítimas, pois claro. É por isso que estão a dar uma entrevista fresquinhos como uma Alface e o tuga mauzão está no Hospital em coma e com mazelas na face e no corpo que vão ficar com ele para o resto da vida.

  2. O assessor de comunicação deste embaixador deve ser o mesmo do Sadam Hussein, que dizia estarem a ganhar a guerra do Iraque com os Americanos à, porta de Bagdad. Engraçado como estes 2 FDP sofreram tantas agressões mas nas imagens da SIC não têm nem um arranhão ou uma feridazinha para justificarem o que quer que seja. E também não sabia que na religião muçulmana consumir álcool não era considerado pecado. Com tantas tangas já estão a ofender um País inteiro pelo atentado à inteligência das pessoas. Vão para a vossa terra que não fazem cá falta nenhuma, são de facto “personas non gratas”. Bazem!

  3. Se essa foto dos dois “meninos” foi tirada depois das seis pessoas os terem espancado severamente com toda certeza terá sido um espancamento bastante suave e agradável! Porque não disseram antes “severamente espancados” por umas 3 pessoas com deficiência visual ou vá lá “severamente espancados” por duas pessoas paraplégicas e outra que estava ausente no momento do “espancamento severo”. Seria certamente mais credível.
    Que palhaçada! Hooliganzinhos de merda.

  4. Onde estão as mazelas nos iraquianos causadas no confronto? Onde todos esses meninos deveriam estar a essa hora era na caminha a curtir uma boa soneca e o dono do bar de igual forma em vez de andarem às quatro da manhã a curtirem bebedeiras , é o país e a libertinagem que temos em nome da exploração, daí o resultado obtido.

  5. É de estranhar que os filhos do embaixador serem espancados e de terem fugido do país. ….. bem uma vez com imunidade politica acho eu que estes meninos chamariam de imediato as autoridades. …… mas como sempre tem tempo para manipular as situações. … políticos

  6. Todos iguais… lá por serem Iraquianos ou de outro país não são melhores que nós. Foram infantis ao ponto de pontapear e porem em coma induzido o jovem Rúben, eles nem marcas nem arrependimento. O poder é grande mas nessas escolas tudo acontece porque eles se consideram superiores a todos. Boa recuperação Rúben e excessos não são permitidos no nosso país, tretas só nos filmes e em países tripartidos. Os filhos do Sr Embaixador agiram para matar..

  7. Para que se saiba e por informações vindas de quem trabalhou diretamente com o Sr. Embaixador (ex. chofer), que hoje esta reformado, estes “meninos” eram aqueles que andavam a conduzir 200 Km / hora na 24 Julho com 16/47 anos de idade e a nossa polícia nada fez. Tristeza…

  8. Só mais uma nota sobre este assunto.
    Não sei com que lata estes putos de me…, vem dizer que são muçulmanos e que estão a “orar” pelo ruben.
    Muçulmano não bebe ! – Eles defendem-se a dizer que estavam alcoolizados…
    Muçulmano não baixa as calças para as raparigas como eles fizeram
    Muçulmano nem sequer deveria ir a discotecas.
    Gostava de saber que “orações” fazem estes.
    Aliás até gostava de saber o que faz um embaixador do tempo de sadam no nosso país.
    Desde já faço notar que sou ateu e que preferia o sadam no iraque do que o que se passa agora.

  9. Sr. embaixador, tenha a hombridade de indeminizar o Ruben e de fazer as malas com os seus miúdos. Não são benvindos no nosso país.

  10. Começo por dizer que acho que há aqui muito comentário feito “a quente”.
    Sou absolutamente contrário ao que estes imbecis fizeram. A dose de violência foi de facto brutal e as consequências idem, idem.
    Acho que, como civilizados que julgo todos aqui somos, parece-me importante avaliar também o grupo de portugueses onde está o rapaz agredido. Será normal um rapazinho de 15 anos, ao que parece é alvo de alguma negligência paterna e materna, já fuma e certamente bebe alcool, que acompanha jovens alguns maiores de idade, que se saiba um deles com cadastro ou pelo menos com problemas com a polícia e que sai de um bar às 3h e 30m da madrugada? Será plausivel e racional aceitar que são uns Santos, que eventualmente não foram provocadores?
    Não estou a concluir nada nem tão pouco a desculpabilizar a atitude dos Iraquianos, porque essa obviamente não é desculpável e tem de ser devidamente punida. O que pretendo é estabelecer aqui um nexo de causa/efeito, avaliando também o comportamento dos portugueses, algo que até aqui não vi ninguém fazer.
    Em suma, o que penso é que rapazes cujos hábitos e contextos sociais em que estão inseridos, não parecem ser os melhores, também não lhes posso dar crédito completo numa tese de eventual ausencia de provocações face aos Iraquianos.

RESPONDER

Há uma "possibilidade real" de trocar capitalismo pelo socialismo no século XXI, diz PCP

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, assinalou na quinta-feira os 150 anos da Comuna de Paris com um discurso de fidelidade ao ideal comunista e definiu a "substituição do capitalismo pelo socialismo" como uma …

Moçambique. Ministro da Defesa diz que ataque a Palma não coloca em causa exploração de gás

O ministro da Defesa de Moçambique, Jaime Neto, disse esta quinta-feira que o ataque à vila de Palma não coloca em causa o projeto de exploração de gás natural liderado pela petrolífera Total em Afungi, …

Nova Zelândia quer tornar a próxima geração completamente não fumadora

A Nova Zelândia anunciou um conjunto de propostas que visam banir os cigarros entre a próxima geração e aproximar o país da sua meta de ser livre de fumo até 2025. Desta forma, o Governo pretende …

Porto lança cartão da cidade para munícipes. Vantagens incluem descontos na cultura

O cartão foi lançado no dia 5 de abril e permite que os utilizadores tenham acesso a descontos em museus, teatros, piscinas e utilização gratuita do elevador dos Guindais. Destina-se aos moradores da cidade e …

Afinal, o SEF ainda não foi extinto. Governo vai publicar decreto-lei

Afinal, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ainda não foi extinto. Segundo o Ministério da Administração Interna, o Governo vai "aprovar por decreto-lei a orgânica do novo serviço público [SEA] e as novas competências …

Mais quatro mortes e 553 casos nas últimas 24 horas

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas 553 novos casos de covid-19 e quatro mortes associadas à doença. Portugal regista hoje mais quatro mortes relacionadas com a covid-19, 553 novos …

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …